Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

O drama dos óculos.

02.07.12 | Ana Gomes

Gostava de ser daquelas pessoas que ficam bem de óculos.

Mas não sou. 

A questão nem sequer é do modelo, é mesmo da espessura das lentes. Fico com uns olhos tão pequeninos que parece que a minha cara é nariz e boca. 
No dia em que comecei a usar lentes de contacto a minha mãe emocionou-se... disse-me " Já não me lembrava de como os teus olhos eram bonitos." 
Na verdade acho que ela estava mesmo a chorar por perceber que as minhas lentes de contacto iam ser mais uma renda e tentou disfarçar com uma saída digna de mãe.

Durante anos as lentes de contacto foram as minhas maiores companheiras e se aparecia de óculos em algum lado a primeira pergunta era ( e está a ser hoje... )" O QUE É QUE SE PASSA?!?!?". 

Para perceberem a dimensão do desgosto tive um namorado durante um ano e qualquer coisa que nunca me viu de óculos - aliás acabou por ver mais para o fim da relação - o que depois desta frase me leva a concluir que afinal talvez tenha sido esse o motivo das coisas terem acabado... (ao menos os óculos valeram-me para alguma coisa).

E agora aqui estou eu... condenada em prol de um bem maior a andar de óculos de novo nos próximos tempos. 
Tive de esconder as lentes de contacto, tal é o hábito de saltar da cama direitinha ao lavatório para as enfiar nos olhos, e hoje já ia a meio da rua quando percebi que estava de óculos e voltei a correr para casa... 
Para voltar a sair a correr... e de óculos postos claro. 

No dia em que me livrar disto dou uma festa. 



11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2