Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Escrever sobre o Amor.

09.12.13 | Ana Gomes

 

 

Quando me pediram para escrever sobre Amor gelei. 

 

Recebi a mensagem com alguma surpresa. Mas não posso negar nunca a satisfação que sinto quando me pedem para escrever.

 

"Escreve sobre o Amor. Conta a tua história. Tenho a certeza que vais encher o coração de muita gente de esperança."

 

Lamento. 

 

Posso dizer que caí. Caí tantas vezes. No Amor mais puro. No amor carnal. E se servir de inspiração para alguém... posso dizer que estou aqui. Que quando parecia que nada mais fazia sentido e que o mundo ia acabar... Não acabou. Acabou-se "um" mundo. Não O mundo. 

 

Sobre o sentido das coisas não posso falar. Faziam antes? Alguma vez fizeram? Qual é o sentido? 

 

Não acredito no "para sempre", apesar de não achar que isso faça de mim uma pessoa menos romântica. Ou menos empenhada. Acho que sou só observadora, eterna insatisfeita e neurótica com alguma vontade de ter o calor de um abraço. 

 

Sei que há histórias de Amor que são lindas. Que são elogios à vida.

Mas não é Essa a minha história. 

E talvez por ter sabido de tantas dessas histórias maravilhosas. Por ter lido tanta prosa e tanto poema de homens que amaram sofregamente. Por saber viver a ilusão dos outros e ficar presa à minha realidade. Talvez por todas estas coisas não tenha uma história de Amor que possa inspirar. 

 

Acredito que aceitar a doçura do conforto, a adrenalina do improviso e a cumplicidade que vem numa lágrima ou numa gargalhada sejam tão importantes como confiar que vai tudo correr bem.

 

Em relação ao pedido que me foi feito, escreverei com ternura sobre o Amor. Mas não sobre o meu. 

 

 

 

 

5 comentários

Comentar post