Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

27
Mar18

Receita Pretty Fit - Egg Muffins.

Ana Gomes

Como partilhei convosco a semana passada... estou a fazer um programa super completo de health coach com a super mulher Mafalda Antunes e tendo alterado algumas coisas no meu estilo de vida uma delas foi : passei a cozinhar todos os dias! 

Não se assustem que isto não faz parte do programa ( apesar de eu continuar a achar que isto devia contar como treino de braços ) mas a realidade é que há uns tempos perdi o gosto por este acto de amor que é meter as mãos na massa. E andando a cozinhar todos os dias não me faltam receitas deliciosas para partilhar convosco. 

Todo o plano de refeições e receitas fazem parte do programa - o que é uma GRANDE ajuda. 

 

8B2A3C9F-F147-485F-985A-1CC1CCC5CD84.jpeg

 

 

 

 

 

Conforme prometido no instastories aqui fica a receita - adaptada da enviada pela Mafalda Antunes - dos Muffins de Ovos com Salada.

 

Para a salada : 

Laranja,

Lascas de Coco Torrado

Beterraba Crua Ralada

Folhas de Alface 

Folhas de Espinafres

 

As quantidades ficam ao vosso critério já que vai sempre depender do numero de pessoas para quem a refeição for! :) Temperar com sal e azeite <3 

 

Para os Muffins : 

 

6 ovos bio

1 courgette ralada

6 tomatinhos cherry partidos em 4

Meia Embalagem de Requeijão de Cabra

Pimenta e Sal a gosto 

 

( na receita original não entra o requeijão e entram pimentos vermelhos picados ) . 

 

Bater os Ovos e de seguida misturar todos os ingredientes. Dispor a massa em forminhas de muffins ( rendeu-me 12 muffins pequenos ) e levar a forno pré-aquecido a 180º durante 25 a 35 minutos. 

 

Enjoy! 

 

 

20
Mar18

Uma Health Coach? Sim! Uma SUPER Health Coach.

Ana Gomes

94896B40-55E4-4391-9F1F-20CCA2FC9EA7.jpeg

 

E51FA3E5-FF96-4DE6-ADDD-BA221D089948.jpeg

 

 

 

Sabem quando as pessoas se cruzam convosco no momento certo da vida? 

É isso que acho que me anda a acontecer! 

 

Mas para tornar uma longaaaaaaa história numa história relativamente curta... apresento-vos a Mafalda Antunes que é nada mais nada menos que a minha ( não em exclusivo... ela tem mais horas na agenda ahaha  ) health coach. A Mafalda é muito mais do que isso - mas nada melhor do que seguir as suas redes sociais para perceber isso - mas é dessa vertente que vos venho falar. 

 

Assim logo de arranque posso-vos dizer que está a ter um papel muito importante na minha vida. Basicamente fez-me pensar e focar em alguns objectivos e em como pretendo guiar parte dos meus dias. Se eu já tenho uma predisposição para comer bem e fazer exercício físico... porque não optimizar esses resultados com a ajuda de alguém que realmente sabe daquilo que fala? É esse o papel da Mafalda nestas próximas 6 semanas - num projecto que quero acreditar que vai durar muito tempo na minha vida. 

 

Durante 6 semanas há um plano de refeições, treinos personalizados, acompanhamento online constante e momentos de avalição. Isto parece simples mas ... ainda agora começou e já mudou algumas coisas na minha vida. 

Coisas tão simples como o tempo que passo a cozinhar - sim isso aumentou - mas aumentou proporcionalmente o prazer com que o faço : a certeza que estou a fazer as escolhas certas, pensadas e adaptadas a um objectivo. 

 

Tudo começou com uma primeira avalição - que fizemos por Facetime - e que é logo a melhor forma de combater o obstáculo "falta de tempo". Antes disso tínhamos trocado mensagens e um email com um questionário, a consulta teve por base esse questionário e outros aspectos importantes da minha vida. Seguiram-se 3 dias divertidos em que partilhei - por mensagem - TUDO o que comia, treinava e sentia! E aqui começou a parte engraçada... é que partilhei mesmo tudo e isso fez-me pensar que em certos momentos talvez estivesse a comer desnecessariamente ou por impulso! 

 

No momento presente tenho uma lista de compras, um plano de refeições para uma semana ( com receitas e várias indicações ) e um numero de telefone ao qual recorro sempre que tenho alguma dúvida ou preciso de fazer alguma troca por falta de organização. Calma... eu não ligo à Mafalda! Fazemos tudo por mensagem ;) 

 

Começámos agora com o planeamento dos treinos e apesar de ter alguma vontade de nunca mais a voltar a ver - eu nunca disse que ADORAVA treinar - fico com a certeza de que todo o tempo que passar no ginásio - ou em casa - será rentabilizado de uma forma muito mais eficaz. Sinto que tenho um método que me faz treinar de forma eficaz, segura e autónoma, adaptado à realidade do meu dia a dia e objectivos que tenho para mim. Mesmo quando não estou com a Mafalda. Lá está... optimizar a minha predisposição e a gestão do meu tempo. Escrevo isto com as pernas bambas e acreditem que sei que o treino de hoje foi bastante simples... mas lá está... foi efectivo! E quem treina ou já treinou com PT sabe reconhecer as devidas diferenças. 

 

Para primeiros dias de plano alimentar só vos posso dizer que não foi SUPER fácil, mas tudo era saboroso e saciante. A maior dificuldade está em libertar-me das pequenas coisas que comia sem pensar, tipo... galetes de arroz ou de milho, frutos secos, bocadinhos de granola, refeições pobres em proteína e por aí fora. E lá está... não são necessariamente coisas péssimas... mas fora de contexto ou em excesso também não são perfeitas para quem - como eu - procura recuperar tonicidade e firmeza.  Nada melhor do que vos dar outro exemplo prático, certo? Por exemplo... quando não tenho muita fome opto por comer uma sopa à noite, tudo certo... não há nada de errado nisso. A menos que... o objectivo seja ganhar firmeza e massa muscular... e nesse aspecto será impensável deitar-me sem ter um bom aporte proteico. A sopa? Claro que sim! Mas com um ovo ou com proteína de cânhamo - por exemplo! Entendem? São coisas tão simples... mas que não faz parte do nosso dia-a-dia ter de pensar sobre elas. Ajuda ( e muito ) que tenhamos algumas ideologias alimentares e de estilo de vida completamente alinhadas! :) 

 

Não vos vou mentir... é um investimento: tanto no programa em si, como no supermercado, já que a ideia é que - idealmente -  possamos preparar as nossas refeições. Mas nada temam! Se forem almoçar ou jantar fora a Mafalda dá uma ajuda... ajuda-nos a ler rapidamente os menus ou a sermos precisos na nossa escolha.  A verdade é que não sinto, em momento algum, que seja um desperdício. É todo um processo de educação - ou reeducação - e que efectivamente tem outro tipo de resultados se tivermos um profissional ao nosso lado, formado, informado e disponível para nos ajudar nas melhores escolhas. 

 

Estou a adorar ter a Mafalda a acompanhar-me e tenho a certeza que no final das 6 semanas isto vai valer muito a pena. Porque... ainda não passou sequer 1 semana e já trago essa sensação comigo! 

 

Para uma nota final gostava de sublinhar um detalhe - que acho que faz toda a diferença - a Mafalda é Personal Trainer mas não é isso que estamos a fazer juntas. Essa é apenas uma parte do plano... mas as áreas de actuação são transversais como acredito que tenham compreendido pelo texto. 

 

Já sabem! No Instastories podem ir acompanhando algumas ideias de refeições, momentos de treino ( para ajudar a dar aquela motivação extra para ir treinar ) e outras dicas! Vou partilhando algumas coisas mais elaboradas por aqui... e já tenho receitas de SONHO que partilharei se assim quiserem! :) 

 

Façam alguma coisa por vocês mesmos! Mexam-se, pensem positivo, adorem-se... a saúde física e a saúde mental complementam-se! <3 

 

Contactos Pretty Fit by Mafalda Antunes: 

 

Facebook

Instagram

Site 

 

01
Fev18

Bolachinhas de Manteiga de Amendoim e Cacau.

Ana Gomes

A72BE0CC-D702-4433-B5C9-3E9F58EF98C8.jpeg

 

D5415363-F869-4D72-BDFF-0A9CA1154DE9.jpeg

 

 

 

Estou em casa fechada há - demasiados - dias. 

Há momentos em que só me apetece chegar à cozinha e ter as refeições preparadas - as minhas e as dela - uma massagem - as minhas costas estão a latejar - e tempo para tomar um banho tranquilo e com tempo para mim. 

 

Outros há em que ao final do dia, quando ela pega no sono... eu me enfio na cozinha a tentar expressar a minha criatividade com aquilo que está ao meu alcance. Foi o que aconteceu ontem... usei o que tinha em casa e fiz uma série de receitas. Uma delas gerou muita curiosidade nos Stories e para facilitar partilho a receita aqui :) 

 

São umas cookies sem gluten e sem açucar. 

 

Em abono da verdade a receita foi completamente improvisada. 

 

2 ovos grandes

2 colheres bem cheias de manteiga de amendoim

3 colheres de sopa de coco ralado

1 chavena de leite de aveia

1 chávena bem cheia de flocos de aveia

1 banana média 

 

Depois basta bater tudo no liquidificador até ter uma consistência de massa - adaptar os ingredientes se sentirmos necessidade de amolecer ou engrossar a massa. Estender num tabuleiro uma folha de papel vegetal e formar pequenas bolachinhas, de seguida coloquei pepitas de cacau por cima :) Vai ao forno cerca de 15 minutos em forno pre-aquecido.

 Posteriormente fiz uma calda de chocolate com óleo de coco, chocolate negro e leite de aveia - para torná-las mais deliciosas! :) 

 

Bom Apetite! 

 

 

03
Jan18

Go Green :)

Ana Gomes

B836D91B-D6DF-44E2-ADEE-18C8C542243F.jpeg

 Há umas semanas - largas - partilhei convosco que tinha deixado de ter vontade de comer peixe. 

Aliás... senti-me mesmo saturada e de certa forma intoxicada e não quis comer mais. 

Não foi uma decisão que levo tipo bandeira... ou que levo demasiado a sério, mas o que é facto é que desde esse dia nunca mais comi ou tive vontade de comer. E sinto-me realmente bem! 

 

Na altura quando fiz esta partilha algumas pessoas me perguntaram se sentia assim uma grande diferença. Hmmmm... Eu não como carne há muitos muitos muitos anos e por isso não foi propriamente um contraste gigante. Quando deixei de comer peixe não senti diferença nenhuma mas com o passar do tempo devo admitir que me sinto mais leve. Continuo a sentir que apesar de haver vários espaços onde não há alternativas "claras" podemos sempre improvisar e compor uma refeição juntando vários acompanhamentos. E... não sou vegan por isso ovos e queijo continuam a servir para improvisar. 

Este ano vou-me dedicar a cozinhar mais alternativas com proteínas alternativas e vou partilhando por aqui. 

Na foto estou a segurar uma pecinha de Sushi Vegan do menu da Home Sweet Sushi! É tão fixe poder estar integrada nas jantaradas com os amigos e não ter de fazer pedidos esquisitos... faz mesmo parte do menu! 

 90E398B2-7719-4ABE-B6EA-65DCD0753323.jpeg

Hoje o meu lanche foi delicioso! Um suminho verde - que eu adoro - com a Super Green Protein da Iswari que junta protéina de Cânhamo, Ervilha e Arroz e fazem com que esta alternativa de refeição esteja compostinha no que diz respeito a valores proteicos. 

Receita : 

Meia Maçã,

Meia Banana da Madeira, 

2 taças de espinafres

1 colher de chá de Super Green Protein 

Água

 

Voilá! :) 

 

Atenção que este sumo tinha estes ingredientes porque eram o que tinha em casa. Idealmente a quantidade de vegetais ou folhas deve ser sempre mais do dobro da quantidade de fruta para que não se transforme numa pequena bomba de açucar :) E coloco sempre gengibre... mas estou a precisar de ir ao supermercado rápidamente ehehehe. 

21
Dez17

Receitas de Natal? Partilhem as vossas!

Ana Gomes

0957E3A9-402E-4D2A-A64B-E6B4BD26B61F.jpeg

E eis que finalmente a minha casa se tornou - quase - naquilo que sempre quis. 

 

Ainda há muita - demasiada - coisa para arrumar mas nem vale a pena pensar muito nisso. Tenho de ter tudo minimamente pronto antes de domingo já que decidimos dar aquele passo GIGANTE que foi convocar o Natal aqui para casa. 

 

A verdade é que - e no seguimento de ter dito que a minha casa se está a tornar naquilo que sempre quis - não passa uma semana em que não apareça aqui alguém em casa e onde não se improvise uma refeição. Como adoro receber pessoas achei que não faria sentido que o Natal fosse noutro sitio. Mas esta semana comecei a "panicar" ligeiramente. A introdução ao tema já foi feita no sentido em que não tenho uma mesa gigante, nem terei pratos e talheres iguais para todos e acho que a será a boa vontade e a imperar para que esses detalhes não "machuquem" ninguém. Afinal de contas o Natal não é isso. O Natal é aquele sentimento bom de ter toda a gente à mesa, a conversar, em paz, seguros e felizes. 

 

A maior ajuda que vou precisar está relacionada com o Jantar. Nunca na vida me tive de preocupar com isso e a ajuda que dei sempre foi na parte mais docinha e nos queijos e afins... Conto dar o melhor uso possível da minha Cuisine Companion já que dá para "resolver" vários assuntos. Desde acompanhamentos, doces, entradas... you name it! Já se sabe que a maior valência dos robots de cozinha é a versatilidade e possibilidade que nos dá de ir "adiantando" outras coisas sem estarmos preocupados com o que se está a confeccionar. 

 

Tenho aproveitado as visitas dos amigos para ir testando algumas receitas e a última foi um hummus PERFEITO. Claro que não é uma sugestão tradicional mas vou querer ter porque é uma das minhas comida preferidas de sempre!

E das vossas experiências? Têm alguma sugestão? Quais as vossas preferidas da Cuisine Companion para o Natal? No site há mesmo um separador de receitas festivas mas confesso que ainda não testei nenhuma. 

 

Deixo-vos o "passo a passo" da receita mais simples e deliciosa que preparei : 

 

550g de Grão Cozido;

1 colher de chá de Tahini;

Sumo de 1 Limão;

2 Dentes de Alho;

1 colher de café de Cominhos

Azeite;

Sal;

 

Triturar tudo 3 minutos na velocidade 12. 

Ou seja... em 10 minutos têm preparação, execução, empratamento e se forem como eu... 2 tostas de arroz bem cobertas desta pasta de grão tão nutritiva :) 

0D3F01AB-8C25-41D5-A7DC-110BFEA77B6A.jpeg

 

635EFE43-77B3-439F-B487-28B8E8C9020E.jpeg

 

FEED9F18-6B02-4679-80E6-F51EB6187437.jpeg

 

B3501DF9-E956-4FC5-8222-867A953340E6.jpeg

 

 

 

 

D3164928-EF52-425F-982D-4083C3492ABA.jpeg

 

04
Dez17

Receita Saudável - A Bolonhesa Vegan da minha mãe .

Ana Gomes

 

 

5BFA94CE-82AE-4F92-9EAA-9FFAA750D3B6.jpeg

 

Olhar para esta foto e imaginar um prato tão quentinho, a lareira dos meus pais acessa e toda a gente na mesa... quase me faz esquecer quão "manhosa" ficou esta foto. 

 

A receita foi muito pedida via insta stories e aproveitei o timming das Receitas Saudáveis à segunda feira para partilhar convosco esta Bolonhesa Vegan que a minha mãe fez este fim-de-semana! 

 

A massa que está na base são espirais de arroz ( um extra para quem procura uma alternativa gluten free! ) mas foi uma alternativa, a melhor opção é o esparguete - do cereal que bem entenderem :)

Ingredientes :

Lentilhas Castanhas,

Tomate aos Pedaços,

Alho, 

Cebola,

Cominhos,

Azeite,

Pimenta

Oregãos

 

Tudo entra cru no tacho, sendo que as lentilhas são demolhada - no minimo 4 horas - e ficam a fazer uma espécie de guisado. Para uma chávena de lentilhas consideramos 800 gramas de tomate já pelado e limpo :) Se for necessário acrescenta-se àgua q.b. para o molho não ficar tão espesso. 

 

Depois basta ralar queijo vegan no prato e deixar a magia acontecer:)

Confesso que ontem colocámos parmesão "normal". 

 

30
Out17

Receita Saudável - Raw Cake de Maçã e Frutos Secos.

Ana Gomes

 

 

743dc43cfbc3909fa46ab90a691b3ea1.jpg

 

 

 

A receita saudável desta semana é uma sobremesa. E tão deliciosa que pode também ser um lanche. Imagino-a acompanhada de uma maravilhosa chávena de chá, fumegante... enquanto me enrosco numa manta a ver uma série. A única desvantagem? Não vai haver aquele cheiro incrivel de bolinho acabado de sair do forno. É que a receita desta semana é crua!

 

Apresento-vos uma tarte de maçã e frutos secos "raw", vegan e sem açucar. Nada temam : é super docinha ;) A magia vem das tâmaras! E fica pronta em 30 minutos - sendo que podem usar 30 minutos prévios para demolhar as nozes e as tâmaras, sendo que este passo é totalmente opcional.  

Ingredientes:

  • 6 maçãs
  • 1 copo de nozes pecan
  • 1 copo de nozes "comuns" 
  • 18 tâmaras pequenas 
  • 2 colheres de chá de canela
  • uma pitada de sal

Preparação: 

  1. Deixar as nozes de molho 30 minutos em água;
  2. Retire os caroços das tâmaras e deixa-las também de molho na água;
  3. Descascar as maçãs e corte-las em quatro pedaços, 
  4. De seguida retirar a água das nozes e secá-las, de seguida colocar no processador até que fiquem com consistência de  farinha grossa (uso a Cuisine Companion). Esta será a base e o topo da arte. Caso não tenham processador podem sempre corta-las com uma faca. 
  5. Ralar 4 maçãs e reservar;
  6. Bater as duas maçãs restantes juntamente com as tâmaras até que formem uma pasta.
  7. Misturar essa pasta com a maçã ralada e a canela;
  8. Adicionar uma pitada de sal às nozes picadas e usar metade para colocar na base da tarte;
  9. Adicionar a mistura de maçãs no meio da tarte;
  10. E finalmente finalizar com a outra metade das nozes por cima.

 

Por cima podem colocar este molho de "caramelo vegan" que é dos deuses! Mas que este sim é cozinhado:

 

Meia chávena de óleo de coco

Meia Chávena de maple syrup

2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa

Sal Marinho, Baunilha ou Canela 

 

Derreter o óleo de coco com o maple syrup, durante um minuto. Juntar a manteiga de amêndoa durante cerca de 30 segundos até ficar bem cremoso. Temperem com sal, baunilha ou canela opcionalmente ;)

 

Já puseram o chá a fazer?

 

Bom Apetite <3  

 

 

 

Receita da Tarte Raw e Vegan : https://livinginnaturalharmony.com/pt/2017/08/30/receita-torta-crua-de-maca-vegan/

23
Out17

Receita Saudável - Panquecas de Aveia e Banana.

Ana Gomes

7CCEAFCC-1A86-4FF9-A089-C4E70E9532FC.jpeg

 

 

 

Umas das receitas que mais me pedem via Instagram é sem duvida a Receita das Panquecas. 

São saudáveis, simples, rápidas, muitoooo saborosas e acima de tudo são uma solução boa e rápida para pequeno almoço, lanche, snack ou ate sobremesa! A criatividade ficara para os "toppings" que escolhermos adicionar. 

 B69074D7-D4CB-48CD-9551-E2D6E4180895.jpeg

Assim a base e muito simples : 

 

Para 1 pessoa :

1 banana da madeira ( ou meia banana "normal" );

2 colheres de sopa de aveia

1 ovo

 20F9B81D-19F4-4C52-9083-4020D32809B8.jpeg42C9A786-A829-40C7-BEB6-4E1B37511BFC.jpeg

Bater tudo na blender e untar uma frigideira anti-aderente, com uma colher de sopa bem cheia de massa ir despejando círculos na frigideira, as panquecas devem ser cozinhadas em lume médio baixo e viram-se quando estiverem douradinhas

A gordura que uso para untar a frigideira é óleo de coco e desde que comprei estas frigideiras anti-aderentes da TEFAL - são as Expertise -  consigo fazer muito mais quantidade, mais rápido - já que a área da base da frigideira é grande - e praticamente não uso gordura. Meia colher de café que espalho na base e ainda retiro o excesso com papel de cozinha. 

O símbolo vermelho, o Thermospot, fica mais visível quando a frigideira está quente e pronta a utilizar. O que é perfeito para saber quando devo colocar a massa.

Assim - e para facilitar as rotinas - duplico ou triplico a receita e em pouco tempo tenho um pratão de panquecas que acabo por congelar e vou descongelando sempre que me apetece ( coloco 2 minutos na tostadeira e estão prontas ). Os toppings podem ser os que quiserem, nesta versão usei framboesas e manteiga de amêndoa. Também coloquei um pouco de xarope de agave mas apenas porque me apetecia algo bem docinho! :) 

 

 

25
Set17

Receita Saudável - Couscous Mediterrânico.

Ana Gomes

BC41D0FA-E700-4F6E-B2E8-A8EAA306BC64.jpeg

 

A foto não é minha - como podem perceber pela marca de água - mas confesso que ODIEI as fotos que fiz ao meu couscous a semana passada. 

E não pensei refazê-las por um motivo simples: achei que o frio tinha chegado e que teria de deixar a sugestão para outras núpcias. Estas saladas frias são a minha solução rápida, fresca e saudável para os dias de calor e pouco tempo. Mas felizmente as temperaturas voltaram a subir e a receita ainda faz sentido.

Confeccionar o couscous é a coisa mais simples do mundo e permite-nos ter uma refeição completa em pouquíssimo tempo, para duas pessoas e doses bem generosas usei : 

1 copo de água a ferver e 1 copo de água de couscous. 

 

Colocar o couscous num prato de sopa ( e não numa tigela ) e verter a água fervida por cima. Usei uma cafeteira para ferver a água por isso só temperei neste momento : sal, pimenta e cominhos. Depois esperamos 5 minutos ( o tempo do couscous absorver a água ) e separamos os grãos com um garfo! Mais simples impossível :) Neste momento há quem coloque um pouco de manteiga ou azeite, mas geralmente não o faço. Aconselho também a que dispensem os cominhos caso não gostem de sabores exóticos! 

 

Próximo passo? Abrir o frigorífico e perceber que alimentos fresquinhos estão por lá! 

A minha sugestão : 

Tomate, Cebola, Pepino, Azeitonas e Queijo Feta : Mais mediterrânico era praticamente impossível. 

Picamos todos os ingredientes e esfarelamos o queijo feta. Depois é só envolver com os couscous idealmente numa taça larga e funda para podermos fazê-lo à vontade.

No final basta corrigir o temperos e acrescentar um pouco de azeite se acharmos necessário. 

Decorar com uma rodela de limão e com tomate cherry aberto ao meio e está pronto! 

 

 

Para fazer esta receita vou precisar de :

Couscous

Sal, Pimenta, Cominhos

Manteiga e/ou Azeite (opcional)

Queijo Feta

Tomate

Cebola

Pepino

Azeitonas 

 

 

Bom Apetite :) 

 

 

18
Set17

Receita Saudável - Pesto de Abacate.

Ana Gomes

IMG_5585.JPG

 

Adoro quando vou partilhando as minhas compras e o que vou comendo no instastories e invariavelmente alguém me pede a receita, ou uma dica, ou mais sugestões de receitas saudáveis. 

Vou tentar ser regular nestas partilhas e uma vez por semana quero estar por aqui para contar alguma coisa! 

Não liguem à má luz da foto : só tirei uma, por brincadeira, para o instastories e ... foram tantos os pedidos que acabei por guardar para partilhar! 

A base da receita é curgete espiralizada e o "decor" são espinafres crus! O molho : pesto de abacate!

A receita? Mais simples impossível - rendeu molho para três pratos - e eu ainda repeti por isso... creio que poderia dar tranquilamente para 4 com estas medidas : 

 

 . 1 abacate médio
 . 1 mão cheia de manjericão fresco 
 . 6 a 8  nozes 
 . 2 dentes de alho 
 . sumo de 1/2 limão 

– bater no liquidificador o abacate, o manjericão, as nozes e o alho ( eu uso a Cuisine Companion com a lâmina de triturar ). 
– ainda batendo, adicionar aos poucos o sumo de limão (eu não usei azeite, mas quem preferir pode acrescentar um pouco até o molho ficar cremoso).  

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D