Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Amores Platónicos - Frank Ocean

12.12.11 | Ana Gomes
A primeira vez que ouvi Frank Ocean não sabia quem ele era.

Na verdade hoje também não sei. Conheço-lhe a cara, só isso.

Sei sim que desenvolvi uma paixão, uma espécie de amor platónico pelo timbre da voz dele.

Durante os 4 dias de pó do Super Bock Super Rock o Tyler The Creator foi a banda sonora do carro dos rapazes. Sempre a tocar. Um enjoo. Adoro os beats do rapaz, não suporto as letras das músicas dele.
Reconheço-lhe um talento gigantesco, mas quando começo a ouvir as letras das músicas lembro-me sempre sempre sempre das letras lindas de bandas como os Ena Pá 2000. Com todo o mérito que merecem.

Mas havia uma música que eu tolerava, tinha uma voz angelical ali no meio, que podia estar a dizer as maiores barbaridades que eu nunca iria ouvir. Chama-se SHE, tem uma letra igualmente porcalhota... mas tinha o Frank ali.

Se me estivesses a perguntar a mim Frank, se penso em ti, sim penso.



4 comentários

Comentar post