Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

02
Mai19

Family Trip!

Ana Gomes

121B054C-8268-49B1-B949-092FE5C4694C.jpeg

 

Aqui vamos nós! De novo :) 

Acho que faltou contar por aqui que estive recentemente em Ibiza a convite da Rituals. Foi uma viagem super especial e quero escrever sobre ela, mas ando com os minutos contados ( em breve prometo que vos ponho a par de tudo ). 

Mas daqui a umas horinhas estaremos de novo num avião a caminho de uma viagem em modo familia, para três dias de muito passeio e... muita comida. 

Vai ser a minha terceira viagem do ano, e a segunda da Vi e decidimos alugar uma casa no Home Away para ficarmos todos juntos e eventualmente cozinhar para a miuda se for necesssário.  Confesso que nunca tinha utilizado a plataforma, mas tenho óptimo feedback, e por isso desta vez trocámos o hotel por uma casinha querida. Podem acompanhar toda a viagem em quase tempo real nos instastories! :) @amelhoramigadabarbie

 

04
Mar19

Viagens Com Bebés - Dicas.

Ana Gomes

D39B8C90-2011-4C1A-9AE6-A1D43F95D51B.jpeg

 

555B3B07-054C-4557-B630-01ED79367F57.jpeg

 

510803B7-79B0-4700-AAB5-9AA8F85D9737.jpeg

 

 

 

Tinha alguns posts pensados sobre a viagem ao Brasil... que acabei por não escrever porque entrámos naquela espiral cansativa e desesperante com o Vulcão. O desfecho foi mau... e enfim! 

Em todo o caso não queria deixar de partilhar algumas dicas que podem ser boas para viajar com miúdos. 

Em primeiro lugar, a consulta do viajante! É importante saber se há algumas vacinas recomendadas, se existem surtos ou algum tipo de sintoma ao qual tenhamos de estar mais atentos. No nosso caso, e tendo em conta o destino : Rio de Janeiro, foi-nos recomendada a utilização de repelente de insectos todo o dia e a administração da Vacina da Febre Amarela. Para além disso foram-nos passadas algumas outras indicações básicas sobre como agir relativamente a alguns alimentos e se a Vi tivesse algum problema na barriguinha. 

 

A minha maior preocupação era mesmo a viagem de avião. Não tenho medo... mas não queria que um voo inteiro tivesse de levar com uma birra do meu monstrinho. Nesse aspecto correu maravilhosamente bem. Levámos um telemóvel cheio de bateria com alguns vídeos disponíveis e um livro com uma "caneta mágica" para que ela pudesse pintar sem fazer a maior bagunça. Basicamente as cores nas páginas são activadas em contacto com água, e basta molhar a tal caneta mágica. Andou connosco o tempo todo, porque de certa forma é um "livro infinito" quando seca as cores desaparecem! Outra coisa que levámos connosco foi comida! Como ela tinha menos de um ano não era servida qualquer refeição a bordo. Fui munida de sopa, fruta e vários snacks da Ella's Kitchen - são biológicos e sem açucares ou ingredientes desinteressantes adicionados. Levei um belo carregamento, já que foram o nosso recurso SOS em toda a viagem. 

 

Ultrapassado o meu maior medo - a viagem - veio aquilo com que não estava a contar : a adaptação. Achei que para ela tudo seria naturalíssimo. Mas no principio estranhou tudo um bocado. Foi preciso uma dose extra de paciência e de colo. 

 

A nível de roupa, a minha ideia foi simplificar ao máximo. Andar o dia todo com duas mudas de roupa, não me chateiam demasiado as nódoas, mas com o calor ou com os fatos de banho molhados, ficam sempre mais confortáveis se formos trocando. E se andava sempre praticamente descascada no exterior... em restaurantes, transportes e espaços comuns fechados está sempre fresquinho por isso levava sempre um casaquinho de malha. Mas a verdade, e como disse, é que ela andava quase sempre de fralda - usamos as Walkers da Muumi nestas alturas, porque são mesmo as mais práticas - e depois um body de alças ou de manga curta e estava feito. Outra das coisas que usámos bastante foram as toalhitas, já sabem, aqui em casa usamos as Waterwipes, e foram perfeitas. Para além do uso comum - a muda da fralda - usámos muito para a refrescar ou para limpar as mãozinhas já que são 99,9% água. 

 

Se tiverem oportunidade de cozinhar, andem com umas sopas em vácuo e a vossa vida fica infinitivamente mais simplificada. Assim ela acabava por comer qualquer coisa na praia e nós não tínhamos de sair a correr para acompanhar os horários dela. Como adora legumes houve mesmo uns dias em que cozinhei legumes aos pedacinhos e que lhe dei como snack, isto porque também percebi que estava a sentir falta dos "paladares" dela. E água de côco! Bebeu muita, directamente do côco na praia, ou as de compra nos restaurantes. É uma bebida muito interessante para hidratar e dar alguns nutrientes, a titulo de curiosidade nestes países é o que bebem quando estão doentes - a vomitar e com desarranjos intestinais - funciona como um soro natural! 

 

Depois o óbvio, protecção solar mesmo antes de sair de casa e com vários reforços ao longo do dia, 2 ou 3 mudas de fato de banho na mesma ida à praia para evitar as assaduras e água termal para ir refrescando os nossos bebés que devem estar o mais possível à sombra! Muitas vezes para melhorar o conforto dela, depois da praia levava banhoca de chuveiro e trocávamos a roupa para estar com menos sal no corpo. E chapéus, turbantes ou lenços! São mesmo um must go. 

 

Boas Férias! 

13
Ago18

As nossas primeiras férias.

Ana Gomes

07CD6D5E-6267-4F28-80DC-7CEA92E884C6.jpeg

 

70E37BCC-5AFA-4921-9A1E-82E1AADAB816.jpeg

 

44D747A2-7BC4-4E4E-861F-3AC0446282F8.jpeg

 

98AAB635-3266-4C70-A032-6738A6F2F687.jpeg

 

0EA064A7-221F-4F50-BD70-CD0EC9B83B01.png

 

 

 

 

Não entendo grande coisas de bebés ( verdade seja dita ), não sei se efectivamente ficam com maus hábitos, com os vícios trocados, se nunca vão sair da cama dos pais ou se... vão para sempre querer andar colados ao colo. 

Também não sei se já aprendem regras, se as estão a desafiar ou se guardam memórias desde tão pequeninos. 

Não faço a mais pequena ideia : sem ironias... juro que não sei.

 

A Vitória está na escola desde os 4 meses. E essa foi a única forma de eu conseguir voltar a conseguir trabalhar alguma coisa, num panorama de pouco apoio familiar por perto e uma vida a recibos verdes que não deve parar - nem pode - parar. E não parou, até ela nascer e poucas horas depois de ter nascido. Claro que as coisas abrandaram, o meu ritmo, predisposição e até o meu tempo ( sim... as mesmas 24h que toda a gente tem ) passaram a significar outra coisa. Mas lá fui tentando equilibrar as coisas. O meu tempo útil para trabalhar continua a não ser grande coisa, mas é inequivocamente maior estando ela na escola ( mesmo que às 16h já esteja a suar com medo de não chegar às 16h30 para levá-la de novo para casa ). Em Agosto a escola fecha, ou melhor, parte do mês fecha... mas há um período em que perante uma justificação da entidade patronal a criança pode ser transferida para uma espécie de  nova estrutura onde acolhem os miúdos no mesmo horário. A minha patroa é muito simpática e até a estava a ver a escrever uma carta para a escola a pedir para poupar esta pobre mãe, e a implorar para que a pequena Vitória por lá ficasse mais uma temporada para que a vida continuasse a acontecer. Mas não escrevi. Decidi engolir em seco e ficar com a fera 24/7, as duas... SOZINHAS. 

 

No último dia do berçário só queria chorar, inventar qualquer coisa, escrever um apelo, dizer "estou muito arrependida... fiquem com ela mais umas semanas... depois juro que cumpro o meu papel"... mas não o fiz. Fui buscar a Vitória.... respirei fundo e disse "vamos lá então". 

 

Confesso que estou de rastos, mas tão de rastos que esta semana já aconteceu que ela adormecesse as 19h e eu... com ela. Nota importante para todos: a Vitória ODEIA dormir. Ao menor sinal de organização para o sono ( seja a sesta ou o derradeiro sono nocturno ) transforma-se num pequeno Hulk endiabrado e cheio de força. Grita, esperneia, chora, foge... enfim! Aconteceu duas vezes ter sucumbido ao sono bem cedo e se num dia adormeci com ela, no outro aproveitei para fazer um jantar decente e enfiar-me no sofá a ver Friends como se não existissem responsabilidades ou roupa para lavar. 

 

Muitos de vocês estão possivelmente chocados com a minha falta de sentido maternal. Mas desafio-vos a ficar ininterruptamente - e sozinhos - com um bebé que ainda não fala, não anda e tem - aparentemente - os dentes todos a rebentar. Eu até tentei ( juro que não sei o que me passou pela cabeça ) sentá-la no sofá e por um filme ( escolhi o Bee Movie por achar que poderia aprender a respeitar o ambiente ), o nosso momento enroladas no sofá com uma taça de espelta tufada com mel durou o genérico do filme. 

 

Ah... mas tenho tentado dar-lhe tudo aquilo que uma adolescente adoraria nas férias, pequenos almoços no sofá, mergulhos na praia, passeios em centros comerciais e lojas de brinquedos ( onde ambas lidamos com a frustração de ver tantas coisas lindas e vir para casa de mãos a abanar ), sessões conjuntas de culinária (comigo a tentar descascar cenoura e ela a tentar trepar pelas minhas pernas ), até convidámos outro miúdo que está a passar as férias com a avó ali na rua para vir brincar connosco ( e fora de brincadeiras foi a melhor decisão possível : estavam os dois entretidos a disputar brinquedos e eu consegui ler uns apontamentos das aulas em pé, sempre atrás deles, sendo que pelo meio ainda tirei fotos para a posteridade ). Sinceramente tenho tentado dar-lhe o tempo e a liberdade que não temos nos dias em que os meus horários condicionam - de certa forma - o tempo dela. Até sonhei que haveria um ou outro dia em que ficaríamos as duas na cama até - na loucura - às 10h, mas às 7h o galo dela canta e a cama ( a dela, mas até a minha ) são o sitio mais enfadonho do mundo. 

 

Também tentei ao máximo marcar almoços, cafés e actividades sociais interessantíssimas ( para mim ) e didácticas para ela : há lá coisa melhor do que aprender a socializar? 

 

 

Amo-a. 

Amo-a daquela maneira parva. Que tanto me dá para chorar de nervos por não conseguir fazer nada vida, como me dá para enfiar o nariz naqueles caracóis loiros - quando dorme - e ficar a cheirar aquela temperatura doce de um bebé feliz e cansado. 

 

A mãe também está cansada. Mas a mãe também está feliz. 

09
Jul18

Lista de Alimentos Para Levar Nas Férias!

Ana Gomes

 

 

fbc6cca53309e78528dacc94e7488784.jpg

 

 

Tenho um grave defeito no que às malas de viagem diz respeito! 

Tenho sempre a sensação que levo a casa TODA às costas. A verdade é que me considero minimamente prevenida e tenho um certo nivel de "forretice" ( não sei se lhe podemos chamar assim... ) mas não gosto MESMO de gastar dinheiro em vão se tenho as coisas em casa. Vai daí levo roupa para o calor e qualquer coisinha mais de vier uma aragem. Levo a roupa do ginásio ( não me vá dar para fazer desporto e depois ter uma desculpa ) e claro está... levo mais do que uma opção, é que se vou treinar é bom que seja para suar e nesse caso... não vou repetir a farda, certo? Confesso que melhorei bastante com a "experiência" e tendo a ser mais exagerada para pequenas estadias do que propriamente para longas jornadas! Afinal de contas já estive um mês na Ásia e outra quinzena na India só com uma mochila ( de campismo... gigante... mas ainda assim! ) . 

 

Bom... mas não é sobre isso que vos vou falar hoje! Há pequenas coisas que me acompanham sempre e cada vez mais procuro levar algumas coisas sempre comigo. Principalmente se for para sitios com cozinha ou kitchenette ( o que dá um jeitão quando temos um bebé ). 

 

Geralmente levo sempre fruta comigo, não levo um carregamento, a ideia é não levar nada perecivel. Como sou LOUCA por supermercados começo sempre as férias com uma visitinha ao mais próximo do sitio onde fico.... mas geralmente levo sempre bananas e umas maçãs comigo. Dão para a viagem - como snack - e acabo sempre por comer essas peças de fruta em qualquer situação. 

 

Erva Trigo - compro a minha na ISWARI e é o meu shot matinal diário. Como adoro esta rotina é óbvio que não a dispenso nas férias. Levo um potezinho de vidro bem pequeno cheio deste pó mágico. ( podem fazer compras no site da ISWARI com o promocode ISBARBIE ). 

 

Super Green Protein - nem sempre levo, mas tenho recorrido a esta mistura proteica vegan ( logo muito confortável para a digestão... há quem se dê mesmo mal com as whey protein sem saber ao certo porquê.. mas regra geral é pelo leite ). É preciso ser honesto e explicar que não tem o melhor sabor do mundo - longeeeee disso - mas fica muito bem disfarçada quando é batida com leite - vegetal, óbvio - e uma banana bem madura! Podem também optar por água de côco. E quando uso? Ora... quando quero um extra de proteína depois de um treino, quando quero um pequeno almoço rápido e equilibrado ou até como lanche! 

 

Falando disto... a água de côco é quase uma poção mágica que podem e devem ter convosco - eu tenho sempre em casa no frigorifico - para além de ser muito saborosa é maravilhosa para se manterem hidratados e é muito rica em potássio. Tem inumeros beneficios e costumo usar até quando estou mal disposta! :) 

 

Sementes de Linhaça - O ideal será transformá-las em farinha em casa e colocar num pote de vidro que deverá ficar no frio. A farinha de linhaça é um óptimo aliado e para quem ( como eu ) aprecia o sabor pode usá-la para enriquecer nutricionalmente vários pratos. Ovos mexidos uma peça de fruta e uma colher de sopa de farinha de linhaça por cima garantem mais fibra no prato e muito mais saciedade! :) 

 

Sementes de Cânhamo - são capazes de transformar uma sopa simples de legumes numa refeição completa! Porquê? Porque são riquissimas em protéina e têm um sabor agradável! :) É um truque para aqueles dias em que não temos muito apetite ( apesar disto nunca acontecer comigo ) e uma forma de garantir um melhor valor nutricional no prato! :) Mas como é óbvio tem inumeras utilizações para além desta. 

 

Sementes - adoro as de abóbora e as de girassol! São bons snacks e podem ser acrescentados e sopas e saladas. Porquê? Mais nutrientes já sabemos :) 

 

Couscous - prefiro quinoa, mas a quinoa deve ser cozinhada ao lume, o que é super viável caso tenham um fogão e é uma maravilhosa base carregadinha de proteína. A razão pela qual coloquei o couscous é simples : basta adicionar o dobro de àgua a ferver e cobrir a taça e minutos depois está pronto a comer! :) 

 

Frutos Secos - Caramba... isto para mim é um vicio. E se for feitos nas porporções certas é um bom vicio! A gordura dos frutos secos é uma boa gordura e por isso pode e deve ser consumida até para melhorar a absorção de outros nutrientes! Para além disso já sabemos que são um maravilhoso snack que pode ser comido em qualquer altura. Adoro comer cenoura crua com sementes de abóbora e amêndoas. Se juntar a isto uma água de côco bem gelada tenho o meu lanche da praia feito ( e sim... não gosto MESMO de bola de berlim ).

 

Manteiga de Amêndoa - ADORO. Sou viciada e não faço a minha própria em casa ( sorry ). É muito fácil, já que basta colocar o fruto seco no processador e esperar que se transforme no melhor creme do mundo... mas opto por comprar já feita ( preço qualidade escolho sempre esta da prozis ). Uso-a para quase tudo! Para espalhar nas tortilhas de arroz ( que by the way... também fazem parte da lista ), também gosto de colocar manteiga de amêndoa na fruta! E... até a como á colherada. Bom... usei o singular, entenderam? Uma colher de café e fico a sonhar com a próxima.. não dá para comer colheradas e colheradas. Já sabem que podem comprar em todo o site da prozis com o meu promo code BARBIEPROZIS e não se deixem cair em faltas de informação :) A Manteiga de Amêndoa que vos mostro tem apenas e só amêndoa não está... "carregada de conservantes". 

 

Chocolate Preto - com no minimo 70% de cacau. Levo sempre comigo ou o da ISWARI ou o da KAOKA que compro no celeiro . E vocês podem dizer, mas... quase todas as marcas têm chocolate preto. É um facto! Mas já repararam que o primeiro ingrediente é geralmente o açucar? Pois é... não há mal nisso se para vocês isso for uma não questão! :) Mas eu prefiro outras alternativas... e sim... gosto de comer um chocolatinho ;) 

 

Aveia - para papas e batidos! :) fácil de cozinhar e com mil utilizações possíveis é uma opção muito válida de mercearia a ser transportada! 

 

Xarope de Tâmaras - ou o próprio fruto! Mas este já é mais provável que encontrem na maioria das superficies comerciais e evitam ir carregados. Se tenho um desvario por doces acabo por recorrer a este adoçante natural que é apenas e só fruta - ainda que processado - e junto ao leite vegetal ou a algum bolo ( se houver condições para o fazer ). 

 

Óleo de Côco - é multi-funções! Já se sabe que o podemos utilizar para cozinhar, para "turbinar" o café e até mesmo para hidratar o corpo, o cabelo... enfim! É outra poção mágica que podemos utilizar com inumeras finalidades! A marca origens tem óleo de côco com vários outros ingredientes e vale a pena ler um bocadinho sobre o que podemos fazer com cada um deles :)

 

Fruta Desidratada - compro a da FRUBIS e apesar da Vitória amaaaaar a maçã e a pêra eu sou loucaaaa pelas chips de côco. A par dos frutos secos andam sempre na minha carteira quer esteja ou não de viagem! 

 

Leite Vegetal - Levo sempre um pacotinho comigo. Regra geral já os conseguimos encontrar em todo o lado mas atenção... há rotulos péssimos! Não sendo essencial por vezes mais vale não consumir :) 

 

 

Bom, há com toda a certeza um vasto leque de outras coisas que poderiam levar convosco. E acredito que este post venha a ser editado mas... decidi focar-me naquelas coisas que não se estragariam numa viagem de carro e que poderiam ser menos óbvias de encontrar num supermercado. :) 

 

Boas Férias! :) 

5d3ef88d5f93c540002afc98870e5a9f.jpg

 

 

 

 

 

 

28
Ago15

Rubrica RFM - Regresso Ao Trabalho Em Beleza!

Ana Gomes

Se as férias já terminaram e estão de regresso ao trabalho este post é para vocês! 

 

Caso já tenham terminado faz tempo tentem aplicar algumas destas dicas no fim-de-semana ;) 

 

O regresso ao trabalho pode estar associado a alguma ansiedade. Afinal de contas vamos regressar à rotina, abdicar da boa onda dos dias de férias e do nosso estilo pessoal e relaxado (não descuidado) com que nos podemos vestir todos os dias sem os condicionamentos laborais. 

 

97962fc0fe45fa655daf77b43ca77833.jpg

 

A primeira dica - e para ser aplicada quanto antes - está relacionada com as horas de sono! Para evitar a neura e as quebras de energia comecem já a antecipar a hora da dormida. Tentem-se levantar cedo - bom... não é necessário que seja tão cedo como nos dias de trabalho - e aproveitem para resolver questões práticas! Assim regressar ao horário de trabalho será mais fácil! 

 

Separem a roupa "de trabalho" - assegurem-se que está limpa e passada. Nestes primeiros dias pode ser difícil largar as havaianas... escolham sandálias rasas, ou sapatos mais frescos ( no caso dos homens ). Camisas e calças de linho, tops estampados, peças de sarja. Escolham roupas que se adequem ao vosso ambiente de trabalho mas que ainda não vos façam sentir completamente "presos".

 

The-Backseat-Stylers-for-Flare-Work-Style-Feature-asos-mw-dd-summer-shirts-1.jpg

 

Back-to-work2.jpg

 

eaa5e0e8bf1fb12f07496ec8937ee048.jpg

 

Picture44-640x480.jpg

 

 

victoria-beckham-rtw-ss2013-runway-14_134936234327

 

Antes do regresso ao trabalho marquem manicure, pedicure e cabeleireiro! Importa reparar os estragos do Verão! Se possível marquem uma massagem revitalizante ou relaxante. O vosso corpo vai agradecer os mimos extra e isso vai-se reflectir na confiança e segurança com que encaram os dias "difíceis" que se avizinham. 

Remedial-Massage.jpg

 

Tentem não se concentrar na melancolia própria dos ultimos dias de férias. Marquem programas com os amigos, usem o tempo para ir ás compras, preparem o frigorifico para as marmitas, vitaminem-se e divirtam-se! 

 

Se o regresso custar muito... comecem já a planear as próximas férias! 

work-vacation-policy-pop_3122.jpg

 

 

 

 

 

 

Componente 1

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D