Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

The Student Hotel, ou mais um motivo válido para ir a Amsterdão.

02.05.16 | Ana Gomes

IMG_3600.JPG

 

Já foi há umas semanas que fiz "check-in" no The Student Hotel.

Quando recebi o convite para a inauguração deste hotel em Amsterdão fiquei TÃO feliz que não vos consigo explicar. Basicamente recebi o e-mail, googlei The Student Hotel e quis ir ... na hora!

 

Mas vamos por partes : é que se por um lado toda a decoração e ambiente do hotel são um máximo... por outro regem-se por uma máxima que me deixou completamente rendida : Não deixes o estudante que há em ti morrer.

 

Explicar este hotel pode parecer complexo, mas na realidade é tudo muito simples : no mesmo espaço convivem estudantes que vivem numa espécie de Republica e os hóspedes regulares de qualquer hotel. É por isso normal que no lobby se cruzem com alguém de chinelos e calções mesmo que lá fora esteja uma tempestade : a descontracção reina por ali e muito provavelmente é alguém a resolver alguma questão na recepção. 

O ambiente é propicio ao convívio, à partilha e à criação. É que em todas as paredes e divisões existe uma mensagem pro-activa que nos arranca um sorriso. 

Para além das várias vending machines e sofás espalhados pela "zona comum" do hotel existe um restaurante - The Pool - que para além das mesas normais de 2 ou 4 pessoas, tem mesas redondas e corridas e uma enorme parede de revistas, ou seja... o apelo mantém-se : interajam! 

 

Para além dos convidados para a inauguração, dos hóspedes regulares do hotel e dos alunos reparei que no bar do restaurante estavam pessoas que foram ali propositadamente para beber um copo : o hotel é aberto à cidade e procura esse entrosamento entre os negócios locais e os residentes. 

Foi também neste restaurante/bar ( onde se come MUITO bem ) que encontrei vários produtos curiosos, nomeadamente conservas portuguesas! 

 

Amsterdão é uma cidade fascinante. E sem dúvida que este tipo de espaços enriquecem ainda mais a experiência de uma viagem. Pontos Negativos? É provável que queiram ficar no hotel e tenham pouca vontade de explorar a cidade. Mas se ainda assim o quiserem fazer ( e querem obviamente ) podem requisitar uma bicicleta da impressionante garagem! Já eu fui para todo o lado a pé ;) 

 

As boas noticias estão no final do post, mas antes disso vejam algumas fotos do hotel : 

 

 

IMG_3602.JPG

 

IMG_3609.JPG

 

IMG_3611.JPG

 

IMG_3612.JPG

 

IMG_3613.JPG

 

IMG_3614.JPG

 

IMG_3616.JPG

 

IMG_3617.JPG

 

IMG_3620.JPG

 

IMG_3629.JPG

 

IMG_3631.JPG

 

IMG_3633.JPG

 

IMG_3634.JPG

 

IMG_3639.JPG

 

IMG_3642.JPG

 

IMG_3643.JPG

 

 

 

IMG_3739.JPG

 

IMG_3757.JPG

 

IMG_3761.JPG

 

IMG_3762.JPG

 

IMG_3765.JPG

 

IMG_3773.JPG

 

IMG_3776.JPG

 

IMG_3819.JPG

 

IMG_3828.JPG

 

IMG_3834.JPG

 

IMG_4101.JPG

 

IMG_4233.JPG

 

 

O primeiro hotel da cadeia foi inaugurado por Charlie Macgregor em Roterdão, 2012. Como "migrante" que era quis cimentar o conceito de nos sentirmos em casa fora de casa. 

O hotel dispões de várias facilidades : lavandaria, ginásio,  bicicletas, escritórios, salas de reuniões, espaços de “co-working” e biblioteca. Os preços variam entre os 50€ e os 250€ de diária.

 

A melhor noticia? O plano de expansão inclui Porto e Lisboa! 

 

Aguardo ansiosamente por estas inaugurações. 

 

Contactos no link : https://www.thestudenthotel.com

 

 

3 comentários

Comentar post