Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

24
Set13

Quando a Roupa Deixa de Servir

Ana Gomes

Peças SHOP1ONE

 

Quando o nosso corpo muda...  o guarda-roupa tem de mudar. 

 

Há quem veja o copo meio cheio e pense : "YEY roupa nova." Sentimento que eu compreendo, e que partilho, quando a roupa fica ENORME e temos de escolher coisas mais modeladas. 

 

Mas neste caso eu fico só um bocadinho - muito - aborrecida porque nada me serve. Porque a roupa de que tanto gosto deixou de me servir. E não sei se gosto assim tanto dela porque não a posso usar, ou porque de facto gostava daquelas peças. 

Claro que o principal motivo do meu aborrecimento se prende com o triplo do tempo que demoro a tentar que a roupa me assente bem.

A tentar fazer magia com as peças que tenho lá em casa, principalmente calças, cujos botões... não fecham. 

E me sentir mais idiota, quando com um armário cheio de roupa, achava que não tinha nada para vestir. 

E agora efectivamente tenho um closet maravilhoso com roupa que... não consigo vestir. 

 

A semana passada quando o vento se levantou e tive de ir buscar calças, tive a Revelação derradeira. E andei com um humor que... enfim! E no meio de tanta coisa que tinha para fazer, desmanchei-me, irritada. Não perdi a força de vontade. Fiquei só frustrada. 

 

Mas eu estou a trabalhar para que isso mude. Para que a minha roupa não tenha de sair do closet para um saco. Mas sim de volta a mim. Quero voltar a levar a minha roupa a passear, a trabalhar, essas coisas todas. 

 

Atenção, isto não é um lamento. É uma constatação. De uma situação que eu espero provisória. 

 

Este fim-de-semana, e como não me restava outra alternativa, lá fui comprar umas roupinhas. (YEY) 

 

Tentando ser pragmática fiz o seguinte investimento : 

- Calças de Ganga

- Calças Pretas

- Top Básico

- T-shirt Com Padrão

- Camisa Tartan

- Leggins Pretas 

- Uns Botins ( ok estes últimos.. por pura luxúria, que os meus sapatos - felizmente - ainda me servem ). 

 

Mas não quis, como de resto quase nunca quero, gastar muito dinheiro na roupa. Roupa gira, sim. Com qualidade, também! Mas acessível. Até porque se tudo correr bem daqui a nada - seja lá o tempo que "nada" for - estas roupas vão ficar larguinhas. 

 

Desta vez não passei na Primark, porque não ficou em caminho. 

Mas a LEFTIES e a SHOP1ONE resolveram-me o problema com muito carinho, e poucos euros. 

 

 

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post

Componente 1

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D