Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Farmácias de Serviço

19.10.11 | Ana Gomes
É de mim ou existe algum tipo de sinalização diferente?



Começar um texto com " eu ainda sou do tempo ", parece-me demasiado cliché, mas a verdade é que é mesmo assim.
Eu ainda sou do tempo em que, para encontrar uma farmácia de serviço, bastava procurar aquela cuja cruz verde piscasse, ou estivesse acesa.
Todas as outras se remetiam a um silêncio luminoso que nos dizia " vai a outra que aqui não se passa nada ".  Não era preciso sair do carro, não era preciso ir espreitar se estava alguém, nada. Aquilo dizia tudo.
Mas agora... como é que sabemos? Ok... eu já percebi que há nas portas das farmácias um letreiro com a morada das farmácias de serviço. Mas... eu não sou uma central de moradas, muito menos de farmácias.
E quando a meio da noite preciso de ir a uma farmácia a cruz acesa só me diz " amanhã se passares aqui a partir das 9h já cá deve estar alguém...".

Quando precisamos de alguma coisa não há tecnologia que nos valha. O telemóvel não tem bateria, ou a internet não funciona.

Caros farmacêuticos, se desligarem as cruzinhas e só as ligarem quando estão de serviço poupam na luz, ( o que não era nada mal pensado! ).
E fazia-se serviço público.




2 comentários

Comentar post