Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Rubrica RFM - TOP 5 - Como ser solidário.

16.04.20 | Ana Gomes

 

abraços.jpg

 

 

Sem dúvida que atravessamos uma época muito complexa social, emocional e financeiramente. 

Mas seria mesmo muito importante que ainda assim pudéssemos ajudar quem mais precisa e está numa situação mais complexa do que a nossa. Amor gera Amor! :)

 

5 - Fazer uma selecção de roupa para doar.  

Já que muitos de nós têm aproveitado esta altura para dar uma volta nos armários... seria positivo que as peças que estejam próprias para utilização possam ser doadas a associações que ajudam pessoas com privações. 

 

4 - Apadrinhar um animal. 

Se não puderem adoptar, pelo menos apadrinhem um animal. A taxa de abandono aumentou ( uma vergonha ) e a maioria dos patrocinadores deixou de ter verbas suficientes para garantir o bem-estar de muitos dos animais que estão ao abrigo de instituições. Se possível apadrinham um animal com a doação de um valor simbólico que garanta a sua sobrevivência e qualidade - mínima - de vida. 

 

3 - Procurar uma caixa solidária. 

Existem em vários locais caixas solidárias onde podem ser deixados bens alimentares que são recolhidos por quem mais precisa. Possivelmente um pacote de arroz não terá grande impacto na nossa conta final de supermercado e pode fazer muita diferença na vida de quem passa por grandes privações. 

 

2 - Escolher distribuidores de bens essenciais alternativos. 

Claro que ir ao supermercado é um hábito normal e que deve ser mantido. Mas também seria interessante procurar os produtores e distribuidores de bens essenciais que perderam o seu grande foco de distribuição: os restaurantes. Neste momento existem vários a escoar o seu produto para o consumidor final em forma de cabazes. 

 

1 - Saber se está tudo bem. 

Se não conseguirmos ajudar de outra forma... há pequenos gestos que podem fazer a diferença nos dias das pessoas. Saber se está tudo bem. Garantir que as pessoas que conhecemos sabem que nos preocupamos e que faremos o possível para saber que estão tranquilas.

1 comentário

Comentar post