Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

21
Nov19

Rubrica RFM - TOP 5 - Dicas Para Combater o Stress.

Ana Gomes

6aae7498-8687-4271-b447-cc7dc9256090-woman-fantasy

 

 

 

O Stress é um tema recorrente nestas dicas. Mas porque o nosso principal objectivo é extermina-lo! Dar-vos as melhores dicas - e as que mais sentido possam fazer para a vossa vida - para que a cada dia se sintam melhor, mais felizes e certamente : menos stressados. E desta vez não vamos só ensinar a melhorar a respiração : há dicas bastante desafiadoras... mas que podem mesmo fazer a diferença. 

 

 

5 - Proteger a Vida Afectiva.

E sem dúvida separá-la do contexto laboral. A ideia é que não levemos os problemas das nossas relações para o trabalho e que essencialmente deixemos os problemas do trabalho fora do ambiente familiar. Naturalmente que isto nem sempre é possível : há momentos complicados em que não conseguimos ser de ferro e não expressar algumas emoções. Mas as coisas do dia-a-dia, os pequenos percalços não devem chegar a casa ou ao trabalho. 

 

4 - Caminhar! 

 

Muitas vezes fazer pequenas pausas, activar a circulação e sair da zona de desconforto podem melhorar consideravelmente os níveis de stress. Não só porque nos fazem sair - literalmente - do espaço que nos stressa, mas também porque ao activarmos a circulação acabamos por de certa forma "distrair" o nosso corpo, fazendo-o concentrar-se nesta nova tarefa. 

 

3 - Organizar e Estabelecer Objectivos. 

Temos de ser mais razoáveis connosco. Quantas vezes não é a nossa falta de organização ou de estabelecer regras que nos faz sentir stressados. Estabelecer objectivos razoáveis, construir uma planificação que nos permita gerir as nossas tarefas e incluir actividades de lazer que nos ajudam a balançar as emoções. 

 

2 - Não ser demasiado detalhista. 

Sei que para certas pessoas é praticamente impossível viver sem dar atenção a tudo. Mas quantas vezes não são "pequenas coisas" que nos tiram do sério e que nos estragam um dia? Concentrarmo-nos nas coisas erradas, pensar demasiado em pequenas coisas que tantas vezes não podemos alterar, são pequenos actos que podem arruinar totalmente a nossa forma de estar ou aproveitar o dia. Não sugiro que sejam totalmente "baldas" só que... relaxem um pouco mais. 

 

1 - Identificar a Fonte de Stress. 

 

Quantas vezes nos sentimos stressados e achamos que sabemos o que se passa - ou o que nos faz sentir assim - mas na realidade... o que muitas vezes acaba por efectivamente mexer connosco são pequenos detalhes que até podemos mudar. Por exemplo : há situações em que stressamos porque marcámos demasiados compromissos e está totalmente do nosso lado adiar ou cancelar alguma coisa. 

 

 

05
Out17

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Minimizar o Stress.

Ana Gomes

f3e39b1af45c8408b72759701dd96dd5.jpg

 

 

Este fim-de-semana Portugal recebe pela primeira vez o Wanderlust! Um evento muito especial que começa por ser um triatlo - 5km de corrida, yoga e meditação - mas é mais do que isso! A ideia é espalhar o espirito do mindfullness e é também um bocadinho hoje que partilhamos convosco hoje! 

 

Já que estamos sempre a sugerir que os niveis de stress sejam controlados hoje partilhamos um TOP 5 de dicas para relaxar! Corpo e mente :) E poderiamos facilmente sugerir que respirassem fundo ou que pensassem em imagens felizes mas vamos um bocadinho mais longe. 

 

5 - Fazer uma Power Nap. 

 

Uma pequena sesta pode ser o suficiente para ganharmos energia e para balançarmos os níveis de stress. É muito importante que não seja uma longaaaa sesta já que podemos entrar num estado de sono mais profundo e ficar com uma grande neura! 

 

4 - Ter um hobby ou um novo projecto. 

 

Algo que nos distraia das rotinas do dia-a-dia e essencialmente dos elementos que nos provocam stress. Claro que a ideia não é ter um projecto que acabe por vos consumir mas antes que vos possa dar tempo de qualidade. O voluntariado - por exemplo - numa área que seja do vosso agrado é uma óptima forma de nos fazer valorizar o temos e de nos sentirmos melhor. 

 

3 - Ter tempo para ti próprio. 

 

Ler, fazer uma massagem, fazer scroll down no instagram... enfim! Vocês decidem:) Mas o que importa é que consigam usar algum tempo para vocês mesmos e que possam fazer o que quiserem! 

 

2 - Fazer exercicio fisico. 

 

Sim! Qualquer exercicio fisico conta. De alta ou baixa intensidade, muito ou pouco tempo, o efeito e os resultados do desporto na ansiedade e no stress são importantes! Claro que no final ainda temos o bónus de melhorar a nossa condição fisica e isso é um plus! 

 

1 - Socializar.

 

Pode parecer um pouco contraditório depois de vos termos indicado que passassem tempo convosco próprios mas cada coisas a seu tempo - literalmente. Descontrair com amigos, conversar e essencialmente rir são "stress relivers" imediatos e que podem ser usados sem moderação. 

 

 

 

 

15
Dez16

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Não Stressar Com o Natal.

Ana Gomes

5691684f1ddb7c9bec5e8201ca1b4629.jpg

Hoje percebi que faltam poucos dias para o Natal. 

Estamos mais ou menos a uma semana do grande acontecimento e ... o stress começa a aumentar. 

Como queremos que tudo corra bem partilhamos convosco 5 dicas num Top que promete diminuir os níveis de ansiedade com a quadra. 

 

 

227a066398ea9026515b64a1722992e6.jpg

 

5 - As lojas estão cheias, o trânsito está um caos, trabalham no fim-de-semana e enfim... não conseguem mesmo comprar os presentes necessários? Compras Online são a solução! 

 

 

 

Cheguem a casa, vistam uma roupinha confortável, instalem-se o melhor possível e embarquem no fantástico mundo das compras online. Atenção aos prazos - garantam que a entrega é feita em tempo útil - mas... caso alguma coisa corra mal e o presente não seja entregue a tempo : imprimam uma imagem do comprovativo de compra, imprimam uma imagem do objecto comprado e tentem comprar um miminho que possa ser desembrulhado e que seja simbólico. 

 

Assunto resolvido, stress das compras de Natal - nível 2. 

 

 

DSCN7978-JPG.jpg4 - Gastam-se fortunas nestas alturas e não me dava jeito nenhum agora! O truque é estabelecer um orçamento e... prioridades! 

 

Mas é claro que quando pensamos que temos de comprar presentes as coisas se possam descontrolar. O melhor mesmo é estabelecer prioridades : a quem é que temos MESMO de oferecer alguma coisa e definir um orçamento. Não há nada melhor do que o planeamento. Mais uma vez uma consulta de preços na internet pode facilitar e minimizar despesas inconvenientes. A verdade é que não vale a pena não programar e fazer contas no fim! 

Há várias pessoas que iriam adorar receber presentes feitos em casa! Se têm o mínimo de talento ponham-no em prática e tenham o melhor de dois mundos. Dicas aqui : DIY XMAS GIFT e aqui. 

bd2f2be43784ac5046c8847a9a732ab8.jpg

3 - As calorias do Natal... ai as calorias do Natal! 

 

O ideal é começar a cortar já nos açucares e nas bebidas alcoólicas. Este tipo de alimentos é não só tendencialmente calórico como contribui para o aumento dos níveis de stress. Aposto que acabei de vos dar uma noticia que preferiam não ter recebido mas... a parte boa é que uma alimentação mais controlada e pensada permite que na noite de Natal possam estar mais à vontade. 

Ou por outro lado... que se sintam tão bem com as novas opções que nem tenham vontade de descarrilar. 

 

 

 

eddd06b025fa23f6f4860d1fb94aaf33.jpg

 

2 - Este ano o Natal é lá em casa e tenho medo que a casa não esteja perfeita. 

 

É respirar fundo e relaxar. Não há casas perfeitas, se temem criticas ou se acham que podem existir desvalorizem ao máximo. As casas têm de estar limpas e confortáveis... ponto final! Se já tiveram a bondade de oferecer o vosso espaço procurem ter o mínimo de preocupações possível. Convidem as pessoas com quem têm mais confiança a aparecer mais cedo para uma ajudinha extra e evitem pensar no assunto. 

Se pensam que a comida não vai chegar - é um dos medos mais comuns - tenham um backup de pão e outras alternativas no congelador que possam ser uma boa solução. 

05b01225d338c14b192b759e0a993256.jpg

 

 

1 - Aceitar o que não podemos mudar e manter a calma. 

 

Isto quase pareceu um momento de auto-ajuda. Mas peço-vos que olhem para este conselho como a coisa mais prática do mundo. Ganham zero em reclamar, muito provavelmente até perdem : tempo e energia. E se há coisas que já sabem que acontecem sempre, custe o que custar, mais vale deixá-las acontecer e aproveitar o momento para voltar a encher o copo de vinho, dar uma dentadinha no sonho de abóbora e sorrir para dentro. 

 

 

04
Nov15

Quanto pesa um copo de água?

Ana Gomes

A história que vos vou contar pode ser o maior cliché. 

Mas há um motivo por trás de tudo o que se torna cliché : ou é a realidade repetida mil vezes ou é uma coisa que faz um sentido tremendo.

glassofwater.jpg

 

Ouvi esta história no ginásio e fez muito sentido para mim. Revi-me na analogia e acredito que isso acontecerá também convosco. 

 

Num congresso de psicologia em que o stress estava a ser debatido um psicólogo pergunta à plateia quanto pesa o copo que segura no braço esticado. 

 

A maioria das pessoas pensou na teoria do copo meio cheio / meio vazio mas o psicólogo insistiu para que avançassem com um peso. Na plateia as pessoas iam supondo : 350 gramas, 200 gramas, 375 gramas. 

 

Até que o psicólogo respondeu : o peso do copo irá sempre depender do tempo que o estiver a segurar nesta posição. Inicialmente o copo terá um peso suportável... mas com o passar do tempo o seu peso - ou o esforço para o segurar - será maior. O peso real do copo será - evidentemente - sempre o mesmo. Mas o que representa para quem o segura irá ser variável. 

 

É o mesmo com os problemas ou as situações do dia-a-dia. Quanto mais arrastarmos as nossas preocupações, quanto mais tempo deixarmos passar sem resolver um problema mais peso ele terá na nossa vida. 

 

Tenho um defeito meio complicado : uma necessidade extrema de falar sobre as coisas que me preocupam. Sobre as coisas que me desagradam. Consigo guardar as coisas para mim durante pouco tempo. Naturalmente que a vida trata de nos contradizer... e ultimamente por uma questão de razoabilidade tenho aprendido que nem sempre posso extravasar as minhas emoções. O que sinto? Que muitas vezes os assuntos me consomem mais do que seria suposto.

 

O que é que concluo ? Que se não der para pousar o copo na mesa... mais vale deixá-lo cair. Se partir.. partiu! 

Componente 1

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D