Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

23
Set16

La France! Diário de Viagem.

Ana Gomes

Olá de França! 

Neste momento já não de Paris... mas de Chambery! Ando numa verdadeira Tour de France e uh la la ... j'aime voyager. 

 

IMG_3081.JPG

 

IMG_3124.JPG

 

IMG_3126.JPG

 

IMG_3142.JPG

 

IMG_3145.JPG

 

IMG_3158.JPG

 

IMG_3082.JPG

 

IMG_3089.JPG

 

Não vim por nenhum motivo em especial : O Tiago tinha uma série de trabalhos e eu... trabalho para viajar! Desta vez a logística era meio complicada - várias reuniões em pontos diferentes e ajuda ter alguém para dar apoio. Eu! Ter sido produtora ajuda imenso a organizar estas viagens acreditem. Estou "treinada" para estudar as melhores opções em termos de distância, percurso ou forma de chegar de um ponto ao outro.  Isto não implica ter sentido de orientação ( tenho menos de zero ) mas tenho alguma paciência para organizar viagens : se me incluírem no plano, está bom de ver. 

 

Posto isto cá estamos: depois de um voo incrivelmente cedo de Lisboa para Paris, de vários kms a pé e outros tantos de Uber Pool, apanhámos o avião para Genebra e alugámos um carro para chegar a Chambery. A outra opção seria termos vindo directos de TGV para aqui, mas teríamos de alugar um carro para Várias deslocações e esta opção foi mais económica. Por outro lado já posso dizer que estive na Suiça. Foi só uma hora mas.. dá para por o pin no mapa? 

 

França está cada vez mais cara. Para conseguirmos um hotel com um preço razoável ( entre 50 a 60 euros por noite ) ficamos sempre em sítios inexplicáveis! Ontem ficámos num quinto andar sem elevador e com escadas em caracol... Só fazemos estas opções porque vamos apenas dormir e basta-nos o mínimo. Por uma refeição nunca consegui pagar menos de 15€ e estou a falar de uma salada e de um sumo. Sem café! Que custa em média 2,50€. Ontem fui ao supermercado comprar alguns " salva vidas " : 1 pacote de galetes de milho, uma maçã, um pacote de barritas de cereais, 1 garrafa de água e 1 saqueta de frutos secos e paguei... 18 euros! Incrível... não imagino gastar isto nem pelo dobro das coisas se fizer compras em Lisboa. Espero que a "invasão francesa" que se está a viver não inflacione os preços dos nossos supermercados. 

 

Hoje visitei o Lago Bourget em Aix Les Bains - chamam-lhe a Riviera dos Alpes - e é lindíssimo! 

 

Por aqui as lojas fecham incrivelmente cedo e mesmo quando optámos por ir a um shopping para dar uma vista de olhos nas lojas : tinham fechado às 19h! A senhora da recepção disse que os franceses não gostam de trabalhar. Não fui eu que disse... foi a senhora da recepção do hotel. Por aqui ficámos no meu adorado Ibis. É claro que AMO hoteis de charme, mas neste tipo de situações em que o orçamento tem de ser tido em conta e onde vamos apenas dormir o minimo conforto e a higiente do sitio são os únicos pontos que tenho em conta.. e nestes casos : Ibis Budget.  

 

Nota mental: não vale a pena pensar em "dietas" em França. Viva o queijo, as baguetes, o vinho e o chocolate. Preferencialmente na mesma refeição e tudo ao mesmo tempo. Com baton rouge. TOUJOURS! 

 

 

 

 

07
Jul16

Cadernos de Viagem By American Tourister. Viagem a Oriente - 1

Ana Gomes

São 22.22. Começar a escrever um texto numa capicua só pode ser bom sinal! 

Bom... mas são 22.22 em Bali. Mais precisamente 15.22 em Portugal ou 21.22 na Tailândia de onde acabei de chegar. 

 

image.jpeg

 

Importa tentar enquadrar a viagem : há cerca de 2 semanas fui desafiada a embarcar nesta "aventura" pelo Oriente. Sem grande tempo para organizar as coisas em Lisboa coloquei como meta o primeiro aniversário do meu sobrinho e a partir dali consideraria arrancar. E assim foi : Segunda-Feira, depois do aniversário no Domingo, estava na aeroporto de Lisboa com várias horas de voo pela frente. 

O destino final era Bali, mas confesso que nunca sonhei ou idealizei a viagem, por isso tinha - e tenho - zero expectativas. Como estamos em época alta, e decidimos a viagem literalmente em cima da hora, percebemos que poupávamos algum dinheiro se o trajecto fosse feito via Tailândia. Aqui sim... o meu sonho existia! Mas para não dispersar decidimos que ficaríamos apenas um dia. 

Khao San Road era a indicação que levávamos como a rua dos "backpackers" e como encontrei um hotel a um preço razoável e com bom aspecto marquei! Claro que havia uma detalhe maravilhoso : o nosso quarto ficava mesmo em cima da discoteca mais movimentada da rua. Foi um susto - achei que nunca iria conseguir adormecer - mas claro que cansada como estava dormi super bem toda a noite. <

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

/p>

Trouxe uma mochila muito prática da American Tourister ( na foto ) onde coloquei roupa para dois dias, comprimidos produtos básicos de higiene, computador e uns livros. Foi a mala que andou comigo sempre no avião - como kit de sobreviência -  caso a mochila maior de extraviasse! Isso não aconteceu ( felizmente ) mas ainda nem a abri porque tenho os básicos todos organizados aqui. 

Obviamente que em apenas um dia não aprendi grande coisa sobre Banguecoque : é barato ( só o álcool não é tão barato... pagamos tanto por uma cerveja como por uma refeição ), come-se de TUDO (sim... não é mito que se vendem baratas e aranhas fritas nas ruas), não é limpo: mas pareceu-me bem mais limpo do que Índia, há muita poluição ( no ar... no rio ) e é muito movimentado. Fiquei com a impressão de que a cidade era "pegajosa". Mas sofri HORRORES com o jet lag e com a decisão precipitada de tomar um comprimido para dormir para tentar acertar o fuso horário : passei o dia a adormecer em TODO o lado : TUC-TUC, sofá do restaurante, quando entrei no quarto de hotel para ir buscar o bikini... enfim!

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

Um mergulho na piscina do hotel ao final do dia, um duche, mais uma soneca e sair para jantar : Pad-Thai! Simples, barato e muito saboroso. Acabei por me render a uma "foot massage" que ajudou MUITO a desinchar as pernas e passei numa "Seven Eleven" - lojas que estão abertas SEMPRE - para umas compras básicas.

A única vantagem de ter dormitado o dia todo? Ter estado super desperta para ver Portugal ganhar. Eram duas da manhã e éramos os únicos Portugueses a ver o jogo contra o País de Gales : foi uma experiência bem gira! Não costumo ligar aos jogos da selecção ( ou sofrer com eles ) o Benfica leva a minha quota parte de emoção desportiva. Mas ver um jogo do nosso país quando estamos fora tem um gosto especial! 

 

Mais 3 horas de sono e já estava de mala pronta para seguir para o aeroporto. Agora sim com destino a Bali. Cheguei à pouco. Eram 7 da tarde e já era noite escura. Um trânsito infernal : duas horas para um percurso de 40 minutos. Chegámos à Villa que tinha reservado e confesso que não foi uma sensação confortável. Às 21h o restaurante já tinha fechado... encontrámos um lugar na berma da estrada onde jantámos por 3,50€! imaginem : 3 pessoas = 3,50€. Comemos 3 pratos de arroz com legumes e ovo, duas àguas e umas entradinhas tipo galetes de arroz. Fomos 3 porque convidámos o senhor que nos trouxe do aeroporto até aqui para jantar : foi super disponivel e simpático! 

 

Agora é hora de descansar : dizem que aqui o dia começa mesmo cedo. Não dúvido. Não se houve agitação na rua, nem na Villa. 

 

Só consigo pensar no mergulho que quero dar quando acordar.

 

 

*Estes cadernos de viagem são escritos com o apoio da American Tourister.

 

Podem saber mais sobre a marca nas seguintes plataformas : 

Facebook;

Instagram;

Loja Online;

Ou nos hashtags : #AmericanTourister #MyAtStyle 

 

 

 

 

 

 

 

06
Out13

Diário de Viagem - Dia 1 - Rio de Janeiro

Ana Gomes

Dez horas de viagem, sentada num avião, dão para pensar em muita coisa. 

E para escrever o tempo que a bateria do computador durar, ou o que couber no papel.

 

Mas não fiz nada disso. Foram 10 horas de viagem em que vi filmes, séries e parei para fazer duas refeições. Sempre que a minha cabeça começava a divagar, obrigava-a a concentrar-se em mais um bocado de ficção. Ainda peguei nos apontamentos para estudar, mas enfiei-os com a mesma rapidez dentro da mala. 

 

As malas demoraram MUITO tempo a chegar, e metade dos passageiros começavam a acusar a tensão de tanto tempo "encurralados" e a possibilidade da mala ter ficado perdida. Finalmente e felizmente acabaram por chegar, e lá fora a família sorridente. 

 

Lá acabaram por nos confirmar, aquilo que o I-Phone me tinha dito, " se cumpre a tradição... amanhã já chove!". Nós já avisámos que duvidamos que no Rio de Janeiro faça sol. Tantas as viagens e tão poucas as experiências dos dias brilhantes que vemos na televisão. 

 

Deitámo-nos muito tarde, e acordámos bastante cedo. Do lado de lá do vidro um céu carregado de nuvens negras. Chuva. Chuva, chuva, chuva. 

 

 

Tomámos o café da manhã perto de casa - Pão francês com queijo de minas e orégãos. Sugestão do primo, copiada por todos. 

E seguimos para o centro. 

Rua do Lavradio - Feira do Rio Antigo, acontece no primeiro sábado de cada mês, e chegámos na semana certa. 

Uma mistura de feirinha de artesanato, com feira da ladra, pertinho dos Arcos da Lapa, uma zona muito bonita da cidade. 

 

 

 

Seguimos esfomeados para casa do Tio para um almoço de família. Maravilhoso. 

 

Parece que pouco mudou na cidade desde a última visita. As grandes obras continuam, as revoluções também, quer sociais, quer do governo perante a fisionomia da cidade. 

 

Mas a nossa família cresceu. Temos um primo bebé que faz as delicias de todos. É simpático, gordinho e pula de colo em colo na ternura dos nossos mimos.

 

E o exercicio que fiz no avião, de parar as divagações, tenho tentado praticá-lo aqui. Não o entretenho com ficção, mas tento absorver o resto das coisas que esta realidade tem para oferecer. 

 

 

 

 

 

 

 

Componente 1

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D