Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

25
Jun18

Escapadinhas em Portugal - Évora.

Ana Gomes

4B21BA79-0F79-47F6-AD27-B27A579CD9BE.jpeg

 

Nem sempre é possível fazer a pausa que o corpo nos sugere que façamos. 

Muitas vezes estamos cansados, a nossa cabeça já não se organiza da melhor maneira e ... precisamos mesmo de parar! 

Cá por casa todos temos uma vida sempre muito stressante - geralmente pela falta de horários de trabalho - e se antes a ideia de "sair" parecia mais simples... com a logística de um bebé as coisas alteram-se ligeiramente. Não é que não seja exequível - que é - mas eu era daquelas pessoas que encontrava viagens a preços espectaculares - o que me permitia viajar bastante, mas isso implicava sempre voos a horas "esquisitas" e alojamentos muito simples. Coisas que são menos agradáveis de fazer com um bebé, portanto. Então decidimos que sempre que possível iríamos fazer umas deslocações... dentro do país! 

Tenho vários sítios numa espécie de lista de espera... e decidimos começar por Évora. 

Quando começámos a namorar passámos lá um fim-de-semana - no Inverno - e pouco tempo depois ouvi falar deste hotel onde ficámos nesta última viagem. Mar D'Ar. Melhor escolha impossível... mesmo! O calor regressou precisamente neste fim-de-semana em que descemos e estávamos tão cansados que não queríamos fazer absolutamente nada. Saímos de Lisboa depois do jogo de Portugal no mundial terminar e em pouco menos de uma hora estávamos a estacionar no parque do hotel. O carro só voltou a sair quando subimos para Lisboa. A localização é tão boa que andámos a pé para todo o lado! 

O nosso quarto era grandão - a cama era daquelas gigantes ÓPTIMAS - a Vitória tinha o seu berço e tínhamos uma vista linda ( como podem ver nestas duas primeiras fotos ). Em todo o caso recomendo vivamente os quartos do piso inferior que têm acesso directo à zona da piscina. Sendo um hotel não tem forma de cozinhar nos quartos, mas são super disponíveis para agilizar as comidinhas para os mais pequenos. Por falar em "comidinhas" o restaurante do hotel é mesmo muito bom! A carta tem vários pratos típicos, e um menu de degustação com vinhos que é maravilhooooso, e sabem que mais? Podem escolher uma opção vegetariana. Ao pequeno-almoço optei quase sempre por comer uns bons ovos mexidos, cogumelos e tomate assado. Os temperos são ricos, como são em todo o nosso Alentejo! Azeite e ervas aromáticas. 

No espaço do hotel também existe um pequeno ginásio - onde treinei na ultima manhã, os restantes treinos fiz no quarto, e um SPA. Desta vez não experimentei as massagens mas quando regressar vou mesmo ter de ir "testar" o serviço. 

 

Notei claramente que a cidade está a crescer muito. Muita diferença a nível de turismo, falam-se muitas línguas pelas ruas! Há muito comércio, o coração da cidade está sempre movimentado... a última vez que lá estive achei tudo muito mais parado. No almoço do primeiro dia comemos num sitio nada de especial e nem sequer fixei o nome, mas as refeições que não fizemos no hotel e que são sítios giros, bons e com alternativas vegetarianas ( e que estão fora do "menu" de restaurantes clássicos que toda a gente conhece ) foram o Páteo e o Terceiro Tempo

 

Apesar de a nossa opção de fim-de-semana ter sido descansar - eu li um livro e comecei outro.. por isso podem imaginar como foi descanso puro - o hotel tem uma série de programas disponíveis que permitem que se explore a região! Desde uma visita guiada aos castelos mais próximos, passando por provas de vinho e rotas de cortiça... não faltam planos e sugestões. 

 

E359EC54-8F78-4216-BAEF-13AB594A18FA.jpeg

 

D9174F24-8A06-4FBB-9911-198BB78D6445.jpeg

 

EA19C9D6-655A-4A5A-B1C0-D97813D29E09.jpeg

 

E6DAAE27-ECB0-46A0-82E0-34689583C9D3.jpeg

 

E0539408-5ED7-412B-991A-244809E3768C.jpeg

 

 

DCCA3E37-0C0C-4E3C-9018-7365C9D0A729.jpeg

 

6E00BA5F-6CA4-4A50-9C7E-D6FE4FA12CBB.jpeg

 

479F8D0C-CEBD-44A9-9696-56EB80AC86EA.jpeg

 

FC4A1148-9BE8-41B1-B6FA-842047AC9F48.jpeg

 

181EA6D4-CCF1-4876-8C72-9EA0B7F2CCE4.jpeg

 

 

Contactos : 

M'AR De AR AQUEDUTO

Rua Cândido dos Reis, 72
7000-782 Évora
Tel.: + 351 266 740 700
Fax: + 351 266 740 735

geral@mardearhotels.com

 

27
Fev18

Pasta Non Basta - Não Basta Não!

Ana Gomes

 

_1450824.jpg

Não me canso de dizer que Lisboa está a ficar um pequeno sonho de sitios para ir e visitar. 

Desde museus, lojas, espaços ao ar livre até à imensa variedade de restaurantes que abrem semana sim semana não. Torna-se praticamente impossível fazer um "check" a todos os sitios onde - aparentemente - vale a pena ir. Mas... vamos fazendo um esforço ahaha. 

 

Já tinha ouvido falar - muito e bem - do Pasta Non Basta mas confesso que por ficar fora da minha rota de passagem habitual nunca tinha pensado "vamos lá amanhã". Até que comecei a ver por estas redes sociais fora várias referências, fotos que revelavam uma decoração mesmo gira - adoro a ideia dos cartazes colados sobre um fundo de metal que dão um ar super urbano. E para ser sincera ter descoberto que este restaurante faz parte do grupo de um dos meus restaurante referência na capital - o Este Oeste - passaram a ser argumentos para uma visita obrigatória. 

 

E senhores... de facto Pasta Non Basta porque há um menu tão apetitoso que é mandatório pedir para partilhar e escolher uma companhia com quem se possam lambuzar à vontade. No dia do meu almoço pedimos vários pratos diferentes e acabei por terminar a refeição com uma ( ok... duas... ) fatias de pizza de trufa (Tartufo) . Que sonho... Há vários pratos vegetarianos - incluido uma lasanha muito saborosa e um prato que acabou por ser cobiçado por todos : uma Cianfotta Napoletana.

 

Vão que não se arrependem! Ainda por cima agora há uma nova morade em Lisboa nas Avenidas Novas.

 

Moradas e Contactos :

 

Pasta Non Basta

Avenida Elias Garcia, 180 B, Lisboa
Ligar 21 797 9214
 
Pasta Non Basta 
RUA MARQUESA DE ALORNA 17 B
215 846 772‬
 

 

 

 

_1450833.jpg

 

_1450899.jpg

 

 

 

03
Jan18

Go Green :)

Ana Gomes

B836D91B-D6DF-44E2-ADEE-18C8C542243F.jpeg

 Há umas semanas - largas - partilhei convosco que tinha deixado de ter vontade de comer peixe. 

Aliás... senti-me mesmo saturada e de certa forma intoxicada e não quis comer mais. 

Não foi uma decisão que levo tipo bandeira... ou que levo demasiado a sério, mas o que é facto é que desde esse dia nunca mais comi ou tive vontade de comer. E sinto-me realmente bem! 

 

Na altura quando fiz esta partilha algumas pessoas me perguntaram se sentia assim uma grande diferença. Hmmmm... Eu não como carne há muitos muitos muitos anos e por isso não foi propriamente um contraste gigante. Quando deixei de comer peixe não senti diferença nenhuma mas com o passar do tempo devo admitir que me sinto mais leve. Continuo a sentir que apesar de haver vários espaços onde não há alternativas "claras" podemos sempre improvisar e compor uma refeição juntando vários acompanhamentos. E... não sou vegan por isso ovos e queijo continuam a servir para improvisar. 

Este ano vou-me dedicar a cozinhar mais alternativas com proteínas alternativas e vou partilhando por aqui. 

Na foto estou a segurar uma pecinha de Sushi Vegan do menu da Home Sweet Sushi! É tão fixe poder estar integrada nas jantaradas com os amigos e não ter de fazer pedidos esquisitos... faz mesmo parte do menu! 

 90E398B2-7719-4ABE-B6EA-65DCD0753323.jpeg

Hoje o meu lanche foi delicioso! Um suminho verde - que eu adoro - com a Super Green Protein da Iswari que junta protéina de Cânhamo, Ervilha e Arroz e fazem com que esta alternativa de refeição esteja compostinha no que diz respeito a valores proteicos. 

Receita : 

Meia Maçã,

Meia Banana da Madeira, 

2 taças de espinafres

1 colher de chá de Super Green Protein 

Água

 

Voilá! :) 

 

Atenção que este sumo tinha estes ingredientes porque eram o que tinha em casa. Idealmente a quantidade de vegetais ou folhas deve ser sempre mais do dobro da quantidade de fruta para que não se transforme numa pequena bomba de açucar :) E coloco sempre gengibre... mas estou a precisar de ir ao supermercado rápidamente ehehehe. 

18
Out17

Ouvir o nosso corpo e aprender a gerir os erros.

Ana Gomes

0b8d2e293c56dad65fce6b37f1736911.jpg

 

 

Domingo passado tomei uma decisão. E decidi partilha-la aqui porque falar destas coisas "em voz alta" faz com que o compromisso seja ligeiramente maior. 

Mas para começo de conversa devo dizer que a palavra compromisso é demasiado forte e não tem sentido na minha forma de encarar as coisas. 

Passo a explicar: não como carne há muitos anos. Mais de metade da minha vida foi vivida sem comer carne e por vontade própria teria sido sempre assim. Nunca tentei impor a minha visão a ninguém, nunca fui chata, moralista, nunca tentei mover multidões. ZERO. E será sempre essa a minha postura. Quando deixei de comer carne não era tão informada como sou agora... e admito que de uma forma completamente inconsciente tomei uma decisão que considero positiva para a minha vida. 

Geralmente não como muito peixe. Mas acaba por ser uma alternativa e nas ultimas semanas andava a comer bastante sushi. Ora... a estrela principal do Sushi é o Salmão e não é preciso muito para saber que 99% é de viveiro e que nos faz mais mal que bem. E a verdade é que me comecei a sentir "intoxicada". Não era vómitos, nem dores de barriga... nada disso. Sentia/me lenta, muito cheia e desconfortável. E pensei : o corpo sabe... e esta a dar-te um sinal meiguinho. 

E foi ai que tomei a decisão de deixar de comprar peixe para ter em casa e de comer apenas em situações excepcionais. 

 

E tenho a certeza que vai correr bem :) Sem fundamentalismos, com consciência e com muito sabor! Não vou ser vegan... nem vou deixar de comer peixe ( apesar de estar certa de que esse seria o melhor caminho ) mas farei daquilo que estava a ser regra ... a excepcao . 

 

Se sentem que gostavam de mudar alguma coisa na vossa vida... comecem por tentar. Sem assumir um compromisso, sem ver as coisas como uma obrigação. E não assumam que cada falha é motivo para desistir. Nada disso. Todos os momentos em que seguirmos as nossas decisões, são momentos positivos para nos. 

 

E não é que hoje descompliquei com um sushi vegetariano ( tinha um almoço de aniversario num sushi ) e correu muito bem! <3

16
Out17

Receita Saudável - Caril Suave de Tofu e Courgete.

Ana Gomes

 

e65a4bbdfcd06fabcc8f848aa12e72c9-2.jpg

(imagem sugestão / via pinterest )

 

1 embalagem/rectângulo de tofu

6 courgetes média

1 cebola média

5 dentes de alho

1 tomate

Azeite

Caril

Ervas aromáticas ( a gosto)

1/2 lata de leite de coco

Frutos secos a gosto  (amêndoas, nozes, avelãs, cajus )

 

Cortar o tofu em pedaços e temperar com 3 dentes de alho picados, as ervas aromáticas escolhidas, 1/4 da lata de leite de coco e uma colher de sobremesa de caril e deixar a marinar enquanto se preparam os restantes legumes da receita aos quadradinhos.

Numa wok ou frigideira funda colocar um fio de azeite, dois dentes de alho picados e a cebola cortada grosseiramente e deixar refogar um pouco antes de adicionar a courgete. Deixar em lume brando durante 5 minutos e adicionar lentamente o restante leite de coco.  Finalmente adicionar a marinada de tofu mexendo com cuidado para não esmagar o tofu. Temperar ( um pouco de sal e pimenta ) e juntar os frutos secos picados grosseiramente.

Decorar com coentros e lima. 

 

Pode ser acompanhado com arroz integral, arroz preto, quinoa ou bulgur mas também pode ser comido como prato principal :) 

 

Bom Apetite. 

20
Abr17

Receitas com Amor - Chili de Quinoa Vegetariano.

Ana Gomes

IMG_8300.JPG

 

IMG_8301.JPG

 

Já tinham saudades de uma partilha de receita? :) 

Espero que sim porque roubei esta à minha mãe! Na verdade não cozinha há muitaaaas semanas e apesar de ter sofrido um bocadinho enquanto estive internada devo confessar que a melhor parte de estar de cama há semanas infinitas é... comer a comida da minha mãe. 

 

Eu sei... a comida da mãe é sempre especial. Mas eu tenho a sorte de ter uma mãe que cozinha maravilhosamente, estuda e lê imenso sobre alimentação e então cá em casa tudo o que se come são ingredientes da melhor qualidade, agricultura biológica e com muito amor na confecção. Não sei qual destes ingredientes é o mais importante, mas acredito que uma pitada de amor no prato faça TODA a diferença. 

 

O almoço de hoje foi Chili de Quinoa e pedi-lhe a receita ( que é simples e rápida como se quer ) :

 

Fazer um refogado com azeite, cominhos , cebola , alho, sal e pimenta

 

Acrescentar

1 taça Pimentos ( amarelos, vermelhos e verdes ) laminados

1 taça de Cogumelos frescos partidos grosseiramente

1 taça de Feijão Encarnado cozido 

1 taça de Milho 

1 Malagueta 

1 taça de Quinoa ( bem lavada e escorrida ) 

 

Acrescentar todos estes ingredientes ao refogado e depois de levantar fervura deixar cozinhar 20 minutos em lume médio.

 

Ao servir colocar sumo de limão a gosto no prato e acrescentar coentros picados. 

 

Os ingredientes podem varias de acordo com o que tiverem no frigorifico, foi por isso que usámos cogumelos o que nem é costume ser feito na receita original. Na mesa também estava um queijo feta que polvilhei por cima do meu prato e podem sempre acrescentar um pouco de abacate cru! :) 

 

Bom apetite! 

 

 

 

24
Out16

Veggie Menu Hard Rock.

Ana Gomes

O Hard Rock é uma morada certa para alguns jantares. 

Há uns anos lembro-me de ir lá frequentemente com os meus pais. O meu menu ? O hambúrguer vegetariano e um brownie a dividir por todos. 

Era um mega "guilty pleasure" pelo qual ansiávamos. 

 

Já voltei ao Hard Rock várias vezes : por trabalho, em família ou com os amigos. A ultima vez que lá estive tive uma noite óptima com os meus primos onde dividimos nachos e margaritas. 

 

Na verdade... a ultima vez foi a semana passada para um almoço de apresentação à imprensa do novo Menu Veggie. A ideia foi criar pratos vegetarianos e manter o espírito americano associado à marca.

Acho uma óptima ideia! O menu é super completo e variado e a única coisa que lamento é que seja temporário : só o poderão provar até dia 13 de Novembro.

Esta novidade no menu está integrada na iniciativa "Vegetarian Awareness Month" que ajuda a divulgar os benefícios de uma dieta sem carne apoiada pela "International Vegetarian Union" que alerta para os malefícios do consumo excessivo de alimentos de origem animal. 

 

 

Deixo-vos algumas fotos para "abrir" o apetite e a lista que compõem o novo menu : 

  • Cauliflower “Wings” – “asinhas de frango” feitas de couve-flor crocante e servidas tiras de cenoura e aipo.

 

  • Ratatouille Flatbread – pão crocante coberto com pasta de alho, ratatouille de legumes grelhados, queijo romano, queijo mozarela e um fio de azeite de alho.

 

  • Grilled Ratatouille Wrapratatouille de legumes grelhados cobertos com maionese Sriracha, azeite e rúcula bebé, servidos numa tortilha de farinha grelhada e com salada a acompanhar.

 

  • Fennel, Beet & Orange Salad – beterraba assada, gomos de laranja, funcho, hortelã, coentros e mistura de alfaces temperadas com um vinagrete de alho, lima e cominho.

 

  • Pico de Gallo Quinoa Arugula Salad –mistura fresca de rúcula, pico de gallo, quinoa, sumo de lima e coentros picados, coberta com couve-de-bruxelas ralada, nozes picantes, queijo feta e arandos desidratados, temperada com  vinagrete cítrico.

 

  • Cauliflower Burger – hambúrguer panado caseiro feito com couve-flor, queijo de cabra, alho, ovo e orégãos coberto com curgete e queijo Monterey Jack. Servido com rúcula, tomate e maionese de alho num pão de brioche tostado e acompanhado de batatas fritas.

HRC Vegetarian LTO Cauliflower Burger.jpg

 

HRC Vegetarian LTO Ratatouille Wrap.jpg

 

HRC Vegetarian LTO Cauliflower wings.jpg

 

HRC Vegetarian LTO Quinoa Arugula salad.jpg

 

HRC Vegetarian LTO Fennel Beet Orange salad.jpg

 

Bom Apetite! :) 

 

24
Jul16

Sugestão Para Semana Saudável : Power Foods.

Ana Gomes

Como tenho vindo a partilhar convosco através das várias plataformas, Bali é uma espécie de paraíso no que diz respeito à alimentação. 

 

Não faltam restaurantes vegetarianos, menus orgânicos ou opções totalmente vegan ou "raw". Para mim é absolutamente inspirador. Quem me segue há algum tempo sabe que tento que a minha alimentação seja o mais saudável possível... mas aqui não há grande lugar para excepções já que os menus são sempre perfeitos e vão de encontro aquilo que quero para mim. 

Comer bem não tem rigorosamente nada a ver com dietas. Comer bem é tão importante como fazer exercício, ser correcto com os outros, respeitar o mundo em que vivemos e ser feliz. Na realidade comer bem traduz-se em tudo isto! 

 

Antes de vir de viagem senti que as minhas energias não estavam certas. Muitas coisas na minha vida estavam confusas, pouco "brilhantes" e desgastadas. Não faço ideia como estarão quando regressar mas não é importante que me foque nisso agora. 

 

Antes de "embarcar" nesta viagem decidi experimentar um serviço de entregas de sumos ao domicilio. Não conhecia a empresa, sabia pouco ou quase nada, mas foi o momento perfeito para - de certa forma - preparar o meu corpo para uma coisa tão boa! 

powerfoods.jpg

 

Na altura partilhei algumas fotos das garrafinhas no facebook e no snapchat mas acho que vale mesmo a pena partilhar o conceito convosco desta forma mais "detalhada". Chama-se Power Foods e é um serviço ultra-personalizado : escolhem o local e o horário de entrega, se querem ou não garrafas reutilizáveis, que tipo de programa querem fazer e uma série de outras coisas resolvidas num questionário inicial. 

Experimentei o serviço de Terça a Sexta e todos os dias entre as 7h45 da manhã e as 8h15 lá aparecia um estafeta simpático para entregar as minhas duas garrafinhas do dia. Os sumos são MARAVILHOSOS sendo que os smoothies indicados para o almoço são extraordinários. Como sabem já experimentei vários tipos de sumos integrados no conceito Detox e reconheço que existe um espectro cada vez mais alargado neste mercado... mas fiquei mesmo rendida a este conceito precisamente por ser personalizado e muito saboroso! 

Acresce a este detalhe o facto dos sumos serem entregues diariamente o que garante uma maior frescura e concentração de nutrientes! 

 

De Terça a Sexta fiz a minha vida normalmente : bebia o sumo da manhã e ia treinar, não sentia qualquer necessidade de comer mais alguma coisa, bebia um chá e pela hora de almoço bebia o batido de sementes e cereais. O jantar era sempre algo muito leve e acreditem : como foi a minha semana de despedida os jantares fora abundaram! Mesmo assim deu para manter o foco : proteínas grelhadas e muitos legumes.

Com a primeira entrega é-nos também facultado um "guia" com várias sugestões de alimentos permitidos e proibidos ( para potenciar os efeitos do plano escolhido ) e outras indicações referentes ao estilo de vida para promover o nosso bem-estar. 

 

No  Site Power Foods vão encontrar todas as informações necessárias. E já sabem que o facebook ajuda sempre a tirar dúvidas mais rápidas. 

 

O que mais gostei de saber? Isto que transcrevo do site : 

 

"A escolha dos ingredientes, que constituem as nossas receitas, segue uma a regra de ouro: do campo para o copo, ou seja, não utilizamos nenhum ingrediente que tenha sido previamente congelado, aquecido, pulverizado, desidratado, liofilizado ou desidratado, garantindo assim que todas as suas propriedades remanesçam intactas. Além disso, toda a parte comestível dos alimentos é aproveitada, e a trituração é feita na hora da entrega assegurando que o cliente usufrua de todas as propriedades intactas."

 

Aproveitem o inicio de mais uma semana para se dedicarem a uma vida melhor :) Ainda que não passe por seguir o plano da Power Foods que se possam inspirar e escolher um bom caminho! 

16
Set15

Receitas Salada "Exótica".

Ana Gomes

image.jpg

 Pelo que tenho percebido vocês gostam da partilha de receitas e eu... também! 

 

Por isso sempre que "invento" alguma coisa tenho tentado fotografar para partilhar. Desta vez a foto não ficou muito bonita e não a consegui repetir. O motivo? Atirámo-nos à salada e ficou ainda menos digna de ser partilhada. 

 

Fiz esta salada para o jantar de segunda e resultou da seguinte equação : 

Passei no supermecado e comprei um saco de espinafres e outro de mix de frutos secos. Cheguei a casa e percebi que tinha algumas coisas no frigorifico que tinham de ser consumidas já que iria estar dois dias fora e acabariam por se estragar. 

 

A combinação? Resultou numa salada que só não é Vegan porque foi temperada com... MEL! 

 

No prato entrou :

- Um belo molho de espinafres crus;

- Pedaços de Abacaxi;

- Abacate;

- Frutos Secos ( Nozes e avelãs );

- Sementes de Abóbora e Girassol;

 

O tempero foi uma colher de sopa de mel ( para duas pessoas ) e sal com oregãos. 

 

Na realidade isto poderia ter servido um jantar se nos fossemos deitar pouco depois. Mas serviu de acompanhamento para uns filetes de peixe cozinhados a vapor com ervas aromáticas. 

 

Gostam da sugestão? 

 

Bom apetite! 

11
Abr15

GRÖNSAKSBULLAR ou... boas novidades alimentares no IKEA.

Ana Gomes

Almôndegas Vegetarianas IKEA.jpg

image007.jpg

 

 Lamentavelmente não tenho a receita! Mas tenho a noticia... As famosas almôndegas do IKEA estão agora disponíveis em versão vegetariana! 

Sim.. isso mesmo. Sem carne e com bons valores nutricionais, não têm glúten, lactose ou qualquer ingrediente de origem animal - o que as torna adequadas para pessoas com tolerâncias alimentares e Vegan. 

Confesso que ainda não provei ( com toda a certeza que não me escapam na próxima visita ) mas têm um aspecto delicioso, concordam ? 

 

A parte mais difícil ? O nome : GRÖNSAKSBULLAR . Ok... vamos chamar-lhe Almôndegas Vegetarianas do Ikea... pode ser? 

 

 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D