Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Melhor Amiga da Barbie

Perfumes

18.03.12 | Ana Gomes
Calvin Klein - Beauty
Roberto Cavalli 
Gosto do cheiro das pessoas. 
Há aromas que me transportam para momentos muito específicos, há roupa que não me apetece lavar porque traz um bocadinho de alguém. Costumo manter-me fiel a um perfume, porque gosto de ter o meu cheiro. Mas há duas ou três estações para cá que ando numa roda viva de cheiros, não consigo escolher um perfume. O perfume. É quase como não ter uma identidade, um " cheira a ti ".
Sempre que me cruzo com alguém que está a usar um perfume que usei durante muito tempo ( como DKNY ou o Light Blue ), sinto qualquer coisa estranha, estúpido não é?

Assim agora a selecção passa pelos "momentos especiais", os dias frios que aguentam aromas mais fortes, ou os dias de sol que pedem primavera. 

Mas há um cheiro que todos temos, que é corrompido pelos perfumes. 
O cheiro da pele. O nosso cheiro primário, como uma cor que ainda não foi misturada. 
Acho que o cheiro da minha cor seria magenta. 
Como o sangue.