Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

14
Set18

Wanderlust 108 - O Triatlo Mais Bonito do Mundo.

Ana Gomes

 

668049BE-0F5E-4DBC-832B-1D6AC3947E5A.png

 

 

Pelo segundo ano consecutivo o triatlo mais bonito do mundo chega a Portugal.

E... pelo segundo ano consecutivo tenho a honra de ser uma das embaixadoras ADIDAS deste evento que combina caminhada ( ou corrida ), yoga e meditação. Mas isto... é só a forma simples de ver as coisas, já que durante um dia inteiro ( e será já no próximo dia 30 ) podemos aprender a explorar tantas outras coisas que vão desde a alimentação à mudança de hábitos. 

Há palestras, workshops, demonstrações, apresentação de produtos e acima de tudo uma energia com uma vibração espectacular. Quem lá esteve o ano passado pode compreender aquilo que quero dizer! E acredito que este ano seja ainda melhor. A localização é perfeita: fica ali mesmo juntinho ao rio, nos jardins da Fundação EDP ( a melhor referência é o MAAT ). 

 

Quem me acompanha pelas redes sociais saberá que não tem sido um ano de muita prática de yoga ( apesar deste ser, na minha opinião, uma das melhores coisas que se pode fazer na vida ) mas isso não é impedimento para fazer parte do triatlo. E correr? Correr é que não é mesmo comigo! Mas o que importa absorver é que este dia não é uma competição ou um momento em que comparamos o nosso desempenho com a restante "equipa". Nada disso! Vão perceber que é - acima de tudo - um momento de partilha, em que as boas práticas são celebradas e ganham ainda mais força por serem feitas em conjunto. Acho que este evento é uma óptima porta de entrada para quem procura um estilo de vida mais ajustado às realidades de hoje em dia que nos forçam a viver a mil sem viver grande coisa na realidade. Compreendem a ideia? 

 

Podem consultar todas as informações em detalhe no site do Wanderlust 108. Espero por vocês dia 30:) 

 

Para além disso a Adidas lançou uma linha com peças dedicadas ao evento. São muito práticas ( e muito bonitas ). Podem explorar a colecção neste link. 

 

 

 

 

26
Ago18

Passatempo Feira Alternativa.

Ana Gomes

Está quase quase a acontecer a Feira Alternativa! E como vos prometi nos instastories há um passatempo que vos pode valer convites em Lisboa ou no Porto! 

FA 2018 Anuncio Press.jpg

 

Tenho 10 convites para vos oferecer e para participar é bastante fácil! :) Basta que sigam as redes sociais do blog e da Feira Alternativa e preencham este formulário com o vosso email, nome e localidade a que concorrem, relembro que o evento acontece em Lisboa já nos dias 7,8 e 9 de Setembro e no Porto de 12 a 14 de Outubro. 

 

 

 

Podem encontrar mais informações sobre a Feira Alternativa no site.  

Os vencedores irão receber os bilhetes por email : 

Vencedores Porto : 

Olga Pinto

Sara Mendes

Marisa Ferreira

Célia Madureira

Raquel Pinho 

 

Vencedores Lisboa : 

Cátia Filipa Patrício Rodrigues
Sandra Ramos Claro
Margarido Rosado
Ana Raquel Tavares
Inês Estadão 
Veronica Gomez 
 
 

 

 

 

 

25
Jun18

Escapadinhas em Portugal - Évora.

Ana Gomes

4B21BA79-0F79-47F6-AD27-B27A579CD9BE.jpeg

 

Nem sempre é possível fazer a pausa que o corpo nos sugere que façamos. 

Muitas vezes estamos cansados, a nossa cabeça já não se organiza da melhor maneira e ... precisamos mesmo de parar! 

Cá por casa todos temos uma vida sempre muito stressante - geralmente pela falta de horários de trabalho - e se antes a ideia de "sair" parecia mais simples... com a logística de um bebé as coisas alteram-se ligeiramente. Não é que não seja exequível - que é - mas eu era daquelas pessoas que encontrava viagens a preços espectaculares - o que me permitia viajar bastante, mas isso implicava sempre voos a horas "esquisitas" e alojamentos muito simples. Coisas que são menos agradáveis de fazer com um bebé, portanto. Então decidimos que sempre que possível iríamos fazer umas deslocações... dentro do país! 

Tenho vários sítios numa espécie de lista de espera... e decidimos começar por Évora. 

Quando começámos a namorar passámos lá um fim-de-semana - no Inverno - e pouco tempo depois ouvi falar deste hotel onde ficámos nesta última viagem. Mar D'Ar. Melhor escolha impossível... mesmo! O calor regressou precisamente neste fim-de-semana em que descemos e estávamos tão cansados que não queríamos fazer absolutamente nada. Saímos de Lisboa depois do jogo de Portugal no mundial terminar e em pouco menos de uma hora estávamos a estacionar no parque do hotel. O carro só voltou a sair quando subimos para Lisboa. A localização é tão boa que andámos a pé para todo o lado! 

O nosso quarto era grandão - a cama era daquelas gigantes ÓPTIMAS - a Vitória tinha o seu berço e tínhamos uma vista linda ( como podem ver nestas duas primeiras fotos ). Em todo o caso recomendo vivamente os quartos do piso inferior que têm acesso directo à zona da piscina. Sendo um hotel não tem forma de cozinhar nos quartos, mas são super disponíveis para agilizar as comidinhas para os mais pequenos. Por falar em "comidinhas" o restaurante do hotel é mesmo muito bom! A carta tem vários pratos típicos, e um menu de degustação com vinhos que é maravilhooooso, e sabem que mais? Podem escolher uma opção vegetariana. Ao pequeno-almoço optei quase sempre por comer uns bons ovos mexidos, cogumelos e tomate assado. Os temperos são ricos, como são em todo o nosso Alentejo! Azeite e ervas aromáticas. 

No espaço do hotel também existe um pequeno ginásio - onde treinei na ultima manhã, os restantes treinos fiz no quarto, e um SPA. Desta vez não experimentei as massagens mas quando regressar vou mesmo ter de ir "testar" o serviço. 

 

Notei claramente que a cidade está a crescer muito. Muita diferença a nível de turismo, falam-se muitas línguas pelas ruas! Há muito comércio, o coração da cidade está sempre movimentado... a última vez que lá estive achei tudo muito mais parado. No almoço do primeiro dia comemos num sitio nada de especial e nem sequer fixei o nome, mas as refeições que não fizemos no hotel e que são sítios giros, bons e com alternativas vegetarianas ( e que estão fora do "menu" de restaurantes clássicos que toda a gente conhece ) foram o Páteo e o Terceiro Tempo

 

Apesar de a nossa opção de fim-de-semana ter sido descansar - eu li um livro e comecei outro.. por isso podem imaginar como foi descanso puro - o hotel tem uma série de programas disponíveis que permitem que se explore a região! Desde uma visita guiada aos castelos mais próximos, passando por provas de vinho e rotas de cortiça... não faltam planos e sugestões. 

 

E359EC54-8F78-4216-BAEF-13AB594A18FA.jpeg

 

D9174F24-8A06-4FBB-9911-198BB78D6445.jpeg

 

EA19C9D6-655A-4A5A-B1C0-D97813D29E09.jpeg

 

E6DAAE27-ECB0-46A0-82E0-34689583C9D3.jpeg

 

E0539408-5ED7-412B-991A-244809E3768C.jpeg

 

 

DCCA3E37-0C0C-4E3C-9018-7365C9D0A729.jpeg

 

6E00BA5F-6CA4-4A50-9C7E-D6FE4FA12CBB.jpeg

 

479F8D0C-CEBD-44A9-9696-56EB80AC86EA.jpeg

 

FC4A1148-9BE8-41B1-B6FA-842047AC9F48.jpeg

 

181EA6D4-CCF1-4876-8C72-9EA0B7F2CCE4.jpeg

 

 

Contactos : 

M'AR De AR AQUEDUTO

Rua Cândido dos Reis, 72
7000-782 Évora
Tel.: + 351 266 740 700
Fax: + 351 266 740 735

geral@mardearhotels.com

 

27
Fev18

Pasta Non Basta - Não Basta Não!

Ana Gomes

 

_1450824.jpg

Não me canso de dizer que Lisboa está a ficar um pequeno sonho de sitios para ir e visitar. 

Desde museus, lojas, espaços ao ar livre até à imensa variedade de restaurantes que abrem semana sim semana não. Torna-se praticamente impossível fazer um "check" a todos os sitios onde - aparentemente - vale a pena ir. Mas... vamos fazendo um esforço ahaha. 

 

Já tinha ouvido falar - muito e bem - do Pasta Non Basta mas confesso que por ficar fora da minha rota de passagem habitual nunca tinha pensado "vamos lá amanhã". Até que comecei a ver por estas redes sociais fora várias referências, fotos que revelavam uma decoração mesmo gira - adoro a ideia dos cartazes colados sobre um fundo de metal que dão um ar super urbano. E para ser sincera ter descoberto que este restaurante faz parte do grupo de um dos meus restaurante referência na capital - o Este Oeste - passaram a ser argumentos para uma visita obrigatória. 

 

E senhores... de facto Pasta Non Basta porque há um menu tão apetitoso que é mandatório pedir para partilhar e escolher uma companhia com quem se possam lambuzar à vontade. No dia do meu almoço pedimos vários pratos diferentes e acabei por terminar a refeição com uma ( ok... duas... ) fatias de pizza de trufa (Tartufo) . Que sonho... Há vários pratos vegetarianos - incluido uma lasanha muito saborosa e um prato que acabou por ser cobiçado por todos : uma Cianfotta Napoletana.

 

Vão que não se arrependem! Ainda por cima agora há uma nova morade em Lisboa nas Avenidas Novas.

 

Moradas e Contactos :

 

Pasta Non Basta

Avenida Elias Garcia, 180 B, Lisboa
Ligar 21 797 9214
 
Pasta Non Basta 
RUA MARQUESA DE ALORNA 17 B
215 846 772‬
 

 

 

 

_1450833.jpg

 

_1450899.jpg

 

 

 

08
Jan18

Mercado - Simply Portuguese.

Ana Gomes

475CE67A-8075-4E70-9989-BF65FB3C1BDE.jpeg

Sabem que não perco uma oportunidade para conhecer restaurantes, cafés e bares. 

Se há eu quero conhecer. Primeiro porque gosto naturalmente e depois porque muitas vezes acabo por ter de sugerir restaurantes a várias pessoas. 

E claro que só falo com conhecimento de causa ehehe. 

Ainda antes do Natal marcámos um "girls lunch" no Mercado - Simply Portuguese que fica mesmo em frente ao Miradouro de São Pedro de Alcântra no Bairro Alto e é perfeito para quem faz refeições fora de horas! Funciona num horário muito alargado servindo refeições entre as 10h e as 24h TODOS os dias. Ou seja... é possível almoçar às 16h se assim entenderem. 

O espaço é dividido em duas "zonas" a parte do restaurante - com a cozinha aberta e bem visivel para nós - e a parte da cafetaria onde é possível tomar pequeno-almoço ou lanchar ( tem uma vasta montra de doces e salgados para além das bebidas normais ). 

A carta é composta por pratos tipicamente portugueses trabalhados pelo Chef Miguel Castro Silva e se os enchidos sorriem em vários pratos fiquem sabendo que existem deliciosas opções vegetarianas - provei uma salada de queijo de cabra, tomate e alcachofra MARAVILHOSA e um Á Brás de Legumes.

 

O menu é mesmo variado e há opções para todos ( carteiras e gostos ). Atendendo à localização e ao horário alargado ficou num dos meus tops de recomendações! 

 

 

E323F24A-F984-4304-9362-066D429DD0B5.jpeg

 

3BDEB6F4-C96F-4F39-8497-891650A0F1CA.jpeg

 

5ED1CEF3-737A-4BFC-B09C-D5A6A9067EAC.jpeg

 

684533A7-7599-4796-B39F-79F59FE1B573.jpeg

 

35F85CF3-2DE2-454D-BF16-5AED2E716EB4.jpeg

 

13B24437-6260-481C-A46C-B713726DC0E3.jpeg

 

0EB1F5C5-8517-4DB0-88BE-113F83D9A6AF.jpeg

 

 

 

C41BF5AA-0BA1-40D7-A473-CC87E5E8940E.jpeg36474CBF-AD31-4AE7-BDF7-4CF3F4CE861C.jpeg

Rua São Pedro de Alcântara, 33

Horário: Segunda a Domingo das 10h00 às 00h00

Facebook : Mercado Simply Portuguese.

Contacto Para Reservas :+351 914290018 

07
Dez17

A Lisboa cada dia mais bonita - Benamôr.

Ana Gomes

9031BD11-2CF8-4C62-8C50-37F3D4A36C72.jpeg

Lisboa está incrível.

Correcção - Lisboa sempre foi incrível.  Mas a verdade é que se tem sabido elevar e aproveitar esta vaga de turismo. Pôs-se - ainda - mais bonita. Um banho de frescura, novos adornos, orgulho nas zonas antigas e muitos sítios giros para visitar. 

Eu amo Lisboa. Sou daquelas alfacinhas que se comovem ao ver o rio. Que sente falta dos sítios de sempre, que quer ir comer castanhas no Baixa e beber um café à pastelaria do bairro. Gosto do barulho do eléctrico, gosto do amolador, gosto das velhotas  às janelas e - ao contrário do que seria de esperar - até gosto da vaga de turismo. É como se de repente a minha casa estivesse cheia de gente! E todos sabemos o que acontece quando recebemos alguém em casa : escolhemos o melhor vinho, damos uma arrumadela, acendemos umas velas e queremos que esteja tudo perfeito. 

É um bocadinho assim que vejo Lisboa nos últimos tempos. Tem pontos negativos? Com toda a certeza. Mas quero-me focar nos positivos! 

 

Acho que as obras do Terreiro do Paço ficaram um sonho. Um gigante postal de prata que faz com que aquela praça monumental desagúe no Tejo mais bonito do mundo. 

 

E é no reabilitado Campo Das Cebolas que a Benamor - marca portuguesa que nasceu no Campo Grande - abriu a sua loja em nome próprio. Tão bonita, tão delicada e tão cheirosa. É mesmo paragem obrigatória. Vale a pena a visita - pela beleza do espaço e pela qualidade intemporal dos produtos - mas também pelas colaborações que terão continuamente com outras marcas nacionais. 

 

7C9C15FF-34A6-445C-8559-BE3CB62342F5.jpeg

 

4298E9DD-EE64-4005-A1D3-058A34C0398B.jpeg

 

3AAFD7EE-6B74-4335-B4C7-1CB65C384DA7.jpeg

 

9F707757-B212-43AE-9548-0671C2A88514.jpeg

 

 

 

1C461662-C46C-485B-BBB8-67FDFD9464C2.jpeg

 

 
Benamôr 
Rua dos Bacalhoeiros, 20A
Lisboa
@benamor1925
 
21 800 3037
20
Out17

Segundo Muelle - Do Peru para o Cais do Sodré.

Ana Gomes

EED009B6-90A6-4A61-8149-7DE252FE763A.jpeg

 

Cada vez mais os sabores de outros países fazem parte da oferta gastronómica Lisboeta. 

 

Isso não quer dizer que não se coma boa comida portuguesa - nada disso - quer dizer que estamos cada vez mais receptivos a novos sabores, combinações e propostas. 

 

E quando o Segundo Muele abriu em Lisboa fui logo la almoçar. Na altura estava gravida e fui num almoço rápido entre trabalhos por isso não tive tempo - nem margem - para experimentar o que mais queria : os ceviches. 

 

AF7FC373-85A2-438A-B770-98B1995B69B1.jpeg

 

Agora que já não tenho restrições de maior - nem pressas. Combinei voltar la com a minha prima para pormos a conversa em dia e provar alguns pratos. 

 

Foi um almoço daqueles bons... bem demorados. Em que começamos por pedir um chá frio e uma agua com gás... e terminámos a beber um pisco sour ( delicioso ). 

 

Desde a ultima vez que l tinha ido ate esta visita ouvi falar varias vezes dos risotos e quinotos e aceitamos a sugestão de pedir um como prato principal para dividir : incrivelmente bom. 

 

A raiz do menu é a comida peruana mas as influencias chegam de todo o mundo : África, China, Itália, Espanha e Japão. 

 

Almoçámos mesmo muito bem. Os sabores são fortes, frescos e há opções para todos os gostos! Mais ou menos picante, cozinhado ou "marinado", comida nativa ou de fusão. 

 

Acresce a tudo isto o espaço ser amplo e ter uma decoração mesmo bonita. Funciona tanto para uma refeição mais intimista como para juntar alguns amigos e conversar numa boa mesa. Sim... quanto mais crescemos mais percebemos que vale a pena investir numa boa refeição mesmo quando é para juntar a malta de sempre :) Ainda para mais fica numa zona maravilhosa, na Praça D. Luís I / junto ao Mercado da Ribeira. 

 

Prontos para ficar com agua na boca?

  

F0726DFF-56E0-4FFB-90FD-4EF623804FAA.jpeg

 

 

 

F2AF274C-834F-4C28-9A0B-FA3DCF7884CB.jpeg

 

43CBC7DC-6133-47D4-9479-31221C17ACD3.jpeg

 

1A84C166-40B7-49BB-BF10-948B5ED303F0.jpeg

 

C2651933-E93E-4D37-9875-2BB6F3B3CB57.jpeg

 

Podem consultar o menu neste link http://bit.ly/2chrdsd . 

 

Morada >
 
Praça D. Luis I, Nº 30, loja 4b
Lisboa
 
Contacto : 931 169 158
 

 

13
Out17

Club Life To Go - a morada Lisboeta da comida funcional.

Ana Gomes

DSCF4847_preview.jpeg

Quero muito - e cada vez - responder às vossas perguntas de "onde ir jantar, almoçar, lanchar, namorar.... em Lisboa". 

E quero-vos responder a essa pergunta com este tipo de posts : eu fui, experimentei e adorei! 

E neste caso em particular do Club Life To Go senti-me realmente satisfeita por compreender que já não há medo em apostar neste tipo de projectos em Portugal. É que este restaurante / grab and go tem uma oferta super variada de receitas sendo que naquela cozinha não entram açucares refinados, gluten ou leite : a lactose só existe nos queijos que são ingrediente em algumas receitas. Todas as propostas são de comida funcional : que é riquíssima em nutrientes e muito saciante. Não se preocupem se as doses vos parecerem pequenas, nem vale a pena encher o tabuleiro, bom... na verdade vale, para que possam experimentar vários pratos, mas não necessitam de o fazer sob o ponto de vista da saciedade. 

Este conceito veio do Brasil - em que estas preocupações alimentares estão na ordem do dia - e encontrou a sua primeira morada na Avenida Elias Garcia. Da minha parte só quero que comecem a crescer rapidamente por esta Lisboa fora. É tudo "do bem" e tudo muitoooo bom! 

Já passou uma semana e ainda sonho com aquela Coxinha Vegana feita com batata doce e cogumelos trufados. 

 

Ah... um conselho final : nunca provem a versão Club Life To Go do "Snickers". Nunca mesmo. 

Ou então provem e depois nunca mais consigam pensar noutro chocolate na vida. 

 

DSCF4826_preview-2.jpeg

 

DSCF4831_preview.jpeg

 

DSCF4834_preview-2.jpeg

 

DSCF4840_preview.jpeg

 

DSCF4842_preview-2.jpeg

 

Mais infos no Facebook do Club Life To Go. 

 

Av Elias Garcia 84 A
Lisboa

 

 

03
Out17

Oh Breakfast, Dear Breakfast.

Ana Gomes

B196B493-C409-4DDD-842B-3894F3DC6A58.jpeg

  Sou e serei uma eterna apaixonada por Lisboa. 

  A minha cidade está a fervilhar de sítios giros e "a visitar". Talvez agora que me afastei um pouco mais do centro seja engraçado ter inúmeros motivos para voltar. 

E foi esse o plano de domingo, acordar sem pressas e chegar a tempo de tomar o pequeno-almoço. Aqui há truque, já que no Dear Breakfast o meu sonho mais antigo se cumpre: esta refeição divina pode ser tomada a qualquer hora do dia. O espaço é muito giro : galerias brancas, com mobiliário azul e mármore, muitas plantas e boas revistas. 

Perante um menu cheio de sugestões tentadoras optámos por experimentar o menu Brunch ( 14€ ) - duas tostas, 1 croissant, doce e manteiga, 2 ovos a gosto- escolhemos escalfados - , café ou chá, e uma taça de fruta ( que também poderia ser um smoothie ou um sumo de laranja . Acrescentei um Matcha Cha Latté com leite de amêndoa que merece 5 estrelas : sabor e texturas perfeitos! 

Ficámos satisfeitos com a nossa opção - apresentação e sabor no ponto, os croiassants já tinham terminado e trouxeram-nos um brioche com chocolate, não foi problemático :)  Maaaaaaaas... à medida que os pratos iam chegando às outras mesas sentíamos um pedacinho de arrependimento por não termos escolhido outras coisas : nem quis acreditar quando chegou à mesa do lado uma tosta de abacate com tomate. Se isto quer dizer que o Brunch é mau? Nada disso! Quer apenas dizer que escolher é mesmo complicado. 

 

Sempre que encontro um destes lugares volto a Bali. Na minha viagem desejei muito que este tipo de espaços abrissem em Portugal e fico verdadeiramente satisfeita por entender que a escolha tem aumentando bastante! 

 

O Dear Breakfast ficou na minha lista e vou - com toda a certeza - voltar. 

 

 

739BE436-E875-49D9-A105-63BD6669645A.jpeg

 

06B292F7-7F24-4B34-B5A2-0EE21C879051.jpeg

 

12A8F4DA-EDBD-4E20-BE5A-7925A3CBA7AC.jpeg

 

16AD091F-BDA0-4645-8F9C-CD9CB6039A39.jpeg

 

2026AE2C-2078-498D-B39A-DF116C111687.jpeg89867EA7-4F37-441E-955D-67113219BEB4.jpeg

 Dear Breakfast 

Facebook 

Rua Das Gaivotas, 17 Lisboa

Encerra às Segundas-Feiras. 

12
Mai17

O renovado Olivier e nódoas deliciosas.

Ana Gomes

 

4351a1957afa7173f23151c8fce057ed.jpg

 

 

Escrevo-vos este post com a t-shirt manchada de molho de tomate e pesto. E sim... são dez da noite e estou a comer massa. 

 

A culpa é do Olivier - literalmente - e passo a explicar porquê... 

 

Estamos em contagem decrescente para a grande mudança nas nossas vidas e andamos a tentar fazer de todos os momentos... momentos ainda mais especiais :) 

Por isso ontem decidi fazer uma surpresa ao Tiago e fomos conhecer as mudanças no "ex" Olivier Avenida - agora "apenas" Olivier. O espaço foi totalmente renovado - bem como a carta - e mantendo o requinte está super cosmopolita o que é meio caminho andado para ser um espaço de referência e que podemos recomendar. 

 

Saímos de lá felizes e com a barriguinha cheia. 

 

Claro que estamos à vontade para pedir o que quisermos da carta mas foi-nos explicado que estava pensada para que se pudessem dividir várias entradas e eventualmente um prato principal. A ideia de "para partilhar" deixa-me sempre contente, sou muito indecisa e a possibilidade de experimentar vários pratos agrada-me. 

 

Comi um óptimo carpaccio de peixe branco ( o Tiago foi para o de vitela ), folhado de queijo de cabra e nozes caramelizadas, batatas bravas, e o meu "all time favorite" : Cornetto de Guacamole, salmão, cavala e tobiko. Para prato principal ele foi para a Picanha Wagyu e eu para um Bacalhau com crosta de amendoim, piri-piri, banana e mandioca que escolhi por ser super diferente e a combinação de sabores - apesar de improvável - é incrivel! 

 

E sim... ainda fomos às sobremesas que não valia a pena deixar para "sabe-se lá quando". Um cheesecake de goiabada e uma "bomba" branca ( uma bola de gelado de chocolate branco, merengue e morangos ). 

 

Não houve nada de que não tivéssemos gostado. O restaurante é super bonito e foi mesmo o momento de que estávamos a precisar " a dois". No Verão irá funcionar com uma esplanada resguardada onde irei - com toda a certeza - beber um cocktail sem álcool enquanto passeio a Miss Vi - antes do jantar bebi um cocktail de Ananás, Côco e Mangericão maravilhoso. 

 

Mas... no meio disto tudo... porque é que estou a comer massa e a culpa é do Olivier? 

Porque quando me deram os parabéns pela gravidez e comentei que a menina ia nascer muito em breve, o Chef voltou com um recipiente com molho de tomate e outro com pesto. É a "massa da minha tia" e quero que leves para comer quando te apetecer. Achei este gesto uma delicia. E a massa da tia dele também ahah. 

 

A carta tem inclusive uma secção de pratos que são servidos a qualquer hora e onde se encontra esta "Massa da minha tia Carolina", ao lado de um linguini de parmesão e trufa preta, de um risotto de cogumelos campestres e espargos verdes e de duas saladas : Caesar e Olivier. 

 

Dificilmente me iria esquecer do jantar pelo que aquele momento representou no calendário das nossas vidas. E apesar de estar tudo maravilhoso... penso que é o sabor desta massa com molho de tomate e pesto comida às 10 da noite em cima do computador que nunca vou esquecer. 

 

*infelizmente não estou a conseguir por imagens no post... mas não queria deixar de partilhar esta experiência convosco :) 

 

 

 

Olivier,

Rua Júlio César Machado, 7/9, Lisboa
1250-096 Lisboa

Avenida da Liberdade

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D