Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

13
Fev19

Por Casa : Actifry.

Ana Gomes

Cá em casa não se comem fritos. 

 

Ou melhor, cá em casa não há nada que seja "deep fried", há muitos legumes salteados, mas não se cozinham batatas fritas.... por exemplo! Nada contra, eu adoro batatinhas fritas, o facto de não as cozinharmos é precisamente que sejam a excepção à regra já que 90% das nossas refeições são caseiras.

 

 

 

Não sei se existem este tipo de "taras" aqui por casa, mas acabam por ser boas práticas que nos permitem em determinados momentos privilegiar refeições mais saudáveis. 

 

 

 

O que não vos posso garantir é que não tenham entrado aqui em casa vários pacotinhos de batatas fritas. Especialmente se há algum jantar de amigos ou de família. É quase regra que há a batatinha frita para entreter. A safadona. Se o Tiago fica encarregue das compras também traz uns salgadinhos e afins " que não fizemos mal a ninguém". 

 

Eu sorrio, aceito, e tento - na medida do possível  - resistir à tentação. 

 

Até que ao rever as possibilidades aqui para casa conclui que custo - beneficio ( e neste caso saúde ) a melhor opção talvez fosse mesmo investir numa Actifry. Fui um pouco levada pelas redes sociais ( my bad ) mas lembro-me perfeitamente de ter visto uns stories da Inês Mocho há uns belos meses em que fazia uns salgadinhos em casa sem usar praticamente gordura. Lá está... este tipo de alimentos não fazem parte do meu cardápio - como quem me segue sabe - mas eu não vivo sozinha e acima de tudo - como já deu para perceber - recebemos sempre muita gente em casa. 

 

 

 

No total usamos apenas uma colher de óleo e conseguimos fazer batatas fritas, mas para algumas receitas nem é preciso adicionar gordura. Isto representa um décimo da quantidade normal o que é nitidamente mais saudável - ainda que estejamos a falar de um alimento frito. E podem fazer literalmente TUDO, desde salgadinhos, tofu ou até mesmo legumes salteados. Anything goes! Vejam algumas receitas em https://receitas.tefal.pt/ 

 

Alguém já se rendeu? Bem sei que não é novidade... mas aqui por casa foi e estamos mesmo fãs! A última receita que fiz foram uns croquetes vegan, que depois terminei em 20 minutos na Actifry. 

 

actifry.jpeg

 

 

 

 

 

 

18
Out18

Águas Aromatizas.

Ana Gomes

 

4DFDE747-3D03-4801-820C-E2D7741795D8.jpeg

 

 

Sempre adorei receber pessoas em casa. Mais ainda desde que a Vi nasceu... claro que não deixo de ter vida social, mas em casa as coisas acabam por correr sempre melhor, ela está no espaço dela, tem muito com que se entreter, e eu não fico com um peso na consciência sempre que o chão fica sujo com comida. Por outro lado os jantares prologam-se até quando nos apetece... e somos peritos em torná-los bem longooooos!

 

Já não é a primeira vez que me pedem dicas e sugestões para não tornar estes momentos uma completa "desgraça" - quando pensamos em comida saudável - mas a verdade é que... "nem sempre, nem nunca". Em todo o caso há uma série de estratégias que podemos adoptar e uma delas são as águas aromatizadas. 

Geralmente nestes jantares acabamos sempre por beber vinho, cerveja, ou outra bebida que seja posta à disposição, mas raramente bebemos água! E neste caso, a água pode ser uma óptima forma de nos hidratarmos e controlarmos o apetite. E claro... podemos ter uma simples garrafa ou um jarro à disposição, mas gosto sempre de fazer uma água aromatizada. Fica bonita na mesa, conseguimos aproveitar sobras de outros alimentos e são muito saborosas. 

 

Deixo-vos 4 sugestões! 

 

1 - Manjericão e Gengibre - é uma água super fresca! 

2 - Casca de Ananás e Hortelã - se utilizarem ananás ou abacaxi na vossa refeição, podem aproveitar a casca bem lavada para aromatizar a água.

3 - Laranja, Gengibre e Canela

4 - Limão e Alecrim 

 

Para além do efeito visual e de serem uma óptima forma de naturalmente bebermos mais água, estas simples aromatizações conferem propriedades muito interessantes à água. Para servir uso a minha garrafa linda da Tefal - a Flow Slim, que tem uma base refrigerada, está sempre no congelador e na hora de servir acento a garrafa na estrutura e voilá, bebida fresca até 4 horas. 

07
Jun18

Panela de pressão? Usam ou nem por isso?

Ana Gomes

Quando estava a tentar orientar as compras e o recheio da casa onde moramos agora, fiz uma mini lista ( tipo lista de casamento ) com as coisas que tinha em bom estado e aquelas que seriam precisas comprar. 

Um mundo de pequenos detalhes e ajustes que fariam sentido numa cozinha com outra capacidade. Na altura estava temporariamente a viver com os meus pais e a minha mãe sugeriu que eu comprasse uma panela de pressão. Torci o nariz. 

 

2CC676B0-87DC-40FF-8749-FB15A7CF299E.jpeg

 

Não me fazia sentido ter mais uma panela, ainda por cima uma panela de pressão... nunca tinha tido uma e nunca tinha sentido essa necessidade. Desde Maio que sei que Mãe é Mãe e as Mães têm sempre - quase, quase, quase sempre - razão. E na altura optei pelas da TEFAL - trouxe as frigideiras e a panela de pressão ao mesmo tempo. Escolhi a Tefal Clipso Minut Duo 5 - podem ver mais infos neste link. Para além de ter uma dupla função é gira... ahaha. 

De facto vive-se sem panela de pressão. Mas vive-se de uma forma um pouco mais facilitada se temos uma. Cá em casa comem-se muitas leguminosas. Feijão, Grão e Lentilhas fazem parte de praticamente todos os pratos - como não como carne nem peixe acabo por ir buscar proteína às leguminosas - e apesar de em alguns momentos recorrer a estes alimentos pré-cozinhados ( enlatados ) tento ao máximo seguir a opção mais saudável que é comprá-los secos - de agricultura biológica - e cozinhá-los em casa. 

Imagino que desse lado possam estar algumas pessoas a revirar os olhos e a pensar "quem é que tem tempo para isso?!". Pois... eu compreendo o pensamento. Mais fica não só mais barato como é - efectivamente - a opção mais saudável já que quem controla a quantidade de sal somos nós! :) E eu respondo à vossa pergunta : tem tempo para isso quem tem uma panela de pressão. Depois de demolhados os grãos secos cozinham-se entre 30 a 40 minutos numa panela de pressão ( contra 2 horas numa panela comum ). Geralmente o que faço é o seguinte - não me digam que não partilho dicas boas convosco - antes de me deitar deixo os grãos secos de molho - com alga kombu - e no dia seguinte coloco a cozinhar enquanto faço outras coisas em casa. Ou trato da Vi, ou trato de mim... ou trabalho. São 30 minutos e em 30 minutos não é preciso pensar muito em como ocupar esse tempo. Quando os feijões estão cozinhados e temperados a gosto utilizo uma parte na receita do dia e congelo o restante para que num dia em que não tenha tempo para cozinhar ter algo preparado. 

Uso as MasterSeal da Tefal de que já vos falei inúmeras vezes nos instastories para as guardar no congelador. E no caso da Vi o que faço é congelar num recipiente para fazer cubos de gelo e sei que cada cubinho corresponde a uma sopa! :) 

 

Gostam deste tipo de dicas? Espero que sejam verdadeiramente úteis! 

23
Out17

Receita Saudável - Panquecas de Aveia e Banana.

Ana Gomes

7CCEAFCC-1A86-4FF9-A089-C4E70E9532FC.jpeg

 

 

 

Umas das receitas que mais me pedem via Instagram é sem duvida a Receita das Panquecas. 

São saudáveis, simples, rápidas, muitoooo saborosas e acima de tudo são uma solução boa e rápida para pequeno almoço, lanche, snack ou ate sobremesa! A criatividade ficara para os "toppings" que escolhermos adicionar. 

 B69074D7-D4CB-48CD-9551-E2D6E4180895.jpeg

Assim a base e muito simples : 

 

Para 1 pessoa :

1 banana da madeira ( ou meia banana "normal" );

2 colheres de sopa de aveia

1 ovo

 20F9B81D-19F4-4C52-9083-4020D32809B8.jpeg42C9A786-A829-40C7-BEB6-4E1B37511BFC.jpeg

Bater tudo na blender e untar uma frigideira anti-aderente, com uma colher de sopa bem cheia de massa ir despejando círculos na frigideira, as panquecas devem ser cozinhadas em lume médio baixo e viram-se quando estiverem douradinhas

A gordura que uso para untar a frigideira é óleo de coco e desde que comprei estas frigideiras anti-aderentes da TEFAL - são as Expertise -  consigo fazer muito mais quantidade, mais rápido - já que a área da base da frigideira é grande - e praticamente não uso gordura. Meia colher de café que espalho na base e ainda retiro o excesso com papel de cozinha. 

O símbolo vermelho, o Thermospot, fica mais visível quando a frigideira está quente e pronta a utilizar. O que é perfeito para saber quando devo colocar a massa.

Assim - e para facilitar as rotinas - duplico ou triplico a receita e em pouco tempo tenho um pratão de panquecas que acabo por congelar e vou descongelando sempre que me apetece ( coloco 2 minutos na tostadeira e estão prontas ). Os toppings podem ser os que quiserem, nesta versão usei framboesas e manteiga de amêndoa. Também coloquei um pouco de xarope de agave mas apenas porque me apetecia algo bem docinho! :) 

 

 

Componente 1

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D