Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

09
Abr18

Receita de Almôndegas Vegan.

Ana Gomes

O meu instastories anda um verdadeiro mundo de receitas e partilhas alimentares. 

A verdade é que sinto que existe muita curiosidade desse lado sobre alimentação vegetariana. Cada vez há mais curiosidade sobre estas alternativas alimentares e sempre que os meus amigos acabam a jantar aqui por casa fazem uma série de perguntas. Acho sempre que com essas partilhas vos posso ir dando ideias e pelo menos inspirar-vos a sair da zona de conforto e a testar algumas alternativas. 

 

E na verdade, desde que comecei o plano com a Mafalda que tenho as sugestões de refeições diárias que se fazem acompanhar de receitas, ou seja... eu própria me sinto desafiada a experimentar outras coisas. 

Também já vos confessei que tenho passado mais tempo do que nunca na cozinha. Não digo isto de uma forma negativa... mas antes com aquele sorrisinho de quem voltou a ganhar gosto por cozinhar. Ainda assim... não adoro cozinhar para outras pessoas porque tenho sempre aqueles receios básicos : não vão gostar do meu tempero... a comida não vai chegar para todos... e por aí fora!  

Mas chega de conversa, não é? Até porque este post tinha o propósito inicial de responder a uma das coisas que mais me pediram nas últimas duas semanas! A receita das almôndegas vegan. 

 

A receita estava no plano de refeições da Mafalda :) Para quem me tem pedido também a receita de pão ou base de pizza podem ver directamente neste link. 

 

 

Captura de ecrã 2018-04-09, às 11.49.25.png

(imagem do Pinterest ). 

 

Mas vamos à deliciosa receita das Almôndegas : 

 

200 g de lentilhas castanhas;

Meia Chávena de Macadâmias ( podem usar outro fruto seco );

2 Colheres de Sopa de Linhaça Moída;

1 colher de chá de Paprika;

1/4 de Colher de Chá de Piri-Piri ( não usei );

1/2 Colher de Chá de Sementes de Coentros em Pó ( não usei );

2 Dentes de Alho;

Sal

 

Para o Molho : 

1 dente de alho picado;

1 pedaço de gengibre picado;

1 tomate pelado e cortado em cubos ( usei 2 );

1/2 colher de chá de piri-piri em pó ( usei só 1/4 );

1 c de chá de Pimentão Doce em pó;

1/2 c de chá de Cominhos;

1/2 c de chá de Coentros em pó;

2 folha de louro ( não usei );

400ml de Leite de Coco ( se não forem cozinhar nenhum acompanhamento, como arroz por exemplo, basta metade desta quantidade );

Azeite e Sal

 

 

Cozer as lentilhas numa panela pequena com àgua durante 15 minutos em lume brando. Não cozer demais e adicionar o sal antes de desligar o lume.  Tostar o fruto seco escolhido, escorrer bem as lentilhas e colocar todos os ingredientes num processador até obter uma massa homogénea. Formar bolinhas com esta massa.

 

Para o molho:

Saltear o alho e o gengibre num fio de azeite. Juntar as Especiarias e o tomate e deixar cozinhar até se formar um molho. Adicionar o leite de coco e ajustar os temperos. Triturar o molho - para que fique mais cremoso e colocar cuidadosamente as almôndegas neste molho. Deixar cozinhar para que possam absorver os aromas do molho.

 

 

enjoy! 

12
Jan18

Craving a Natural Meal?

Ana Gomes

76FAC21B-41E6-46DF-8C81-3DDF11D71DAE.jpeg

Se me falam em brunch eu fico atenta. Se me falam em comida saudável eu fico atenta. Se me dizem ovos, panquecas, sumos verdes... eu ponho-me a caminho. 

Felizmente cada vez mais existem opções para quem - como eu - tem desejos de comidas saudáveis! 

Quando o Crave abriu nas Amoreiras marquei lá um almoço com uma amiga. Coincidiu com aquela altura em que estava a ficar saturada de comer peixe e decidi experimentar a Vegan Bowl - que agora se chama Earthy mas que se poderia chamar Céu na Terra ahaha - adorei a combinação de sabores e fiquei tão saciada que nem consegui terminar a minha taça. Tanta variedade, tantos ingredientes frescos, combinações diferentes, interessantes... voltei várias vezes - e continuarei a voltar. Como sigo a Natural Crave no Instagram apercebi-me que tinham aberto numa nova morada, a Rua da Boavista nr32, e que... havia Brunch ao Sábado. Ermm, digam lá outra vez? Brunch... com aquelas opções incríveis? 

Já não passava um fim-de-semana em Lisboa há bastante tempo ( não contando com os das festas de Natal e Fim de Ano ) e na primeira oportunidade fomos. Adorei! O espaço é simples e bonito e é tudo tão bom como as famosas bowls. Escolhi uma tosta de abacate com ovo escalfado e panquecas de aveia e banana com frutos vermelhos e nutela Vegan, também pedimos uma fritata de legumes e o Tiago experimentou a tosta de Ovo Escalfado, Cogumelos e Bacon. Eu bebi um super sumo verde - energia pura - e fiquei com a certeza absoluta que irei regressar quer seja para Brunch - só ao Sábado - ou para almoçar ou lanchar durante a semana porque o menu é mesmo a minha cara. Comfort Food com ingredientes saborosos e saudáveis. 

 

Menu do Brunch aqui.

Site com todas as informações e Menus. 

 

Podem perder a cabeça com as fotografias que vão partilhando nas redes sociais, sendo que o mais provável é que ganhem bastante apetite! 

 

 

 

 

 

008D56EA-9364-4EFC-B301-19AF3E72F1B6.jpeg

 

1C8F5A9C-F79E-4DB5-A4C2-E674294F4BF3.jpeg

 

0AB66C39-A246-4A2A-AD54-FC92105EB8EC.jpeg

 

3071E1F0-2527-4930-9C61-D9C325F92C84.jpeg

 

Crave : 

Amoreiras - Piso 0  Segunda a Domingo - no horário do shopping.

Ou

Rua Da Boavista, nr 32, Lisboa - Segunda a Sábado. 

 

 

 

 

 

 

03
Jan18

Go Green :)

Ana Gomes

B836D91B-D6DF-44E2-ADEE-18C8C542243F.jpeg

 Há umas semanas - largas - partilhei convosco que tinha deixado de ter vontade de comer peixe. 

Aliás... senti-me mesmo saturada e de certa forma intoxicada e não quis comer mais. 

Não foi uma decisão que levo tipo bandeira... ou que levo demasiado a sério, mas o que é facto é que desde esse dia nunca mais comi ou tive vontade de comer. E sinto-me realmente bem! 

 

Na altura quando fiz esta partilha algumas pessoas me perguntaram se sentia assim uma grande diferença. Hmmmm... Eu não como carne há muitos muitos muitos anos e por isso não foi propriamente um contraste gigante. Quando deixei de comer peixe não senti diferença nenhuma mas com o passar do tempo devo admitir que me sinto mais leve. Continuo a sentir que apesar de haver vários espaços onde não há alternativas "claras" podemos sempre improvisar e compor uma refeição juntando vários acompanhamentos. E... não sou vegan por isso ovos e queijo continuam a servir para improvisar. 

Este ano vou-me dedicar a cozinhar mais alternativas com proteínas alternativas e vou partilhando por aqui. 

Na foto estou a segurar uma pecinha de Sushi Vegan do menu da Home Sweet Sushi! É tão fixe poder estar integrada nas jantaradas com os amigos e não ter de fazer pedidos esquisitos... faz mesmo parte do menu! 

 90E398B2-7719-4ABE-B6EA-65DCD0753323.jpeg

Hoje o meu lanche foi delicioso! Um suminho verde - que eu adoro - com a Super Green Protein da Iswari que junta protéina de Cânhamo, Ervilha e Arroz e fazem com que esta alternativa de refeição esteja compostinha no que diz respeito a valores proteicos. 

Receita : 

Meia Maçã,

Meia Banana da Madeira, 

2 taças de espinafres

1 colher de chá de Super Green Protein 

Água

 

Voilá! :) 

 

Atenção que este sumo tinha estes ingredientes porque eram o que tinha em casa. Idealmente a quantidade de vegetais ou folhas deve ser sempre mais do dobro da quantidade de fruta para que não se transforme numa pequena bomba de açucar :) E coloco sempre gengibre... mas estou a precisar de ir ao supermercado rápidamente ehehehe. 

21
Dez17

Receitas de Natal? Partilhem as vossas!

Ana Gomes

0957E3A9-402E-4D2A-A64B-E6B4BD26B61F.jpeg

E eis que finalmente a minha casa se tornou - quase - naquilo que sempre quis. 

 

Ainda há muita - demasiada - coisa para arrumar mas nem vale a pena pensar muito nisso. Tenho de ter tudo minimamente pronto antes de domingo já que decidimos dar aquele passo GIGANTE que foi convocar o Natal aqui para casa. 

 

A verdade é que - e no seguimento de ter dito que a minha casa se está a tornar naquilo que sempre quis - não passa uma semana em que não apareça aqui alguém em casa e onde não se improvise uma refeição. Como adoro receber pessoas achei que não faria sentido que o Natal fosse noutro sitio. Mas esta semana comecei a "panicar" ligeiramente. A introdução ao tema já foi feita no sentido em que não tenho uma mesa gigante, nem terei pratos e talheres iguais para todos e acho que a será a boa vontade e a imperar para que esses detalhes não "machuquem" ninguém. Afinal de contas o Natal não é isso. O Natal é aquele sentimento bom de ter toda a gente à mesa, a conversar, em paz, seguros e felizes. 

 

A maior ajuda que vou precisar está relacionada com o Jantar. Nunca na vida me tive de preocupar com isso e a ajuda que dei sempre foi na parte mais docinha e nos queijos e afins... Conto dar o melhor uso possível da minha Cuisine Companion já que dá para "resolver" vários assuntos. Desde acompanhamentos, doces, entradas... you name it! Já se sabe que a maior valência dos robots de cozinha é a versatilidade e possibilidade que nos dá de ir "adiantando" outras coisas sem estarmos preocupados com o que se está a confeccionar. 

 

Tenho aproveitado as visitas dos amigos para ir testando algumas receitas e a última foi um hummus PERFEITO. Claro que não é uma sugestão tradicional mas vou querer ter porque é uma das minhas comida preferidas de sempre!

E das vossas experiências? Têm alguma sugestão? Quais as vossas preferidas da Cuisine Companion para o Natal? No site há mesmo um separador de receitas festivas mas confesso que ainda não testei nenhuma. 

 

Deixo-vos o "passo a passo" da receita mais simples e deliciosa que preparei : 

 

550g de Grão Cozido;

1 colher de chá de Tahini;

Sumo de 1 Limão;

2 Dentes de Alho;

1 colher de café de Cominhos

Azeite;

Sal;

 

Triturar tudo 3 minutos na velocidade 12. 

Ou seja... em 10 minutos têm preparação, execução, empratamento e se forem como eu... 2 tostas de arroz bem cobertas desta pasta de grão tão nutritiva :) 

0D3F01AB-8C25-41D5-A7DC-110BFEA77B6A.jpeg

 

635EFE43-77B3-439F-B487-28B8E8C9020E.jpeg

 

FEED9F18-6B02-4679-80E6-F51EB6187437.jpeg

 

B3501DF9-E956-4FC5-8222-867A953340E6.jpeg

 

 

 

 

D3164928-EF52-425F-982D-4083C3492ABA.jpeg

 

04
Dez17

Receita Saudável - A Bolonhesa Vegan da minha mãe .

Ana Gomes

 

 

5BFA94CE-82AE-4F92-9EAA-9FFAA750D3B6.jpeg

 

Olhar para esta foto e imaginar um prato tão quentinho, a lareira dos meus pais acessa e toda a gente na mesa... quase me faz esquecer quão "manhosa" ficou esta foto. 

 

A receita foi muito pedida via insta stories e aproveitei o timming das Receitas Saudáveis à segunda feira para partilhar convosco esta Bolonhesa Vegan que a minha mãe fez este fim-de-semana! 

 

A massa que está na base são espirais de arroz ( um extra para quem procura uma alternativa gluten free! ) mas foi uma alternativa, a melhor opção é o esparguete - do cereal que bem entenderem :)

Ingredientes :

Lentilhas Castanhas,

Tomate aos Pedaços,

Alho, 

Cebola,

Cominhos,

Azeite,

Pimenta

Oregãos

 

Tudo entra cru no tacho, sendo que as lentilhas são demolhada - no minimo 4 horas - e ficam a fazer uma espécie de guisado. Para uma chávena de lentilhas consideramos 800 gramas de tomate já pelado e limpo :) Se for necessário acrescenta-se àgua q.b. para o molho não ficar tão espesso. 

 

Depois basta ralar queijo vegan no prato e deixar a magia acontecer:)

Confesso que ontem colocámos parmesão "normal". 

 

30
Out17

Receita Saudável - Raw Cake de Maçã e Frutos Secos.

Ana Gomes

 

 

743dc43cfbc3909fa46ab90a691b3ea1.jpg

 

 

 

A receita saudável desta semana é uma sobremesa. E tão deliciosa que pode também ser um lanche. Imagino-a acompanhada de uma maravilhosa chávena de chá, fumegante... enquanto me enrosco numa manta a ver uma série. A única desvantagem? Não vai haver aquele cheiro incrivel de bolinho acabado de sair do forno. É que a receita desta semana é crua!

 

Apresento-vos uma tarte de maçã e frutos secos "raw", vegan e sem açucar. Nada temam : é super docinha ;) A magia vem das tâmaras! E fica pronta em 30 minutos - sendo que podem usar 30 minutos prévios para demolhar as nozes e as tâmaras, sendo que este passo é totalmente opcional.  

Ingredientes:

  • 6 maçãs
  • 1 copo de nozes pecan
  • 1 copo de nozes "comuns" 
  • 18 tâmaras pequenas 
  • 2 colheres de chá de canela
  • uma pitada de sal

Preparação: 

  1. Deixar as nozes de molho 30 minutos em água;
  2. Retire os caroços das tâmaras e deixa-las também de molho na água;
  3. Descascar as maçãs e corte-las em quatro pedaços, 
  4. De seguida retirar a água das nozes e secá-las, de seguida colocar no processador até que fiquem com consistência de  farinha grossa (uso a Cuisine Companion). Esta será a base e o topo da arte. Caso não tenham processador podem sempre corta-las com uma faca. 
  5. Ralar 4 maçãs e reservar;
  6. Bater as duas maçãs restantes juntamente com as tâmaras até que formem uma pasta.
  7. Misturar essa pasta com a maçã ralada e a canela;
  8. Adicionar uma pitada de sal às nozes picadas e usar metade para colocar na base da tarte;
  9. Adicionar a mistura de maçãs no meio da tarte;
  10. E finalmente finalizar com a outra metade das nozes por cima.

 

Por cima podem colocar este molho de "caramelo vegan" que é dos deuses! Mas que este sim é cozinhado:

 

Meia chávena de óleo de coco

Meia Chávena de maple syrup

2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa

Sal Marinho, Baunilha ou Canela 

 

Derreter o óleo de coco com o maple syrup, durante um minuto. Juntar a manteiga de amêndoa durante cerca de 30 segundos até ficar bem cremoso. Temperem com sal, baunilha ou canela opcionalmente ;)

 

Já puseram o chá a fazer?

 

Bom Apetite <3  

 

 

 

Receita da Tarte Raw e Vegan : https://livinginnaturalharmony.com/pt/2017/08/30/receita-torta-crua-de-maca-vegan/

16
Out17

Receita Saudável - Caril Suave de Tofu e Courgete.

Ana Gomes

 

e65a4bbdfcd06fabcc8f848aa12e72c9-2.jpg

(imagem sugestão / via pinterest )

 

1 embalagem/rectângulo de tofu

6 courgetes média

1 cebola média

5 dentes de alho

1 tomate

Azeite

Caril

Ervas aromáticas ( a gosto)

1/2 lata de leite de coco

Frutos secos a gosto  (amêndoas, nozes, avelãs, cajus )

 

Cortar o tofu em pedaços e temperar com 3 dentes de alho picados, as ervas aromáticas escolhidas, 1/4 da lata de leite de coco e uma colher de sobremesa de caril e deixar a marinar enquanto se preparam os restantes legumes da receita aos quadradinhos.

Numa wok ou frigideira funda colocar um fio de azeite, dois dentes de alho picados e a cebola cortada grosseiramente e deixar refogar um pouco antes de adicionar a courgete. Deixar em lume brando durante 5 minutos e adicionar lentamente o restante leite de coco.  Finalmente adicionar a marinada de tofu mexendo com cuidado para não esmagar o tofu. Temperar ( um pouco de sal e pimenta ) e juntar os frutos secos picados grosseiramente.

Decorar com coentros e lima. 

 

Pode ser acompanhado com arroz integral, arroz preto, quinoa ou bulgur mas também pode ser comido como prato principal :) 

 

Bom Apetite. 

20
Abr17

Receitas com Amor - Chili de Quinoa Vegetariano.

Ana Gomes

IMG_8300.JPG

 

IMG_8301.JPG

 

Já tinham saudades de uma partilha de receita? :) 

Espero que sim porque roubei esta à minha mãe! Na verdade não cozinha há muitaaaas semanas e apesar de ter sofrido um bocadinho enquanto estive internada devo confessar que a melhor parte de estar de cama há semanas infinitas é... comer a comida da minha mãe. 

 

Eu sei... a comida da mãe é sempre especial. Mas eu tenho a sorte de ter uma mãe que cozinha maravilhosamente, estuda e lê imenso sobre alimentação e então cá em casa tudo o que se come são ingredientes da melhor qualidade, agricultura biológica e com muito amor na confecção. Não sei qual destes ingredientes é o mais importante, mas acredito que uma pitada de amor no prato faça TODA a diferença. 

 

O almoço de hoje foi Chili de Quinoa e pedi-lhe a receita ( que é simples e rápida como se quer ) :

 

Fazer um refogado com azeite, cominhos , cebola , alho, sal e pimenta

 

Acrescentar

1 taça Pimentos ( amarelos, vermelhos e verdes ) laminados

1 taça de Cogumelos frescos partidos grosseiramente

1 taça de Feijão Encarnado cozido 

1 taça de Milho 

1 Malagueta 

1 taça de Quinoa ( bem lavada e escorrida ) 

 

Acrescentar todos estes ingredientes ao refogado e depois de levantar fervura deixar cozinhar 20 minutos em lume médio.

 

Ao servir colocar sumo de limão a gosto no prato e acrescentar coentros picados. 

 

Os ingredientes podem varias de acordo com o que tiverem no frigorifico, foi por isso que usámos cogumelos o que nem é costume ser feito na receita original. Na mesa também estava um queijo feta que polvilhei por cima do meu prato e podem sempre acrescentar um pouco de abacate cru! :) 

 

Bom apetite! 

 

 

 

07
Nov16

Receita : Panquecas de Banana e Panquecas de Cacau Sem Glúten - Martilicious Food.

Ana Gomes

IMG_1166.JPG

 

 
Este fim-de-semana fui - finalmente - a um Workshop da Marta  : Martilicious Food. 
Tinha imensa vontade de ir e acredito que se seguirem as redes sociais da Marta tenham a mesma vontade. Mesmo que não queiram aprender as receitas ( porque nem gostam assim tanto de cozinhar ) aposto que têm vontade de provar. 
Aprendemos imensas receitas mas hoje abro-vos o apetite com estas panquecas fofinhas. 
 
 
Panquecas de Banana e Panquecas de Cacau Sem Glúten.
 
 
Ingredientes ( serve cerca de 12 panquecas ) : 
 
1/2 chávena de farinha de arroz ( ou trigo sarraceno );
1 banana esmagada;
1 ovo biológico;
1 chávena de leite vegetal;
1 colher de sopa de óleo de côco derretido;
1/2 colher de chá de canela;
1 colher de chá de goma xantana ou fermento;
 
Opção Vegan : 
 
Substituir ovo por chia ou linhaça - Numa taça misturar 1 colher de sopa de chia ou linhaça em pó com 6 colheres de sopa de água e deixar repousar cerca de 10 minutos. A única diferença no resultado é render menos quantidade e não ficarem tão leves. 
 
Opção para Panquecas de Chocolate:
1 colher de sopa de Cacau Crú em pó
 
Opção para Panquecas de Maçã ou Pêra:
1 maçã ou pêra ralada sem pele ou 1/2 chávena de puré de maçã ou pêra
 
 
Misturar os ingredientes secos ( farinha, fermento e canela ) e os molhados ( banana, gema do ovo e leite ) e depois combinar ambos. Juntar a clara do ovo batida e deixar repousar por 20 minutos. 
 
Aquecer uma frigideira anti-aderente em lume médio. Cada panqueca leva cerca de uma colher e meia de sopa de massa. Cozinhar cerca de 2 minutos de cada lado ou até formar bolhinhas. 
 
Servir com fruta a gosta, manteiga de amendoim, mel ou xarope puro de ácer. 
 
 
04
Nov16

Receita : Sopa Cremosa De Cogumelos.

Ana Gomes

As sopas do bar do meu ginásio são FABULOSAS. 

 

Acreditem que várias vezes prefiro comer ali uma sopa do que qualquer prato super complexo noutro lado qualquer. 

Há dias em que inclusive como lá uma sopa antes de vir almoçar a casa. Faço-o porque são mesmo boas, mas podem levar a dica como uma forma de prevenir ataques à dispensa enquanto cozinhamos. Se o estômago estiver forrado somos menos propensos ao disparate alimentar. 

 

A sopa é sempre tão cremosa que confesso : até hoje achei que estava a comer sopas carregadinhas de batata. Hoje o menu era Sopa de Cogumelos e a minha primeira pergunta foi : tem natas? Soube que não. Nem natas, nem batata : em nenhuma sopa. 

 

Resultado... almocei DUAS sopas. 

 

Mal cheguei a casa fui logo procurar uma receita de uma sopa nutricionalmente equilibrada mas ao mesmo tempo... cremosa. Sem batatas ou natas. Não foi uma tarefa fácil! Mas aqui fica uma sugestão de Sopa Cremosa De Cogumelos. 

bd1b8c7f6b5e543a41c6798591929e1f.jpg

 

Ingredientes para 2 pessoas:

200gr de cogumelos frescos
água q.b.
sal e pimenta q.b.
salsa picada
azeite
2 dentes de alho

Preparação:

Lave os cogumelos, corte-os em fatias e pique os dentes de alho.
Leve uma frigideira grande anti-aderente ao lume com um fio de azeite e deixe aquecer. Junte depois os cogumelos e o alho tendo o cuidado de não os sobrepor. Salteie os cogumelos até começarem a ficar cozinhados. Retire alguns para decoração e acrescente cerca de 400ml de água a ferver, tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar minutos em lume brando.
Coloque a mistura num copo alto e triture bem com a ajuda da varinha mágica. Acrescente mais água se achar a sopa muito grossa, e rectifique os temperos.
Sirva a sopa em tacinhas e decore com os cogumelos salteados e salsa picada.

 

Tirei a receita do blog da Joana Roque ( neste link ) e a imagem do pinterest. 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D