Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

18
Out18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Anti-Aging.

Ana Gomes

Em primeiro lugar - e antes de irmos às dicas desta semana - é mesmo importante que consigam perceber que devemos - DEVEMOS - aceitar a idade que temos e o passar do tempo. Quando falamos em anti-aging falamos muito para além do óbvio, do visivel ou parecer aquilo que não somos. 

Em abono da verdade, a ideia é que as nossas células se mantenham jovens, activas e funcionais. O resulta vai ser reflectido também no exterior e na nossa vitalidade, mas... vocês entendem a ideia. O passar dos anos é uma coisa maravilhosa e que deve ser celebrada. 

 

73c38d984cfda8c0a9a133cf5c19-653x660.jpg

 

 

Vamos às dicas : 

 

5 - Evitar Alimentos Açucarados.

 

As dietas nutricionalmente fracas e com muitos alimentos açucarados têm resultados nefastos para a nossa saúde. Regra geral resultam em falta de energia e firmeza. O ideal é ter uma alimentação equilibrada em que as verduras e as proteínas assumem um papel fulcral. 

 

4 - Dormir Bem. 

 

As noitadas devem ser uma excepção. É que durante a noite o nosso corpo desintoxica e e as hormonas encontram o seu balanço. Claro que não falamos só das noitadas com os amigos - essas até são recomendadas de quando em vez - mas por exemplo as noitadas de trabalho ou por desregulação do sono são terríveis. 

 

3 - Consumir Fontes de Ómega-3

 

Podem optar por um suplemento - se sentirem essa necessidade. Mas a verdade é que os peixes gordos são uma óptima fonte de Ómega 3 bem como as nozes ( um dos meus snacks preferidos ). Sabiam que as nozes são poderosas para a produção de colagéneo? 

 

2 - Reduzir o Stress.

 

Há coisas na vida que não conseguimos controlar, o trânsito, crianças a gritar, atrasos ou pequenos acidentes do quotidiano que nos "engalinham" o dia. Mas há sempre forma de encontrar tempo no nosso dia para relaxar : praticar yoga ou meditação, dormir decentemente ou ler um livro num ambiente calmo. Dicas simples e tão - mas tão - importantes para marcar a diferença. 

 

1 - Ter uma Abordagem Holística. 

 

A verdade é que devemos tentar viver a vida o melhor possível. Praticar exercício, beber água, procurar ter uma alimentação saudável e equilibrar a balança com as coisas que realmente nos fazem felizes e nos fazem sentir bem. 

11
Out18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas de Styling.

Ana Gomes

Há dicas de styling que todos deveríamos - de certa forma - dominar. 

Mas é claro que não somos obrigados a saber tudo, muito menos de cor! E foi por isso que hoje decidi dedicar este post a 5 dicas básicas, fáceis de decorar e úteis... especialmente quando chegar a hora de decidir o que vestir.

d4c8a996e4b90e763cb3a330dc3b9efa.jpg

 

 

5 - A T-shirt Branca.

 

Em caso de dúvida - e num contexto que não tenha formalidades de dress code - a tshirt branca, básica e de um bom algodão... resolve! Se têm umas calças com um corte diferente do que é habitual, uma peça com detalhes ( por exemplo, uma saia plissada, ou com lantejoulas ) e não sabem exactamente como podem combinar essas peças... procurem A vossa t-shirt branca e o assunto fica resolvido. Mesmo num contexto semi formal podem combinar um blazer, umas jeans e uma óptima t-shirt branca. 

 

 

4 - Conforto. 

 

Não estou a sugerir que saiam de casa de fato de treino. O que quero com isto dizer é que se sentirem desconfortaveis - com uma peça que vos aperta, que está demasiado comprida, ou com a qual não gostam de se ver... o melhor mesmo é que não a usem. Muito provavelmente vão acabar por parecer efectivamente desconfortáveis e ninguém quer nenhum desses sentimentos : parecer ou estar desconfortável. Dica extra... voltem a testar esse outfit e se efectivamente não funcionar, o melhor mesmo é que saia já do vosso armário. 

 

3 - Riscas Verticais x Riscas Horizontais. 

 

É um velho truque, imortal e intemporal! Riscas verticais alongam a silhueta, riscas horizontais alargam. Isto não quer dizer que estejam desaconselhadas ou proibidas em algum tipo de corpo, não é para proibições que esta dica serve, mas antes... para que possamos tirar o maior partido disto! Se queremos parecer mais altas, podemos combinar umas calças com suaves riscas verticais com um blazer no mesmo padrão. 

 

2  - Encontrar AS calças de ganga. 

 

Independentemente das tendências... dos formatos ou dos acessórios, há modelos de jeans que nos assentam melhor que outros. É fulcral ter um óptimo para de jeans que nos fique bem e ao qual possamos recorrer em qualquer situação. Podemos levar anos a acertar com a lavagem, comprimento ou até corte exacto. Mas uma vez encontrado : é para manter. 

 

1 - Não ter medo de arriscar. 

 

Misturar padrões, apostar em acessórios, utilizar cores diferentes. É importante que nos possamos divertir com as tendências e não há melhor dica de styling do que poder arriscar um pouco e sair da nossa zona de conforto, sem ficarmos desconfortáveis, obviamente! A melhor forma de o fazermos é em casa em frente ao espelho, tentar fotografar as combinações que queremos testar e depois tentar perceber como nos sentimos. A melhor forma de explorar novos estilos é mesmo num espaço onde estejamos completamente confortaveis e seguros! 

04
Out18

Rubrica RFM - Top 5 - Alimentos Para o Sistema Imunitário.

Ana Gomes

 

be5b97d456de94c4794d018cbb3a73d0.jpg

 

 

 

Já sabemos que a partir desta altura do ano é possível que nos possamos sentir mais cansados, adoentados e até com menos energia. 

Os dias ficam mais curtos, as brisas mais frescas, os miúdos vão para a escola e parece que os vírus se juntam para dar cabo de nós! 

Nesse sentido hoje partilho convosco um top de alimentos que são maravilhosos para reforçar as nossas defesas e manter o nosso sistema imunitário em alta! 

 

5 - Espinafres. 

 

Não é por acaso que no nosso imaginário, quando comia espinafres, o Popey ficava todo fortalhaço. A verdade é que estas folhas são ricas em anti-oxidantes e vitamina C e podem ser consumidas de diversas formas, o que facilita a sua integração nos menus. De preferência devemos escolher espinafres biológicos, já que estão na lista dos alimentos que mais químicos têm numa produção "normal". 

 

4 - Alho. 

 

Melhor que afastar vampiros, o alho é maravilhoso para o nosso coração e um poderoso anti-bacteriano! 

 

3 - Amêndoa 

 

Tenho um grave problema com frutos secos : adoroooo! Mas a boa noticia é que a amêndoa - para além de ser um óptimo snack em quantidades moderadas - está recheada de vitamina E, riboflavina e niacina. O que é isto? bom... interessa decorar que é óptimo para controlar os níveis de stress e o nosso sistema imunitário. 

 

2 - Gengibre.

 

Tal como o alho é um poderoso anti-bacteriano que actua de forma rápida - essencialmente se pensarmos na nossa garganta. 

 

1 - Cogumelos. 

 

Estudos indicam que os cogumelos são uma dádiva da natureza e que , quando devidamente cultivados e utilizados, podem ser uma fonte de benefícios infindável. Sendo ricos em selénio ( tal como as castanhas do brasil ) ajudam-nos a manter níveis interessantes - que se estiverem abaixo do desejável nos tornam propícios a gripes - por exemplo! São ainda anti-virais,anti-bacterianos e anti-tumorais. 

 

 

27
Set18

Rubrica RFM - TOP 5 - Tendências Outono 2018.

Ana Gomes

Já tinham saudades de umas dicas de moda? Claro que não poderia deixar a chegada do Outono sem vos dar conta das principais tendências da próxima estação. 

Ainda que o calor tenha vindo - aparentemente - para ficar por mais uns tempos... são sempre coisas que gostamos de saber e quem sabe, até adaptar dentro do nosso guarda-roupa. 

 

5 - Animal Print. 

7df4a92feece2ff6d4101f0dc25b185a.jpg

 

picmonkey-collage.jpg

 

Acaba por ser quase um clássico das estações mais frias, mas a verdade é que o Animal Print vai ter o maior destaque de sempre! Se antes o Leopardo era o padrão mais comum... este ano podemos apostar as fichas nas peças com padrão cobra! 

 

4 - Prateado. 

_dio0513.jpg

 

37.jpg

 

imensas peças, desde casacos, a carteiras e até mesmo calças! As peças prateadas - que tanto lembram o gelo - são imperdiveis. 

 

3 - Tweed

_mon0362.jpg

 

44.jpg

 

É um padrão clássico - e os clássicos são sempre uma boa noticia - e vamos poder encontrar todo o tipo de peças neste padrão. Para além do básico branco e preto, preparem-se para uma explosão de cor! Laranja e branco, verde e azul... infinitas combinações que lhe dão um tom menos pesado e mais divertido.

 

2 - Plissados.

_mon0332.jpg

 

10-joseph-fall-ready-to-wear-2018.jpg

 

Se forem daquelas pessoas que vão guardando peças de ano para ano... é muito provável que ainda tenham umas saias ou vestidos plissados que farão todo o sentido este Outono. Geralmente pensamos em tecidos mais leves para este efeito mas uma saia de fazenda plissada é uma das peças chave desta estação! 

 

 

1 - Néon.

gettyimages-920224822.jpg

 

look_neon-tendencia-helena_bordon-780x524.jpg

 

NEON-Leandra-Medine-Man-Repeller-July-2018-4116.jp

 

Confesso que não sou adepta da tendências mas , hey! Ninguém me pediu opinião! A verdade é que as peças em néon já estão a inundar as montras e até podem ser utilizadas com bastante estilo! 

 

 

20
Set18

Rubrica RFM - TOP 5 - Consumo "Fashion" Ecológico.

Ana Gomes

734bcf34aac6194aad08ca3f2a1f4097.jpg

 

 

 

Felizmente as preocupações ambientais estão na ordem do dia. 

Escrevo felizmente porque acho que quando uma coisa vira tendência mais rapidamente podemos actuar ou tentar mudar o nosso comportamento. Em ultima análise fará com que pensemos - pelo menos em algum momento - nisto. 

O desafio de mudança é gigantesco e na maioria dos casos nem sabemos por onde começar ou o que é - ou não - viável! 

 

Hoje partilho convosco 5 dicas que associam o moda ao consumo sustentável. A ideia é aliar os dois conceitos com o melhor resultados possível : e sim... é possível! 

 

5 - Utilizar patches. 

 

Ai... este conceito tão anos 80/90 que nos fazia ter as mochilas com remendos e não era por só por ser giro. A verdade é que há imensas coisas que podem ser reaproveitadas com a colocação de um patch, ou mesmo... alteradas! Um blusão de ganga não tem de estar estragado para ganhar uma nova vida. Pensem nesta opção como uma forma de terem peças completamente únicas e alteradas em casa - ou numa costureira próxima - e que não implicam ter de comprar uma nova peça de roupa. 

 

4 - Comprar em Lojas Vintage. 

 

Podem-se fazer verdadeiros achados! Este ano as camisas com padrões são uma das grandes tendências e é certo e sabido que as podemos encontrar em lojas vintage. A vantagem "trend" volta a ser a possibilidade de terem uma peça mais especial ( e não replicada infinitamente ) e ao mesmo tempo estão a dar uma segunda vida a uma peça já existente. 

 

3 - Optar por tecidos orgânicos. 

 

Muitas vezes temos essas preocupações com os mais pequeninos - e escolhemos os tecidos mais delicados e menos nocivos para os bebés e... ignoramos essa premissa para nós. A qualidade dos tecidos que escolhemos afecta não só a nossa pele como a industria. 

 

2 - Verificar a origem das peças. 

 

Uma peça fabricada em Portugal tem necessariamente menos impacto ecológico do que uma fabricada do outro lado do mundo. É verdade... raramente pensamos no processo de transporte e distribuição mas ele existe... e tem impacto! Consumir produtos Made In Portugal são uma forma de apoiarmos a nossa economia e reduzir automaticamente a pegada ecológica. E temos coisas tão bonitas! 

 

1 - Ter um consumo consciente. 

 

Comprar menos peças e investir em peças de maior qualidade. Podemos gastar o mesmo dinheiro, é um facto, mas a durabilidade das peças e a forma como a limpeza no armário fará tudo fluir naturalmente é um valor acrescido. Este comportamento de consumo requer alguma maturidade e distanciamento ( já que estamos sempre a ser influenciados no sentido de ter mais uma peça, um padrão ou aquele corte diferente ) mas só testando esta opção é que efectivamente se compreendem os resultados. E ... menos compras... resultam numa industria de produção mais controlada. 

13
Set18

Rubrica RFM - TOP 5 - Snacks Saudáveis Para as Lancheiras.

Ana Gomes

Com o regresso dos miúdos à escola ( ou até mesmo dos graúdos ao trabalho ) muitas vezes torna-se difícil saber o que levar para os lanches. Somos bombardeados com informações confusas e balançamos entre rótulos que apelam a qualquer criança.... e aquelas opções que achamos que são as melhores. E a verdade é que em muitos dos casos são precisamente o oposto : aquilo que mais nos chama a atenção... acaba por não ser a melhor escolha.

 

Mas hey! Este conteúdo não é um julgamento! São apenas ideias simples e exequíveis de pequenos snacks que podemos incluir nas lancheiras dos miúdos ( ou até mesmo na nossa marmita ). A ideia é tentar educar o gosto e fazer destas opções alternativas válidas e saborosas que serão rapidamente incorporadas nas vossas dinâmicas familiares. Não se esqueçam que somos seres de hábitos e acima de tudo : aprendemos pelo exemplo! 

Não se esqueçam de incluir sempre água e uma peça de fruta extra que pode ser sempre uma alternativa válida. 

 

 

 

Captura de ecrã 2018-09-12, às 17.06.47.png

 

5 - Maçã Verde Com Manteiga de Frutos Secos. 

 

A ideia é que a maçã já possa ir cortada em fatias ( podem colocar um pouco de sumo de limão para não oxidar ) e juntem uma generosa colher de sopa com manteiga de frutos secos ( amendoim, amêndoa ou caju ). Importa dar uma olhadela no rótulo, nenhuma destas manteigas deverá ter açucares adicionados ou ingredientes desnecessários, podem inclusive ser feitas em casa e para tal basta que se triturem os frutos secos escolhidos até se transformarem numa pasta! Este snack é muito nutritivo e saboroso, o contraste de texturas é divertido e os miúdos adoram! 

 

4 - Muffins de Maçã e Cenoura. 

 

Esta opção não tem glúten nem açucares adicionados e resulta num bolinho bem saboroso! Como também não tem ovos é uma receita super inclusiva que pode ser utilizada até para os mais pequeninos. Podem consultar a receita aqui.  As receitas mais populares de muffins que não levam açucar têm banana - e são DELICIOSOS - mas aqui a ideia era dar também uma alternativa às receitas mais comuns. 

 

3 - Wraps Salgados : 

 

Se o vosso apetite for mais para salgados do que para doces, esta opção é excelente! O recheio fica ao vosso cargo, mas sugiro sempre uma boa proteina e folhas verdes ( não vale colocar molhos do tipo maionese e afins... que estragam todo o propósito ). A massa dos wraps faz-se em poucos minutos e pode ficar colorida se quiserem tornar a experiência mais divertida. Só vão precisar de : 

 

1 ovo, 

2 colheres de tapioca hidratada

Temperos a gosto 

 

Juntar todos os ingredientes e colocar numa frigideira, deverá ficar com o aspecto de um crepe e depois basta cozinhar de ambos os lados ( cerca de 1 minuto ) e rechear a gosto, podem incorporar beterraba cozida ou espinafres cruas na massa e triturar, desta forma ficarão rosa ou verdes! 

 

 

2 - Barritas de Aveia Sementes e Chocolate.  

 

Infelizmente não posso recomendar que generalizem todas as de compra como boas ou más. E por isso - e para simplificar - dou-vos uma ideia de uma receita super fácil e rápida de fazer! 

 

Esta receita é da Joana Limão e ... tem chocolate! Vai de certeza fazer as delicias de todos! 

 

Ingredientes (para 12 a 14 unidades):

— Dez tâmaras sem caroços;

— Um quarto de chávena de mel;
— Um quarto de chávena de água;
— Duas chávenas de flocos de aveia;
— Meia chávena de amêndoas inteiras;
— Meia chávena de sementes de girassol;
— Um quarto de chávena de sementes de abóbora;
— Uma pitada de sal marinho.

Modo de preparação:

Demolhe as tâmaras durante 30 minutos. Pré-aqueça o forno a 170 graus.
 
Num processador de alimentos, triture as tâmaras até formarem uma pasta e, junte o mel e a água. Adicione a aveia, as amêndoas e as sementes, envolva mais um pouco até obter uma mistura homogénea.
 
Espalhe esta mistura numa forma forrada com papel vegetal, espalmando bem para que fique uniforme.
 
Leve ao forno durante 40 minutos, retire da forma e leve novamente ao forno (só com o papel vegetal) por mais 15 minutos ou até a superfície ficar dourada.
 
Deixe arrefecer e, com uma faca de serrilha, corte em forma de barrinhas. Derreta o chocolate e, com a ajuda de um garfo ou de uma colher, salpique, em ziguezague, as barrinhas.

Para as conservar, guarde-as num recipiente hermético.

 

 

 

 

 

 

 

1 - Bolinhas Energéticas: 

 

Aparentam ser brigadeiros e na verdade são uma explosão saudável de energia e sabor! São muito práticas de transportar e têm a vantagem de ser muito saciantes -  e gulosas para os olhos - 

 

A receita que vos sugiro é da Dra. Iara Rodrigues : 

Ingredientes:
  • 1 chávena de bagas a seu gosto (amoras brancas e / ou bagas goji)
  • 1 c. de sopa de sementes de chia
  • 1 c. de sopa de cacau cru
  • 10 tâmaras (sem caroço)
  • 3 c. de sopa de água
 
MODO DE PREPARAÇÃO
  1. Coloque as bagas, as sementes de chia e o cacau cru num processador de alimentos e bata até estar tudo bem envolvido;
  2. Adicione ao preparado anterior as tâmaras e a água e volte a bater;
  3. Com a ajuda de uma colher retire 1 – 2 colheres do preparado final e com as mãos faça bolinhas (como se fossem brigadeiros). Repita o procedimento até terminar a “massa”;
  4. Coloque as raw bites numa caixa e conserve no frigorífico durante, no máximo, uma semana.
 

 

06
Set18

Rubrica RFM - TOP 5 - Dicas Para Cumprir As Resoluções de Setembro.

Ana Gomes

Setembro é por defeito - ou por feitio - uma espécie de Janeiro a meio do ano. Há quem aposte todas as resoluçōes para este mês, há quem faça as grandes mudanças nesta época do ano... e há mesmo quem estabeleça os maiores objectivos para esta fase do ano. E há mal nisso? Nada disso! 

 

É importante - e interessante - que nos passe pela cabeça mudar, alterar hábitos ou construir um estilo de vida mais de acordo com os nossos ideais. O problema? É que muitas vezes rapidamente perdemos a motivação. Hoje vamos partilhar convosco como é que podemos fazer as nossas resoluções valer. 

escrever-livro-noticias.jpg

 

 

5 - Ser Razoável Com as Resoluções. 

 

Coisas muito abrangentes ou complexas poderão não ser a melhor ideia. Claro que não temos de "pensar pequeno"... o que temos é de idealizar cenários possíveis. Por exemplo : se a vossa ideia é perder peso, estabeleçam uma meta razoável até ao grande objectivo. 

 

4 - Estabelecer um Plano. 

 

Idealizar é fácil, mas planear pode ser efectivamente divertido. Ou seja : devemos tentar estabelecer um plano e até estabelecer um horário ( dentro do nosso horário ) para fazer vingar os nossos objectivos. O plano pode ser mais do que encontrar tempo, pode ser : encontrar aliados! Alguém que esteja com os mesmos objectivos e que possa ser um incentivo. 

 

3 - Tentar Ultrapassar as Metas Impostas. 

 

Imaginem que conseguem alcançar uma das coisas a que se propuseram ( por exemplo... correr 5 km dia sim, dia não ) porque não... começar a correr 6? A vantagem de estabelecer mudanças tangíveis pode ser um incentivo para aumentar a parada. 

 

2 - Antecipar Obstáculos. 

 

Provavelmente aquilo que decidiram mudar agora... não é propriamente uma coisa nova de que se lembraram. Muitas vezes já tiveram intenção de mudar este detalhe no passado mas... alguma coisa falhou. E vocês - melhor que ninguém - sabem o que acontecer. Prever e antecipar esses obstáculos ajuda-nos a conseguir contorna-los! Já sabemos porque falhou e já sabemos que temos que "pular" esse motivo de falha. 

 

1 - Criar Recompensas.

 

E ser inteligente a escolher as recompensas. Se planearam um mês sem compras, a ideia não é liberar as compras no mês seguinte... mas, por exemplo, ter a possibilidade de comprar uma peça mais exclusiva. Da mesma forma que se planearam ter uma vida mais saudável, ou até... perder peso, ao cumprir o objectivo... não vale comer um bolo todos os dias ao pequeno-almoço. Bom, vocês entendem a ideia! O ideal é que possam ter recompensas que vos extra motivem! 

 

 

Boa Sorte! :) 

02
Ago18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Compras nos Saldos.

Ana Gomes

c6e43fbdcb81b14edc1985a3c594eab4.jpg

 

 

 

 

Sabem qual é a melhor altura para aproveitar os Saldos? Agora MESMO! Sem sair de casa ( vivam as lojas online ) ou dando uma voltinha pelas vossas lojas preferidas, e porquê agora? Porque dificilmente os preços ficarão mais baixos do que agora... e porque sinceramente parece que o Verão só chegou agora mesmo! E afinal... o que a vale a pena comprar nesta recta final dos saldos? 

 

 

5 - Peças Básicas. 

 

Esta dica é fácil - mas nem sempre óbvia. Esta é a altura perfeita para fazer aquela reposição das peças básicas que fazem parte do nosso guarda-roupa sempre. Exemplos? T-shirts lisas, jeans, casacos de malha. Enfim... aquelas peças mais "sem graça" mas que acabamos por usar como excelentes complementos. 

 

 

4 - Camisas Oversized. 

 

Claro que podem apostar nas camisas básicas que servem os nossos armários "forever". Mas a camisa oversized que pode ser uilizada de variadíssimas formas ( como túnica, com um nó, com os ombros destapados... enfim!) é um must have! 

 

3 - Calçado. 

 

Do bom... não vale grande pena gastar os créditos em calçado de fraca qualidade, por dois motivos : conforto e investimento. Em calçados e carteiras mais vale investir um pouco mais e ter a certeza que ficamos com boas peças. Sabrinas, mocassins, sapatilhas e sapatos de salto simples são apostas seguras. 

 

2 - Acessórios. 

 

Já sabemos que as "modas" passam. Mas há acessórios que sempre quisemos e que faz sentido que possamos finalmente ter. Principalmente porque este tipo de peças pode fazer a diferença nos nossos looks e muitas vezes usam-se em várias estações. Que sejam "aqueles" brincos statement ou uma echarpe que serve até o Inverno rigoroso chegar. 

 

 

1 - "Aquela" peça.

 

O vestido cor de rosa com lantejoulas que namoraram em segredo a colecção inteira, a camisa cheia de padrões que vos ficou atravessada, as calças curtas e com um uma cor pouco fácil... enfim! Os saldos - principalmente esta recta final - também serve para que possamos extravasar um pouco nas nossas escolhas e para voltarmos a ser criativos. 

19
Jul18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Malas de Viagens.

Ana Gomes

 

7fb24950af9957ce98cb76e452c3851b.jpg

 

 

 

Se ainda vão entrar de férias este post é para vocês! E se não for este o caso... talvez queiram ler o artigo para futura - e util - referência. É que vamos aqui partilhar 5 dicas super uteis e práticas para fazer malas de viagem! :)

 

 

5 - Proteger Os Produtos de Higiene. 

 

Se quisermos ser práticos e transportar tudo na mesma mala é bom que tomemos algumas precauções. O que acontece quando levamos as embalagens de champô - por exemplo - junto com a roupa é o risco desta poder entornar um pouco. Como prevenir? Desenroscar totalmente a tampa, colocar um pouco de papel celofane e voltar a fechar. Voilá! Sem riscos :) 

 

4 - Utlizar Sacos de Pano Para Transportar Os Sapatos. 

 

Já sabemos que o calçado não é propriamente a peça mais limpinha do mundo. E acabamos sempre por levar algum calçado extra - seja todo um guarda-roupa ou mais uns chinelos. A melhor forma de os levar na mala - junto com a roupa - é de certa forma isolá-los. Outra boa ideia é - por exemplo - colocar acessórios ( como brincos e pulseiras ) dentro dos próprios sapatos para economizar espaço na mala. 

 

3 - Fazer Rolinhos Com as Peças de Roupa. 

 

Por falar em espaço! A melhor forma de o potenciar - no que à roupa diz respeito - é mesmo fazendo rolinhos com as peças que podemos dispor na vertical. Desta forma não só ganhamos espaço na mala como conseguimos rapidamente "apanhar" a peça que queremos ( já que não fica por camadas ).

 

2 - Utilizar Bolsas Para Cada "Categoria". 

 

Facilita na hora de fazer a mala e na hora de irmos directos ao que precisamos. Se tivermos uma bolsa para cada categoria ( uma bolsa com os produtos de higiene, outra com os carregadores, uma outra com acessório ) é mais fácil que não nos esqueçamos das coisas e que a mala esteja organizada de uma forma bastante prática.

 

1 - Estruturar os Conjuntos de Roupa. 

 

Idealmente podemos utilizar duas "partes de cima" com uma "de baixo". Levar um casaco que seja versátil e que funcione com todas as opções que levarmos. Escolher um conjunto mais " de festa " ( nunca se sabeeeeee ) e optar por peças giras e confortáveis! Apostar em acessórios também é uma forma simples de transformar looks! :) 

 

 

Boas Férias! 

12
Jul18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Cabelo Perfeito No Verão!

Ana Gomes

220FAD36-C93A-4532-8377-54A460BEE8D7.jpeg

Cabelo de Verão? 

Yes please! 

Mas só se isso for significado de um cabelo maravilhosamente cuidado e não... danificado pelo sol, vento e sal.

Hoje partilho convosco 5 dicas úteis e práticas para conseguirem chegar ao fim de verão com o melhor cabelo possível! 

 

5 - Passar o cabelo por água doce. 

É muito importante tirar o cloro ou o sal do cabelo. Sim... depois de cada mergulho é importante “aliviar” o cabelo dos possíveis danos destes elementos. 

 

4 - Se fizerem uma temporada na praia invistam em produtos específicos para o sol! 

Especialmente um champô anti-resíduos e um protector solar para o cabelo. 

 

3 - Evitar outros factores de desgaste: 

 

Como secador e placa para esticar o cabelo! O ideal será mesmo retirar o excesso de água com uma toalha e deixar secar ao natural. É uma óptima altura para experimentarmos tranças ou apanhados mais simples! :) 

 

2 - Passar o cabelo por água fria.


Aproveitar os dias quentes para moderar a temperatura dos banhos! A água fria é óptima para estimular a firmeza da pele e é perfeita para o cabelo! A água quente tende a estimular a oleosidade e conseguimos um maior equilíbrio se conseguirmos variar as temperaturas.

1 - Usar boné, chapéu, turbante, lenços...

Enfim! Escolher um filtro físico que permita reforçar a protecção e claro... aproveitar para maximizar o estilo pessoal!

 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D