Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

19
Jun18

Muffins de Maçã e Cenoura. Sem glúten e sem açúcar.

Ana Gomes

EA255092-9236-4EC1-8C88-F4B815AC2B38.jpeg

Vocês já vão conhecendo as sagas alimentares que por aqui se vivem e hoje foi o dia de meter a mão na massa. 

Bom... não literalmente já que fiz tudo com uma colher de pau ahaha. 

Amanhã há uma festinha na escola da Vi e como já aconteceu no passado - e sendo permitido levar alimentos para a escola - eu decidi cozinhar para ela - e para todos os meninos que queiram provar estes bolos. A receita que escolhi não tem ovos, gluten ou açucares adicionados. E sabem que mais? É maravilhosa! 

Se numa festa há comida e bolinhos, não é porque não quero que ela coma bolos de pastelaria que ela vai ficar de parte. Nada disso! 

Preparei-lhe uns muffins simples - e saborosos - que aí em casa podem adaptar para bebés ou fazer pequenas alterações e ficar com um lanche ou pequeno almoço muito saborosos para vocês mesmos! 

 

Parti de uma receita sugerida na página Cria,Comer,Crescer que podem seguir neste link e fiz pequenas alterações. 

 

Cozinhei 3 cenouras e 3 maçãs com pouquíssima água que reduzi a puré. É importante que este seja o primeiro passo ( a par com ligar o forno ) porque o puré deve ser adicionado aos restantes ingredientes quando já estiver a uma temperatura ambiente. 

Depois reduzi uma chávena e 1/4 de aveia em farinha ( uso a da prozis... mas podem usar qualquer uma, não é necessário comprar farinha de aveia, basta que a triturem ), juntei uma colher de café de fermento, 1 colher de chá de canela, 1/4 de chávena de leite vegetal e finalmente integrei o puré. 

Super simples! Coloquei em formas de muffins e levei ao forno cerca de 20 minutos. A textura final dos bolinhos é meia humida e são mesmo saborosos. 

 

Para os adultos podem acrescentar mais canela, umas 2 tâmaras ( ou 3 se forem pequenas ) e alguns frutos seco. Fica DIVINAL! A minha sugestão é que dupliquem a receita e façam metade da massa para os miudos e a outra metade para os graúdos. É possível congelar os muffins depois de prontos e é uma óptima solução para um lanche SOS super saudável! :) 

E1525938-D1E1-4826-90A9-E97E131EB630.jpeg 

8A4C1A0C-2696-431A-97F7-55F822C52FB3.jpeg

 

 

18
Jun18

Dos Dias.

Ana Gomes

Já estou de volta a Lisboa.

Passei os últimos 3 dias bons no Alentejo. Andamos muito cansados, já se sabe que a vida com um bebé e com trabalhos com horários complexos não tornam as coisas fáceis. 

Queixamo-nos e já se sabe... não nos devíamos queixar. :) 

Uma das coisas que o nascimento da Vi mais alterou foi a minha dinâmica de férias ou passeios. Estava sempre pronta para sair e agora sinto-me menos livre para isso ( e estou menos livre para isso ). E é por isso que acho mesmo bom estes momentos em que fugimos dos mesmos lugares e das mesmas rotinas. Évora fica a pouco mais de uma hora de Lisboa e é uma cidade que está em claro crescimento. Falarei da estadia e dos dias por lá amanhã. 

Hoje queria celebrar o primeiro mergulho de mar do ano. Faz-me tão bem esta agua salgada, aquela sensação de liberdade e plenitude. Continuo a apreciar esta sensação com a mesma inquietude feliz com que vi a Vitória a tocar na areia e espantar-se com aquela nova sensação. Os meus mergulhos são sempre assim. Um espanto por uma sensação tão boa e renovadora.

 

Esta semana vai ser dura - de trabalhos e desafios - mas já começou bem e é esta sensação que guardo como objectivo. Voltar a ter tempo para sair. 

D4783D04-EAEF-4236-81AA-6E55DA07E0C9.jpeg

 

 

 

14
Jun18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Combater a Ressaca.

Ana Gomes

 

cf5f4de92ce2684aac474f1d46c939c7.jpg

 

 

 

Muito provavelmente muitos dos lisboetas gostariam de ter lido este artigo antes... mas a verdade é que as festas populares mal começaram e há muito Santo a ser celebrado até ao final do mês. 

Se beberam um bocadinho mais do que é normal, comeram mais do que contavam.... ou se deitaram tarde e o dia seguinte vai custar. Então este post é de leitura obrigatória e acima de tudo... útil! Isto é... se conseguirem lidar com ecrãs! 

 

São 5 dicas úteis para minimizar os efeitos da "ressaca". 

 

5 - Hidratação. 

O mais provável é que acordes com sede! É essencial que bebas o máximo de água possível durante o dia. É muito provável que te apeteçam bebidas doces e com gás - que provavelmente até acabarás por beber - mas o mais importante será beber água ou infusões sem açúcar. A ideia principal é que recuperes hidratação e ao mesmo tempo que consigas eliminar parte das toxinas que estão no teu corpo. A água ajuda a drenar sem efeitos secundários e é um dos melhores aliados nestes momentos. 

Os chás de camomila, hortelã ou gengibre também são bons aliados. 

 

4 - Dormir. 

Esta dica podia ser dispensável já que provavelmente... seria mesmo essa a vossa vontade. DORMIR! Mas saibam que é mesmo fundamental já que ajuda o corpo a eliminar as toxinas ( já deu para perceber que essa é a nossa principal missão no dia seguinte ). Para tentar não alterar os padrões de sono e as rotinas o ideal será dormir bem de manhã e optar por uma sesta curta. A hora de deitar no dia seguinte deverá ser o mais cedo possível! 

 

3 - Comer Doces. 

 

O quê?? Comer doces? Confesso que depois de ter feito esta pesquisa até eu fiquei espantada. Mas aparentemente - e no caso do álcool - a diminuição de glicose no sangue pode-se verificar e daí poder ser até necessário a ingestão de algo doce. Se pensaram em bolos de chocolate com leite condensado... talvez não seja a melhor ideia. É que um doce pode ser simplesmente... uma peça de fruta! ;) 

 

2 - Ingerir Alimentos Leves e Boas Gorduras. 

 

Frutos secos e abacate são óptimos exemplos de boas gorduras que devemos ingerir no "dia seguinte". O crucial é procurar fazer uma boa alimentação e sobretudo leve para que o nosso corpo possa efectivamente recuperar e ao mesmo tempo descansar. Brócolos, ovos, cebola e pimenta são alimentos em destaque já que são ricos em cisteína um aminoácido capaz de acelerar o processo de cura em casos de ressaca. 

 

1 - Actividade Física. 

 

Sei que este numero um vos pode estar a fazer pensar que nunca estive de ressaca... já que a última coisa que nos apetece é ir para o ginásio ou algo do género. Mas a ideia não é que vão treinar para a maratona no dia seguinte, nada disso! Mas acaba por ser muito importante tentar contrariar aquela vontade avassaladora de ficar o dia inteiro no sofá. Um duche rápido e alguma actividade física podem - e vão - acelerar o processo. É que o aumento do fluxo de oxigénio é uma consequência natural da actividade física e tudo melhora mais rápido se colaborarmos com a correcta eliminação de toxinas! 

11
Jun18

Dos Dias.

Ana Gomes

AC9F67EA-6E11-4F7F-9C37-A697D1B3902D.jpeg

 

Os últimos dias têm sido uma valente correria. 

Estive no Porto com a Picolé num mercado, o que acaba sempre por ser extremamente cansativo! Acho que as pessoas não fazem a mínima ideia do que é montar um mercado, desmontar e passar mais de 12h em pé! Mas temos a sorte de ter clientes tão especiais que nos dão vontade de nunca parar! Confesso que também gosto de fazer mercados porque adoro pessoas e sendo freelancer o meu trabalho diário acaba por ser solitário! Depois há uma relação boa que se cria com as pessoas que vamos conhecendo normalmente e estão por trás de marcas lindas e é um momento de partilha e proximidade! E como tenho uma relação bastante divertida com a minha sócia é sempre bom. 

O Tiago e os meus pais ficaram a controlar a situação “Vitória” e eu fico super descansada e tranquila o que acaba por ajudar :) 

No regresso ao sul acabei por parar em casa dos meus pais para um almoço de família e já de volta a Lisboa começam os preparativos para mais um mercado. 

 

Junho é dos meus meses preferidos porque adoro as festas da cidade! Adoro as cores, as luzes, os arraiais, a confusão bonita! :) acho mesmo que a cidade fica vaidosa e brilhante e como sou orgulhosamente alfacinha... vibro com isto! 

 

Tambem vibro com os novos espaços que abrem a cada esquina e hoje arrastei a minha mãe até ao COMOBA na rua de São Paulo ( a rua onde nasceu e cresceu ). Almoçámos tão bem! Adoro que a minha mãe tenha mudado a alimentação ao longo dos anos ( ela tambem era super preocupada e cuidadosa connosco, como sou com a Vi ) . Então é mesmo fácil sugerir que o nosso almoço seja uma bowl de abacate, algas, batata doce, quinoa e couve kale. 

 

Voltei a casa mesmo a tempo de ir buscar a Vi à escola e dar guarida a uma amiga que se esqueceu da chave no carro do marido! Melhor esquecimento de sempre:) acabámos por jantar todos juntos e o cansaço foi adiado para outro dia. 

Sabem quando não dá para parar e mesmo assim andamos de sorriso na cara? Sou eu... nestes dias bons! ;) 

 

07
Jun18

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Ecológicas Para Educar os Mais Pequenos.

Ana Gomes

ecomiudos.jpg

 

 

 

Esta semana comemorou-se o Dia Mundial do Ambiente. 

A verdade é que já não é a primeira vez que este tema é assunto nesta rubrica, mas lá está, acredito que pela repetição se apreendem os hábitos! Hoje trazemos um top 5 de ideias para ajudar os mais pequenos a adquirir uma consciência ecológica. 

Se as próximas gerações forem educadas ou sensibilizadas a enraizar hábitos ecológicos nas suas rotinas... estes momentos acabarão por ser "naturais" e não um esforço. Vamos a isto? Aposto que há por aí filhos, primos, sobrinhos ou afilhados, certo?

 

 

5  - Criar um mini-ecoponto em casa.

 

Todos sabemos que as crianças adoram participar nas tarefas dos adultos. Se na generalidade dos casos acabam por não atrapalhar, neste caso podem não só ajudar como ficar entretidos. A ideia é que os comecem a habituar a entender qual das cores dos caixotes diz respeito a que material e que possam de uma forma lúdica ir ajudando com o lixo da reciclagem. 

 

4 - Não utilizar palhinhas. 

 

Este é um dos principais flagelos dos tempos modernos e é uma coisa tão simples e tão desnecessária! Mas imagem que os vossos pequenos NUNCA usam uma. Rapidamente deixará de ser tão comum. Já existem várias alternativas - bambu e inox são as mais conhecidas - caso sintam essa necessidade em algum casa. 

 

3 - Brincadeiras ao Ar Livre. 

 

A recolha de lixo - controlada e supervisionada por um adulto - pode ser uma boa actividade para praticar ao ar livre. Nomeadamente naqueles intervalos na praia em que os miúdos querem ir ao banho e ainda não podem... ou quando começam a ficar aborrecidos na tarde que planearam com os vossos amigos. O contacto com o exterior é obviamente fulcral para o desenvolvimento mas cada vez mais os programas em família passam de casa para espaços comerciais. Verdade? 

 

2 - Consumo de Energia! 

 

Provavelmente nem os "mais crescidos" têm noção que os carregadores e as fichas de electricidade consomem energia mesmo quando não estão a carregar. O ideal será optar por tomadas ou extensões que tenham o seu próprio interruptor e ensinar os miúdos a desligá-lo. É que cada vez mais os brinquedos ou os dispositivos que se utilizam carecem de baterias ou carregadores que - regra geral - estão sempre ligados. Outra ideia interessante será colocar uns auto-colantes divertidos nos interruptores da luz para que se lembrem de desligar as luzes que não são necessárias. É dos desperdicios mais fáceis de controlar e que muitas vezes - até nós - ignoramos. 

 

1 - Jogos Ecológicos. 

 

Há atitudes e formas de lidar com as crianças que rapidamente teriam algum impacto. Reutilizar brinquedos ou comprar muito menos brinquedos seria uma boa forma de os habituar a ter menos coisas... logo um comportamento de consumo mais eficaz. Acontece que nem sempre é fácil controlar estas questões, verdade? Não custa que façamos este esforço. Mas há outras brincadeiras ecológicas que podemos fazer. Utilizar algumas matérias - tipo rolos de cozinha, cartões de embalagens e por aí fora - como bases de pinturas ou para a construção de bonecos. Fazer uma "corrida" no banho, para que se habituem a gastar pouca água... ideias não faltam :) 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D