Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Passatempo Gift Voucher - TAP - Dá Asas Ao Teu Amor

02.02.15 | Ana Gomes

Post_FB.jpg

 

Sabemos que o Amor é uma coisa boa! E gostamos MUITO de ouvir as vossas histórias. O que temos para vos pedir neste momento são essas histórias de Amor mas... que vos tenham acontecido em viagem e que tenham uma peripécia engraçada! Queremos rir convosco e alimentar essas particularidades de "casal". E porquê uma história associada a uma viagem? Porque queremos dar asas ao vosso Amor e dar-vos a possibilidade de oferecer uma viagem à vossa cara-metade com a TAP! 

 

Os prémios? São dois! A melhor história será premiada com 4 Gift Vouchers no valor de 50€ cada e o segundo "melhor argumento" ganha 2 Gift Vouchers no mesmo valor. 

 

Para participarem neste passatempo é muito simples! Enviem as vossas histórias para o e-mail : passatempoamelhoramigadabarbie@gmail.com entre dia 2 e dia 6 de Fevereiro e incluam :

- Nome Completo

- Morada

- E-mail e Contacto Telefónico 

 

 

Regulamento do passatempo:

 

  1. O passatempo"Gift Vouchers da TAP" vai decorrer entre os dias 2 e 6 de fevereiro até às 23h59 (hora de Portugal Continental) no blog "A Melhor Amiga da Barbie".

 

  1. Para participar no desafio os participantes têm de contar a sua história mais caricata passada em viagem com a sua cara-metade e enviar para o email passatempoamelhoramigadabarbie@gmail.com . Além disso os participantes têm de fornecer os seguintes dados: Nome completo, morada e número de telefone. 

 

  1. Ganham as duas melhores histórias. O primeiro lugar recebe 4 Gift Vouchers no valor de 50€ cada um e o segundo lugar recebe 2 Gift Vouchers com o mesmo valor. Consulte aqui as condições dos Vouchers.

 

  1. É permitida mais do que uma participação por utilizador, mas só podem acumular um prémio.

 

  1. Os vencedores são escolhidos em conjunto com a TAP e serão contactados através do e-mail da sua participação.

 

 Vencedora primeiro prémio : 

 

1ª – Inês Carvalho

 

Quando vi este passatempo não resisti participar...
Na matéria do Amor não tenho azar. Nem sorte. Na verdade, na matéria do Amor, não se passa nada na minha vida.
 
Correcção, não se passava...

A 25 de Agosto de 2014 dei entrada no Aeroporto de Lisboa com destino a Barcelona para ir visitar um querido amigo que lá está a viver e a trabalhar. Vá, querido amigo/paixão platónica/potencial para romance em Barcelona.
 
Estava sozinha e decidi ocupar o meu tempo de espera nas lojas, nomeadamente VS (óbvio)!
Entre os perfumes e os cremes perdi totalmente a noção das horas! Pior, a minha porta de embarque ficava atrás-do-sol-posto e já tinham passado mais de 45 minutos da última chamada! Acho que nunca corri tão depressa (o meu PT ia ficar orgulho), até segurei as lágrimas para poupar energia, já estava convencida que tinha perdido o voo. Como se não bastasse, dado que estava sem os óculos, sendo míope, só conseguia ler as indicações das portas quase em cima delas, o que dificultou ainda mais o processo!
Finalmente chego à porta de embarque, a tremer por todos os lados, mala de um lado, saco de viagem no outro, documentos numa mão, mais o bilhete... 
Inês: "Por favor, deixem-me entrar!"
Comissária da TAP: "Mas já despachou a sua bagagem?"
I: "oi...?"
CT: "É a senhora Blablabla?"
I: "ãn...?"
CT: "O seu nome por favor e os seus documentos de identificação."
I: (a recuperar o fôlego, a pessoa sofre de asma, mais o ataque de pânico e o tremor)
CT: "Ahhh tem bagagem de mão! Vamos só pedir autorização ao Comandante para a deixar entrar. Já passa da hora, sabe..."
I: (a sério?! Sim, eu sei que perdi demasiado tempo a escolher coisas da VS para impressionar o querido amigo/paixão platónica/potencial para romance em Barcelona! Eu sei! O sentimento de culpa já me está a consumir...! Dá para evitar os olhares de culpa, senhora comissária?!) "Pois... eu sei.... lamento imenso!" (com cara triste e olhos de miserável)
CT: "Faça favor! Tenha uma boa viagem!"
I: OBRIGADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

Entro no avião e vejo em cada lugar um par de olhos a emitir sinais de ódio e desdém! Todos. Ninguém gosta de ficar à espera, eu percebo... Guardei a mala, ocupei o meu lugar e respirei fundo.
Senhor Comandante: "Senhores Passageiros, benvindos ao voo com destino a Barcelona. Antes de mais um pedido de desculpas e uma justificação da demora."
Inês: (O quê?! Como se não bastasse aquele ódio todo naquele avião à minha pessoa, o Comandante ainda reforçar ainda mais a ideia?!)
SC: "Estivemos a aguardar a confirmação da bagagem que foi despachada e cujos donos não fizeram o embarque."
Inês: (ahahahah não sou eu! Eu tenho mala de mão! E vocês viram! ahaha a culpa do atrasado não foi minha! ahahah eu sou boa pessoa! Não me odeiem!)
SC: "A situação foi resolvida e iremos dar inicio à viagem em breve."

Encosto-me no assento, aperto o cinto e respiro fundo.
Miguel: "Se comprou o perfume que está a usar agora, eu perdoo-lhe o atraso."

Quem é o Miguel? O Miguel é um total desconhecido, moreno, olhos verdes, deus grego, sorriso lindo, passageiro do lugar ao lado.

Inês: "secalhar...!" (wink!)
Miguel: Olá, eu sou o Miguel.

Esse voo foi qualquer coisa de indescritível e maravilhosa!!!
O Miguel também ia passar a semana em Barcelona. Estivemos juntos todos os dias... Foi perfeito!
 
O querido amigo/paixão platónica/potencial para romance em Barcelona é agora querido amigo/ex-paixão platónica/ex-potencial para romance em Barcelona.
O Miguel? Bem, o Miguel foi o total desconhecido, moreno, olhos verdes, deus grego, sorriso lindo, passageiro do lugar ao lado no voo para Barcelona e é actualmente a minha paixão e eu sou a dele.

 

Vencedora segundo prémio : 


2ª – Tânia Machado

 

 

A nossa escolha para as primeiras mini férias enquanto casal recaiu sobre terras vizinhas. Um início de Verão cheio de calor, com os corpos ainda a parecer lixívia, e uma praia a abarrotar de gente mas bastante apetecível. É claro que me lancei ao mar o mais depressa que consegui, arrastando-o comigo. Cinco minutos depois, o desejo pelo sol venceu, e acabei por deixá-lo voltar para a toalha com o argumento de que ia adorar ver-me nadar. Apreciei os meus belos momentos planeando uma pequena vingança para quando voltasse. Vendo-o deitado, a começar a assemelhar-se a um camarão, corri com todas as minhas forças e atirei-me para cima dele (em modo surfista com a sua prancha) e… a maior vergonha da minha vida! Ele afinal não era ele! O rapaz só tinha os calções de banho iguais ao do meu namorado, que estava sentado uns metros mais ao lado de boca aberta e visivelmente baralhado! O que vale é que no fim todos se riram e acabei por nunca mais ser abandonada no mar o resto das férias!

 

 

Os prémio seguem ainda hoje por correio registado para que possam aproveitar já no Dia dos Namorados se vos apetecer!!! 

 

 

1 comentário

Comentar post