Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

O que se aprende a comprar um coco.

21.01.15 | Ana Gomes

image.jpg

 

Há milhares de histórias, contos e fábulas que nos ensinam a viver. Frases feitas então há aos pontapés ( e eu até gosto de usar várias como mantras ). E a história que vos vou contar hoje bem podia ser inventada para o "postal"... Mas não é! Nesta praia não há vendedores ambulantes e todos os dias saio da praia para a estrada de trânsito louco ( como todas as estradas de resto ). Nesta estrada tudo se vende. Penso que quase literalmente tudo. E caso não haja alguma coisa mostramos uma fotografia e depois as coisas aparecem. Não tenho feito compras. Todos os dias compro um coco. Adoro água de coco... Aprendi a gostar no Brasil e a adorar quando fiquei doente e foi uma boa forma de recuperar. Então sempre que posso bebo! Sempre! Fui na minha jornada - desta vez com a Di - e a vendedora de fruta perguntou-me se queria o coco para beber ou comer ( todos aqui falam um inglês particular e todos nos entendemos ). Respondi : beber e comer . A senhora apontou para um coco mesmo mesmo feio! A Di fez cara feia e a senhora rapidamente rematou "it's The inside that counts... The rest it's just a cover." Claro que estamos a falar de um coco e de uma verdade absoluta sobre a fruta : o que importa é mesmo o que está por dentro. E para escolher um bom coco é preciso agarrar, sacudir e ouvir. Olhar para ele não nos diz nada sobre o que vai lá dentro. E sim.. Era mesmo delicioso. A lição que se tira serve para os cocos e para a vida.

image.jpg

 

8 comentários

Comentar post