Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Criminosa

01.02.12 | Ana Gomes
Sentido de Justiça :

Há uns 4 anos fui assaltada e agredida em pleno chiado às 2h da manhã, a pessoa que estava comigo foi esfaqueada. Não ofereci resistência até porque nem sequer tive tempo para perceber o que se estava a passar.
Chamei uma ambulância e como tardou a chegar pedi ao policia que entretanto apareceu para tentar perceber o que se passava.
Do outro lado a resposta : " Mas nós já temos o rapaz esfaqueado no hospital. "
Para tornar a história curta o que aconteceu basicamente é que o mesmo grupo tinha esfaqueado um rapaz minutos antes, que caiu sozinho perto do Largo do Camões, os condutores da ambulância assumiram que a chamada era para aquela situação e levaram-no para o hospital. O M. ficou internado durante 2 meses, foi-lhe retirado parte do intestino e do estômago. Ainda bem que a ambulância o apanhou é a única coisa que penso.
Quanto a mim : O corpo cheio de nódoas negras, dores horríveis e um estado de alerta acentuado. A pessoa que estava comigo teve uma qualquer "sorte" no meio do azar, e a facada foi de encontro ao externo evitando assim danos maiores.



Fui ao tribunal uma série de vezes. Apanharam duas das pessoas envolvidas neste episódio. Confrontada com os mesmos em tribunal e com todos os seus familiares tive não só de relatar o episódio daquela madrugada como confirmar alto e a bom som, a minha morada e todos os meus dados. Situação NADA confortável quando presumimos que aquelas pessoas podem ter vontade de nos castigar pela denúncia.

A rapariga foi "condenada" a viver com a avó... que ficou incumbida de lhe dar uma educação para a cidadania.
O outro, o rapaz, foi preso, e hoje soube que está condenado a 14 anos de prisão por antecedentes criminais.

Soube... telefonicamente, supostamente fui notificada para ir a tribunal. Notificação que nunca recebi. E neste momento tenho uma multa de mais de 200 euros por não ter comparecido à audiência.
Maravilhoso o sentido de justiça.

Eu sinto-me mais criminosa do que uma das pessoas que me agrediu sem qualquer justificação.




Maravilhoso.



25 comentários

Comentar post

Pág. 1/3