Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

18
Ago16

Cadernos de Viagem By American Tourister. Viagem a Oriente - 7

Ana Gomes

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

Hoje chego a esta última parte dos Cadernos de Viagem! 

Sim.. como sabem já estou em Portugal e ainda meio confusa ( um mês e meio fora e uma vida tão diferente têm uma recuperação particular ). 

 

Nos últimos dias de férias praticamente não tirámos fotos : a verdade é que choveu copiosamente TODOS os dias. Ainda tentámos alugar um carro mas não devemos ter sido os únicos a ter essa ideia, já que os carros mais "simples" estavam esgotados e só existiam opções caríssimas disponiveis. 

 

Ficámos pelo lobby do hotel ou pelo restaurante em cima do mar a trabalhar. Os dois computadores ligados, a internet a bombar e lá começámos a regressar à vida real. Num dos dias ainda alugámos uma mota e arriscámos ir até Krabi. Apanhámos uma celebração local e por isso 90% do comércio estava encerrado. Ao Nang pareceu-me muito mais giro do que Krabi Town, o que me deixou satisfeita com a escolha que fizemos! Fizemos duas paragens em dois templos diferentes : Tiger Temple ( maravilhoso ) e o Wat Kaew que fica mesmo no topo de Krabi Town. Quando estávamos a regressar percebemos que ia começar a chover muito e decidimos parar num Tesco enorme que há no caminho para nos abastecermos de DVDS ( vimos TANTOS filmes durante a viagem! ) e para não apanharmos uma molha tremenda de mota. 

 

Caso tenham à vontade a conduzir vale mesmo a pena alugar mota para ir de Ao Nang para Krabi Town ou vice-versa. Um táxi custa 500 bahts por trajecto, a mota custa 200 bahts por dia! 

 

No último dia em Ao Nang, e apesar da chuva ininterrupta, decidi ir ao mar. Confesso que estava mesmo desanimadas nos últimos dias. Aqueles mergulhos souberam-me pela vida! Éramos os únicos na praia, apesar das esplanadas dos restaurantes estarem cheios, e eu parecia uma criança feliz aos pulos no mar. Valeu mesmo a pena : o mar é terapêutico! Fui beber a minha última água de coco e fazer a mala que no dia seguinte tínhamos voo às 7 da manhã. 

 

Passámos o último dia da viagem em Banguecoque. Reservámos mais uma noite na guest house onde tínhamos ficado anteriormente ( A&A na Rambuttri ) e onde tínhamos deixado a restante bagagem. Aproveitámos para ir a alguns centros comerciais mais virados para a eletrónica e percebemos que contrariamente ao que achávamos as compras não valem a pena. Há produtos em que os preços são ainda mais caros! Ainda assim decidi arranjar o monitor do meu IPAD que se tinha partido há mais de um ano. 30€ e duas horas depois estava como novo! 

 

Fizémos também a nossa ultima Thai Massage ( maravilhosa ) e estava tão cansada que nem consegui jantar. Em contrapartida bebi o melhor chá de gengibre da minha vida! Picante e reconfortante. No dia seguinte esperava-me mais um voo bem cedo e muiiiiiitas horas de voo. 

 

Amei esta viagem. Venho com uma energia boa, inspirada e feliz com a decisão. Acima de tudo estou grata por ter podido fazer esta viagem!

 

Gastei bastante dinheiro : mas importa entender que foram quase 2 meses, a dormir sempre em hoteis ( e nunca em camaratas ) e a fazer TODAS as refeições fora de casa. Praticamente não fiz compras : trouxe uns souvenirs, umas camisas, uns brincos, alguns produtos de beleza, e dois vestidos. 

Um bom conselho que podem levar é este: não vale a pena levar muita roupa! Há lavandarias em todo o lado e é mesmo muito barato lavar a roupa! Poderia ter levado metade das coisas que levei. Claro que também há a questão de querermos variar a roupa que usamos mas sinceramente uns acessórios podem bem resolver o problema ;) 

Os voos não foram baratos : fomos pela Emirates, fizemos apenas uma escala pequena entre os voos ( tirando os que fizemos para a Indónésia - fomos pela Air Asia e em dias diferentes ). Fizemos várias viagens dentro de ambos os países ( na Indónesia sempre de Táxi, Barco, Mota ou Uber - uma aplicação ainda mais polémica por lá do que por cá acreditem ) e na Tailândia barco ou avião ( novamente pela Air Asia ). 

 

Escolhemos 90% dos alojamentos pela aplicação AGODA. Sempre usei o Booking... mas falaram-me da AGODA e de facto tinha sempre melhores preços e mais opções! Fica a dica. 

 

Houve outras duas aplicações que foram fundamentais : O maps.me - que é um mapa que é descarregado online e funciona sempre offline com uma precisão incrivel : nunca nos falhou ( apesar de consumir IMENSA bateria ). E claro... o Spotify Premium com horas infinitas de música mesmo quando não tinha bateria ). 

 

Quando me perguntam se gostei mais da Tailândia ou de Bali : não consigo responder. ADOREI estar nos dois sitios. Na minha opinião a Tailândia ( e só estive em Bangecoque e em Krabi ) é mais metropole, tem um consumo desenfreado, uma cultura louca e praias paradisiacas. Já Bali tem uma doçura que cola, uma convivência bonita com vários inputs comerciais e está completamente direccionada para o surf! Também existem praias de postal ( as famosas Gilli ou Nusa Lembongan ) e valem sem dúvida a visita. 

 

Se tiverem dúvidas não hesitem! É óptimo poder partilhar a minha viagem convosco! 

 

Não tenho planos de viagens para breve. Mas tenho uma série de destinos debaixo de olho ;) 

E vocês?

 

*Estes cadernos de viagem foram escritos com o apoio da American Tourister.

 

Podem saber mais sobre a marca nas seguintes plataformas : 

Facebook;

Instagram;

Loja Online;

Ou nos hashtags : #AmericanTourister #MyAtStyle 

 

 

 

17
Ago16

Beleza em Viagem.

Ana Gomes

image.jpeg

 Como vos expliquei esta viagem foi muito pouco planeada. Isso deu-me pouco tempo para me organizar ou pensar profundamente na mala que iria fazer. 

A certeza era uma : mochila às costas e uma mala de apoio para um mês e meio. 

Desta vez comecei por organizar a parte de beleza. O meu primeiro conselho é o seguinte : caso viagem para um deste países da Ásia e não tenham em casa muitos produtos de beleza.. não levem NADA! Podem comprar lá produtos incríveis a óptimos preços. Como trabalho directamente com produtos desta área para mim não fazia muito sentido acrescentar essa despesa à viagem e decidi levar as minhas coisas. 

 

Com a pressa esqueci-me de alguns produtos que queria mesmo ter levado : os cremes da Elancyl, as cápsulas da cellulase e uma máscara de pestanas. E sabem porque não foram na mala? Porque usei tudo depois do duche e com a pressa... não entraram na mala. Naturalmente que durante a viagem fui percebendo que me faltavam vários elementos da minha complexa rotina de beleza ( e mesmo assim muito básica se olhar para TODOS os produtos que existem no mercado ) mas mentiria se dissesse que senti falta de os usar ou do tempo que uso todos os dias para isso.

 

A premissa era uma : o mais simples e prático possível. 

Como tirei estas fotos quase no fim da viagem há vários items que nem sequer aparecem. 

Sigo então para uma listagem básica que compôs as minhas prioridades ( condenadas pelo pouquíssimo espaço ) : 

Produtos Capilares : Champô e Máscara para o sol ( levei dois champôs e duas máscaras ) + Creme para Pentear + Protector Solar para o cabelo + Óleo hidratante + Tangle Teezer

 

Experimentei a gama solar da Cotril e gostei MUITO! O cheirinho é incrivel e achei o protector solar maravilhoso. 

 

Rosto : Levei toalhitas desmaquilhantes ( as da Comodynes ) + gel de limpeza ( Youth Creative ) + creme de dia da Nuxe e creme de dia da Kiehl's + Creme de Noite Caudalie + Tea Tree da The Body Shop + Protector Solar Gel Factor 50. Ainda "roubei" do gabinete da minha mãe umas amostras dos novos BOOSTER da Clarins e juntei aos cremes quando senti necessidade. Como podem perceber não levei sérum... nem tónico. Sniffff 

 

Corpo : dois frasquinhos de Bio-Oil + pós-solar da Polysianes + Óleo Seco Tonificante da Lierac + Body Sorbet da The Body Shop + Protector Solar 50 e 30. 

 

Maquilhagem : BB Cream + Drops of Sun da The Body Shop ( são umas gotinhas que podemos dosear e juntar ao creme hidratante para dar tom ) + Kajal Preto da The Body Shop + Pó Bronzeador Hoola da Benefit + Eyeliner e batons (4) da Kiko + Máscara de Pestanas Hidratante ( que comprei logo na primeira noite na Tailândia ).  Ok... Aqui importa referir que me maquilhava apenas de noite e que isso aconteceu pouquissimas vezes. Uma loucura para mim que, apesar de não ser especialista em maquilhagem, me arranjo TODOS os dias. 

 

Levei um perfume super fresquinho, tipo água de colónia, era tão leve que adorava perfurmar-me várias vezes por dia . Escolhi um da Yves Rocher : Un Matin Ao Jardin de Lírio do Vale. 

 

Tomava vários duches por dia e dedicava um tempo sagrado a aplicar os produtos que levei. Como antes de partir aclarei o cabelo na Jean Louis David os cuidados com a hidratação do cabelo foram redobrados. Todos os dias antes de me deitar aplicava o sérum hidratante e entrançava o cabelo. Estou muito contente porque não sinto que o meu cabelo se tenha estragado ou tenha sido "mal tratado" pelo sol. 

 

Pelo caminho tive uma crise tremenda de acne que consegui controlar com máscara que comprei na Indonésia. Na foto podem ver a de Limão que foi a que usei. E um gel especifico que também comprei lá, para ajudar a secar as borbulhas! 

 

Nem eu sei como me consegui conter e levar apenas estes produtos tão básicos para a viagem. 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

28
Jul16

Cadernos de Viagem By American Tourister. Viagem a Oriente - 4

Ana Gomes

image.jpeg

Tenho de começar este texto a explicar que poderia fazer um rating dos hoteis com pior internet : basicamente todos em que fiquei depois de Ubud. Ver redes sociais, abrir e-mails ou actualizar o blog tem sido um verdadeiro desafio! Mas bom… dos poucos que tenho enfrentados nos últimos dias. Mas vamos ao mais importante : as coisas não virtuais que por aqui acontecem.

IMG_0642.JPG

No último “caderno” estava no Uluwatu e foi lá que fiquei até Segunda-Feira. É muito provável que esta zona de Bali faça parte do vosso imaginário caso tenham visto (ou lido) Comer, Orar e Amar. Queria muito ir para esta zona porque já sabia que as praias eram de areia branca… ( lamento.. mas as praias de areia escura ainda não estão no topo das minhas preferências ) só que há um detalhe… a “areia branca” é na realidade coral : doloroso para os pés!

Podem já guardar esta dica : para maior conforto vale a pena trazer na mala de viagem uma daquelas sandálias de borracha que usávamos em pequenos para o peixe-aranha!

Foi engraçado perceber que cada uma das praias tinha uma nacionalidade predominante : em Bingin vimos bastantes brasileiros, em Dreamland imensos chineses, que se divertem todo o dia a tirar fotos na rebentação das ondas COMPLETAMENTE vestidos e a gritar num misto de medo e divertimento*, em Padang Padang e no Uluwatu muitos australianos e em Balangan espanhóis! Todas estas praias estão na mesma linha de praias e são todas completamente diferentes : valem a pena a visita! O acesso mais complicado é à praia de Bingin - é obrigatório descer uma escadaria super irregular e caso regressem depois do por-do-sol não há luz no caminho - mas é onde se fazem refeições maravilhosas com o pé na areia. Perfeito para comer peixinho grelhado! Mas não se preocupem : também há um bar vegetariano e vegan com produtos orgânicos que funciona até tarde.

Mais uma vez comemos maravilhosamente bem nesta zona de Bali. Tanto em restaurantes menos baratos ( para os preços deles.. mas ainda assim aceitáveis para nós ) como em casas típicas. Boas alternativas, imensa comida vegetariana e não processada. É nesta zona que está um dos mais famosos bares para ver o pôr-do-sol - Single Fin - com uma festa semanal : ao domingo. Também visitámos o templo do Uluwatu onde há uma pequena floresta com imensos macacos!

IMG_0654.JPGIMG_0671.JPG

 

IMG_0693.JPG

 

IMG_0700.JPG

 

IMG_0739.JPG

 

IMG_0756.JPG

 

IMG_0787.JPG

 

IMG_0823.JPG

 

 

Com o aproximar do final da semana começámos a sentir a pressão de ter de escolher o próximo destino. Mas as previsões de chuva fizeram-nos recuar na decisão de ir às Gilli. Queríamos ir às ilhas próximas claro… mas não valia a pena um investimento monetário acrescido para apanhar mau tempo. Decidimos ir até Nusa Lembongan e começámos a pesquisar qual a melhor forma de chegar. Como já sabíamos que iríamos passar a última semana em Kuta ( a cidade que fica perto do aeroporto e tem praia ) decidimos que não faria muito sentido deixar a bagagem no Uluwatu, ir até Nusa Lembongan, regressar para apanhar a bagagem e seguir para Kuta ( se olharem para o mapa forma um triângulo ). Assim decidimos que o mais sensato seria passar uma noite em Sanur ( onde se apanham os barcos ) deixar as malas na recepção do hotel e partir apenas com a mochila da American Tourister para Nusa Lembongan.

De facto foi o melhor que fizemos! Sanur não tem nenhuma atracção em particular ( para além de ser o porto de partida dos barcos para as Gilli e para Nusa Lembongan ), fizemos um bocadinho de praia, comprámos os bilhetes de barco e no final do dia fomos para a rua mais movimentada onde jantámos um restaurante mexicano giríssimo “ La Cocina “.

No dia seguinte embarcámos às 9h da manhã. Existem várias opções de barcos : Public Boat, Fast Boat e Public Fast Boat. Escolhemos a última opção: o trajecto seria apenas meia hora ( contra uma hora e meia do Public Boat ) e com um preço mais aceitável do que os Fast Boats “privados” .

A viagem é só por si uma aventura : embarcamos com a água pelos joelhos e mais parece que entramos numa atracção da DisneyLand… com uma pequena nuance : aqui não estamos num parque temático… estamos mesmo no meio do mar. Os saltos que o barco dá, os saltos que nós damos nos bancos do barco, os gritos que se ouvem o caminho todo, o nervoso miudinho que vai crescendo dentro de quem tenta ser super sereno ( eu… ). Bom! A viagem de regresso parecia um cenário dantesco com mais de metade dos passageiros a vomitar!

Se vale a pena? Sim! A ilha é mesmo especial. Aqui encontramos das águas mais transparentes ( acho que só as Gilli é que conseguem ser ainda mais bonitas ), uma floresta incrível ManGrove Forest que é atravessada em canoas já que está dentro do mar e uma série de espaços dedicados ao yoga e à recuperação activa da ilha ( a poluição por estes lados é demasiado notória ). É também nesta ilha que os amantes de mergulho podem perder a cabeça! O que fizemos aqui? O passeio de barco na floresta, várias viagens de mota à volta da ilha, descobrimos miradouros naturais maravilhosos e fomos duas vezes ao cinema! Sim… duas vezes! Encontrámos mais um daqueles lugares especiais ( como em Ubud ) mas desta vez ao ar livre : a entrada no cinema é gratuita se fizermos por lá as refeições. Foram serões mesmo confortáveis e divertidos.

 

IMG_0840.JPG

 

IMG_0855.JPG

 

IMG_0857.JPG

 

IMG_0867.JPG

 

IMG_0875.JPG

 

IMG_0876.JPG

 

IMG_0891.JPG

 

IMG_0897.JPG

 

 

Hoje deixámos a ilha ( na tal viagem que já descrevi! ), fomos apanhar o resto da bagagem ao hotel e arrancámos para Kuta. É aqui que estamos. Já tínhamos estado aqui durante o dia mas confesso que não me tinha apercebido da quantidade de vida que há aqui! Ao contrário de todos os lugares onde estivemos não parece que haja uma única estrada sem luz… ou sem uma loja. Tenho o resto da semana para perceber isso ;)

Para já.. fazia-me falta mais uma mala! A quantidade de coisas que comprava aqui… minha nossa!! Em Portugal já é possível comprar as malas da American Tourister online aqui

 

*aposto que há vídeos disto no youtube.

 

*Estes cadernos de viagem são escritos com o apoio da American Tourister.

 

Podem saber mais sobre a marca nas seguintes plataformas : 

Facebook;

Instagram;

Loja Online;

Ou nos hashtags : #AmericanTourister #MyAtStyle 

 

 

PS - A Internet que tenho não me está a deixar fazer upload de mais fotos... prometo que amanhã procuro outro lugar para conseguir fazer upload de todas as fotos!  

01
Jul16

Rubrica RFM - Dicas Para Malas de Viagem.

Ana Gomes

Numa altura em que há muita gente de férias ou a aproveitar os fins-de-semana de bom tempo, decidimos partilhar convosco algumas dicas para as Malas de Viagem. 

 

maxresdefault.jpg

 

 

Há quem não se preocupe muito com o tema e por isso seja um expert natural... mas há outras pessoas para quem isso é uma verdadeira dor de cabeça. 

 

Primeiro convém que nos mentalizemos que não vale a pena levar a casa às costas. É que na verdade quanto mais coisas levarmos, mais trabalho teremos!! Há que começar por respirar fundo e perceber que o essencial é mesmo... só o essencial! 

 

Hoje partilho convosco algumas das minhas dicas preferidas mas antes de começar pensem em fazer uma lista com tudo o que se vão lembrando. Escrever no telemóvel todas as coisas de que nos vamos lembrando ajuda a diminuir o stress ou a ansiedade de nos esquecermos de alguma coisa. 

 

Depois organizem os items por categorias e levem bolsas distintas para casa um. É mais fácil de arrumar, de verificar se ficou alguma coisa de fora e de encontrar as coisas na mala. 

 

Caso o destino seja praia devemos optar por levar os produtos de higiene adequados a estas condições : Protectores Solares, Cremes para Regenerar a Pele, Champô e Condicionar adequados ao sol e sal. E claro que o ideal é usar frascos pequenos para economizar espaço, usem uma caneta de acetato ou uma etiqueta para identificar o conteúdo. 

É relembrar que caso a viagem seja feita de avião estes produtos não podem ser transportados na mala de mão caso tenham mais de 100ml! 

Aproveitem - em qualquer dos casos - para levar amostras que tenham perdidas por casa! 

 

Levem uma lâmina de barbear, desodorizante e perfume ( é muito comum serem esquecidos já que tendencialmente os utilizamos no dia da viagem... ). 

 

No que diz respeito à maquilhagem talvez seja a altura ideal para experimentar os looks mais naturais! Um bom hidratante ( que se for um BB Cream já tem factor de protecção solar e cor ), um pó bronzeador, uma máscara de pestanas e um lápis de olhos ( se der para esfumar melhor.. já que serve para dar um efeito de sombra ). A dica boa para a maquilhagem? Levar 3 ou 4 batons de cores diferentes! Vão fazer toda a diferença ;) Por exemplo : Um nude, um rosa, um vermelho e um mais alaranjado. 

 

Levem também o verniz da cor que já estão a usar para pequenos retoques que sejam necessários. Se tiverem oportunidade aproveitem o sol e a água do mar para usar as unhas desmaquilhadas! Vai torná-las mais fortes. 

 

Outra das coisas que é importante ter em conta é a roupa interior, convém que tenhamos - para além de peças para todos os dias -  pelo menos dois pares de cuecas e 1 soutien que sejam da cor da pele ou o mais neutras possíveis já que há looks em que as peças são mais transparentes e desta forma corremos menos riscos. O ideal será escolher um modelo de soutien cujas alças sejam alteráveis ( para cruzar no caso de alguns tops, ou para servir de cai-cai ). 

 

Quanto ao calçado vai sempre variar de acordo com o motivo e o destino da viagem... mas pensando numas férias de praia o melhor será optar por uns chinelos giros, uma sandálias de salto e umas sapatilhas confortáveis (vários pares de meias também!). As alpercatas também são uma óptima opção e ocupam pouco espaço e são super versáteis. A verdade é que podemos aproveitar para fazer caminhadas ou usar os chinelos não só para o areal mas também para o gelado do final de tarde ou o almoço na esplanada... escusando para isso de levar outro par de sandálias rasas! E caso viagem de carro procurem juntar os sapatos todos ( no caso de uma família ou casal ) e levá-los numa mala separada! 

 

Outra dica boa é levar bikinis ou fatos de banho reversíveis. No final do dia podemos lavar as peças no duche, torcer bem e estender de imediato e assim reduzimos o numero de peças na bagagem! 

 

Se pensarmos nas surpresas que o tempo nos tem pregado o ideal será incluir sempre umas jeans ou umas calças de sarja e um corta vento! Combinados com os tops ou as t-shirts que estavam pensadas para os dias de calor funcionam nos dias cinzentos! Para uma mala versátil incluam vestidos leves e com que se sintam bem ou no caso dos rapazes uma camisa de linho e um cinto ( óptimos para uma festa inesperada ou um jantar mais "especial" ).

 

Procurem fazer "conjuntos" com a roupa antes de a emalar. Assim podem calcular quantos dias irão ficar e o que vão vestir. E aproveitem para usar algumas das dicas que já partilhámos sobre misturar padrões! Assim o mesmo numero de peças dá para quase o dobro dos looks! ;) 

 

Escolher peças básicas e calções de ganga ou caqui facilita um bom bocado! Optar por tecidos que não amarrotem é igualmente importante. 

 

Levar alguns acessórios fortes - brincos grandes, turbantes ou fitas de cabelo com estampas, colares grandes - este tipo de peças transforma um look super simples e básico num conjunto muito mais especial! 

 

Levem sempre um saquinho para ir separando a roupa suja e uma ou várias bolsas impermeáveis para guardar os fatos de banho ( para não estragar outras peças de roupa caso ainda estejam húmidos ).

 

Caso gostem de ter um kit SOS levem numa bolsinha : pensos rápidos, gel desinfectante, uma tesoura pequena, algodão e paracetamol. Se fizerem alguma medicação especifica optem por levá-la também numa bolsa separada e perto de vocês. 

 

Todas as dicas são bem-vindas! Se tiverem um truque que achem bom de partilhar... comentem! Conselhos bons nunca são demais e prometo que para a semana partilho as sugestões em directo ;) 

 

 

american tourister.jpg

american-tourister-com-as-suas-cores-de-verao.jpg

 

 ( modelos American Tourister ). 

 

17
Jul15

Rubrica RFM - Dicas Para Malas de Viagem

Ana Gomes

Numa altura em que há muita gente de férias ou a aproveitar os fins-de-semana de bom tempo, decidimos partilhar convosco algumas dicas para as Malas de Viagem. 

 

maxresdefault.jpg

 

 

Há quem não se preocupe muito com o tema e por isso seja um expert natural... mas há outras pessoas (eu por exemplo) para quem isso é uma verdadeira dor de cabeça. 

 

Primeiro convém que nos mentalizemos que não vale a pena levar a casa às costas. É que na verdade quanto mais coisas levarmos, mais trabalho teremos!! Há que começar por respirar fundo e perceber que o essencial é mesmo... só o essencial! 

 

Hoje partilho convosco algumas das minhas dicas preferidas mas antes de começar pensem em fazer uma lista com tudo o que se vão lembrando. Escrever no telemóvel todas as coisas de que nos vamos lembrando ajuda a diminuir o stress ou a ansiedade de nos esquecermos de alguma coisa. 

 

Depois organizem os items por categorias e levem bolsas distintas para casa um. É mais fácil de arrumar, de verificar se ficou alguma coisa de fora e de encontrar as coisas na mala. 

 

Caso o destino seja praia devemos optar por levar os produtos de higiene adequados a estas condições : Protectores Solares, Cremes para Regenerar a Pele, Champô e Condicionar adequados ao sol e sal. E claro que o ideal é usar frascos pequenos para economizar espaço, usem uma caneta de acetato ou uma etiqueta para identificar o conteúdo. 

É relembrar que caso a viagem seja feita de avião estes produtos não podem ser transportados na mala de mão caso tenham mais de 100ml! 

Aproveitem - em qualquer dos casos - para levar amostras que tenham perdidas por casa! 

 

Levem uma lâmina de barbear, desodorizante e perfume ( é muito comum serem esquecidos já que tendencialmente os utilizamos no dia da viagem... ). 

 

No que diz respeito à maquilhagem talvez seja a altura ideal para experimentar os looks mais naturais! Um bom hidratante ( que se for um BB Cream já tem factor de protecção solar e cor ), um pó bronzeador, uma máscara de pestanas e um lápis de olhos ( se der para esfumar melhor.. já que serve para dar um efeito de sombra ). A dica boa para a maquilhagem? Levar 3 ou 4 batons de cores diferentes! Vão fazer toda a diferença ;) Por exemplo : Um nude, um rosa, um vermelho e um mais alaranjado. 

 

Levem também o verniz da cor que já estão a usar para pequenos retoques que sejam necessários. Se tiverem oportunidade aproveitem o sol e a água do mar para usar as unhas desmaquilhadas! Vai torná-las mais fortes. 

 

Outra das coisas que é importante ter em conta é a roupa interior, convém que tenhamos - para além de peças para todos os dias -  pelo menos dois pares de cuecas e 1 soutien que sejam da cor da pele ou o mais neutras possíveis já que há looks em que as peças são mais transparentes e desta forma corremos menos riscos. O ideal será escolher um modelo de soutien cujas alças sejam alteráveis ( para cruzar no caso de alguns tops, ou para servir de cai-cai ). 

 

Quanto ao calçado vai sempre variar de acordo com o motivo e o destino da viagem... mas pensando numas férias de praia o melhor será optar por uns chinelos giros, uma sandálias de salto e umas sapatilhas confortáveis (vários pares de meias também!). As alpercatas também são uma óptima opção e ocupam pouco espaço e são super versáteis. A verdade é que podemos aproveitar para fazer caminhadas ou usar os chinelos não só para o areal mas também para o gelado do final de tarde ou o almoço na esplanada... escusando para isso de levar outro par de sandálias rasas! E caso viagem de carro procurem juntar os sapatos todos ( no caso de uma família ou casal ) e levá-los numa mala separada! 

 

Outra dica boa é levar bikinis ou fatos de banho reversíveis. No final do dia podemos lavar as peças no duche, torcer bem e estender de imediato e assim reduzimos o numero de peças na bagagem! 

 

Se pensarmos nas surpresas que o tempo nos tem pregado o ideal será incluir sempre umas jeans ou umas calças de sarja e um corta vento! Combinados com os tops ou as t-shirts que estavam pensadas para os dias de calor funcionam nos dias cinzentos! Para uma mala versátil incluam vestidos leves e com que se sintam bem ou no caso dos rapazes uma camisa de linho e um cinto ( óptimos para uma festa inesperada ou um jantar mais "especial" ).

 

Procurem fazer "conjuntos" com a roupa antes de a emalar. Assim podem calcular quantos dias irão ficar e o que vão vestir. E aproveitem para usar algumas das dicas que já partilhámos sobre misturar padrões! Assim o mesmo numero de peças dá para quase o dobro dos looks! ;) 

 

Escolher peças básicas e calções de ganga ou caqui facilita um bom bocado! Optar por tecidos que não amarrotem é igualmente importante. 

 

Levar alguns acessórios fortes - brincos grandes, turbantes ou fitas de cabelo com estampas, colares grandes - este tipo de peças transforma um look super simples e básico num conjunto muito mais especial! 

 

Levem sempre um saquinho para ir separando a roupa suja e uma ou várias bolsas impermeáveis para guardar os fatos de banho ( para não estragar outras peças de roupa caso ainda estejam húmidos ).

 

Caso gostem de ter um kit SOS levem numa bolsinha : pensos rápidos, gel desinfectante, uma tesoura pequena, algodão e paracetamol. Se fizerem alguma medicação especifica optem por levá-la também numa bolsa separa e perto de vocês. 

 

Todas as dicas são bem-vindas! Se tiverem um truque que achem bom de partilhar... comentem! Conselhos bons nunca são demais e prometo que para a semana partilho as sugestões em directo ;) 

 

 

american tourister.jpg

american-tourister-com-as-suas-cores-de-verao.jpg

 

 ( modelos American Tourister ). 

 

 

 

 

25
Mai15

Viajar e aprender ! :) American Tourister.

Ana Gomes

O tempo passa a voar e a minha -curtíssima- passagem por Paris já aconteceu há mais de uma semana.

 

Captura de ecrã 2015-05-21, às 14.47.49.png

 

 

 

Quem acompanha o blog sabe a ansiedade que existe em mim em cada viagem. Já foi duríssimo. Agora as coisas têm sido menos complicadas. E não é - de todo - medo de andar de avião. É um desconforto e um sentimento de desorientação que eu não consigo descrever objectivamente sem me sentir o ser humano mais tótó que existe. 

 

Mas é isto : as coisas têm sido menos complicadas! E se viajar sempre foi - apesar de tudo - um prazer associado à descoberta, ultimamente tem sido muito mais do que isso! Aprendi a refinar os passeios, a desfrutar do tempo de espera nos aeroportos, a caminhar pelas cidades em bairros sem - aparente - interesse e sei que não há nada melhor que ter algum dinheiro no bolso ( não vá o azar bater à porta e ser preciso desenrascar-me de alguma forma em que uns trocos ajudem... ), roupa confortável, bateria no telemóvel e olhos bem abertos. 

 

Há uma outra coisa que tenho gostado de fazer em viagens... já que geralmente fico em hotéis e há sempre aquelas casas de banho MEGA com banheiras e afins... toca de levar máscaras para o rosto, produtos para banhos de imersão... enfim! Usar e abusar da boa vida que se vai podendo ter. 

 Captura de ecrã 2015-05-21, às 14.48.09.png

( na imagem podem ver as coisas "pre-organizadas" ponho sempre tudo em cima da cama antes de colocar tudo na mala para ser mais simples verificar se está tudo comigo e evitar que as coisas fiquem pelo caminho! Destaco os produtos no canto superior esquerdo da Comodynes que como são embalados individualmente dão para levar o minimo peso! Na foto estão as toalhitas auto-bronzeadores perfeitas para usar antes de festas... três horas depois da aplicação o bronzeado começa-se a fazer notar! Uso também as toalhitas desmaquilhantes em viagem :) 

 

 

E depois há sempre espaço na mala para "aquele" acessório que comprámos e nunca tivemos coragem de usar, para "aquele" conjunto que tentámos várias vezes ao espelho e nunca enfrentou a luz da nossa cidade. Lá fora a probabilidade de alguém nos conhecer é tão diminuta que há essa oportunidade perversa de nos reinventarmos. 

E eu ADORO isso. 

 

A experiência vai-nos ensinando quais são as opções mais confortáveis para nós... e a "agenda" da viagem acaba por determinar as escolhas que fazemos a todos os níveis. 

 

Agora em Paris tinha ponho tempo entre a chegada ao hotel e o evento - que era em modo "festa" - então saí de Lisboa de calções de ganga, t-shirt larguinha, um casaco de malha na carteira e umas sapatilhas pretas. 

Como tinha um evento ao final do dia da viagem optei por ir arranjar o cabelo na noite anterior no Jean Louis David do Chiado e a sugestão das minhas meninas foi um brushing feito com placa de vapor! E porquê? Porque se aguenta muito melhor e podemos sempre dar um toque antes com a nossa placa em casa. 

Geralmente viajo de leggins ( não gosto de ir de calças porque incho imenso durante os voos e fico super desconfortável ) mas estava tanto calor que os calções foram uma opção perfeita! 

 

Captura de ecrã 2015-05-21, às 14.48.33.png

reefrover.jpg

 

Optei por estas sapatilhas pretas da REEF Rover porque para além de as adorar esteticamente e achar que funcionam tão bem com calções como com umas leggins ou calças pelo tornozelo são o TOPO do conforto! Isto porque têm uma tecnologia "Reef Swellular" e foram criadas com base numa filosofia " Just Passing Through " inspirada no espírito dos surfistas que viajam pelo mundo inteiro! 

 

Caso tenham ficado curiosos ( eu fiquei ) aqui está a explicação da marca sobre a tecnologia: "Reef Swellular é construída em três camadas de material inovador: uma palmilha Swellular em espuma super-macia, que proporciona conforto imediato; uma sola intermédia Swellular de média densidade, para suporte de longa duração; e a sola de borracha Swellular de alta densidade que proporciona tracção, protecção e durabilidade."

 

Ah... e as minhas companheiras de viagem são as malas da American Tourister! 

29
Jan15

Viagem Índia - Primeiro Passo - A Mala ( dicas para backpackers ).

Ana Gomes

Regressada da Índia ( mas não regressadíssima que ainda não consigo estar aqui completamente ) e ainda a meio gás depois de pequenos incidentes... quero começar a organizar alguns posts sobre a viagem! 

 

Como não sabia bem por onde começar acabei por sentir que o melhor seria... falar da mala de viagem! 

 

packlighter.jpg 

Há algumas particularidades a ter em conta e por isso parece-me um bom ponto de partida.

 

É importante pensar no tipo de viagem, condições e meios de transporte.

 

Três raparigas, mochilas às costas, voo marcado de Lisboa para Mumbai e a intenção de viajar no primeiro dia para Goa e seguir para uma das praias mais a norte e ir descendo. 

As deslocações entre "zonas" foi feita de TucTuc, Local Bus ou Taxi e por isso carregar a mochila era frequente e pensar no peso antes da partida é MUITO importante. 

 

O que levar ? 

 

Roupa : Peças fluidas e discretas. É importante ter atenção às diferenças culturais. Tops muito decotados ou calções e saias curtas são uma má opção! O conforto é mesmo a palavra de ordem e o ideal é descomplicar e não pensar em tendências. Idealmente pensam-se kits de várias combinações antes de emalar. 

No avião : Leggins, sapatilhas, t-shirt, camisola polar e casacodesportivo. 

Levei 2 túnicas, vários tops básicos ( branco, preto, cinza e azul escuro ), calças de tecido largas com estampas e lisas, três lenços para cobrir os ombros e um casaco de algodão desportivo ( levei vestido no avião ). Calções e T-shirt de pijama. 

Bikinis ( ou fatos de banho ) 4 modelos são mais do que suficientes. 

Calçado : sapatilhas ou botas ( as que escolherem levar calçadas no avião e que serão para as viagens e deslocações nos centros urbanos ) 1 chinelos e umas sandálias ( ou chinelos com presilhas ). 

Acessórios : compram-se lá super baratos... mas se vos apetecer, porque não?

Toalha de banho - levei duas, uma normal de tamanho médio e outra desportiva que comprei na Primark super compacta (nem sabia que existiam, penso que também há na sportzone ). Levei mais duas toalhas pequenas (daquelas mínimas) para "banhos à gato" caso fossem necessárias. 

 

Fronha de Almofada e Lençol Cozido ( ou capa de edredon ). O Saco de Cama pode ocupar muito espaço e esta solução é óptima porque é leve e um lençol dobradinho ocupa muito pouco espaço. 

 

Necessáire : 

Champô Solar, Máscara de Cabelo, Creme de Pentear, Sérum de Pontas ( que possa também ser usado na praia ) ;

Espuma de Banho, Lâmina de Depilação, Creme Hidratante e Pós Solar;

Protector Solar de Rosto e Corpo;

Maquilhagem : BBCREAM, Máscara de Pestanas ( e deixar o sol fazer magia!) ;

Sempre na carteira : Spray de Água Termal, Toalhitas, Pinça, lenços/papel higiénico, Repelente de Insectos. 

 

Farmácia : 

farmácia.jpg

 

Se fazem medicação regular é muito importante que a levem convosco. Em todo o caso há alguns medicamentos SOS  vale a pena ter por perto, principalmente se nunca os tivermos de tomar: 

Paracetamol, Reguladores de Flora Intestinal, Anti-alérgicos, Anti-Piréticos, Cranberry (ou alternativa médica para infecções urinárias ), Creme Cicatrizante, Pensos rápidos. 

 

Extras não menos importantes :

Carregadores de máquinas fotográficas, telemóveis e aparelhos eléctricos. Levei a minha bateria extra que me deu imenso jeito! E fones ( são óptimos para ouvir música na praia ou para as conversas pelo viber! )

Livros (levei dois e acabei por comprar vários por lá). 

Caderno pequeno e caneta para tirar notas e apontar gastos. 

Passaporte, Cartão do Cidadão, Carta de Condução, Cartão Visa, Dinheiro ( tentem ter sempre "pocket money" convosco para qualquer situação ). Evitem ter todos os documentos na mesma bolsa... se a perderem vão ficar sem qualquer documento de identificação. 

 

Conselho : 

Separei da minha mala : 1 bikini, 1 livro, toda a farmácia, 1 amostra de champô e máscara, escova de dentes e pasta mini, os itens que indiquei que devem andar sempre na carteira, um top e umas calças. Todos estes itens foram comigo no avião dentro da mochila porque caso a mala se perdesse tinha um kit SOS. 

 

Espero que estas dicas vos sejam úteis! Caso tenham truques partilhem!! 

Captura de ecrã 2015-01-29, às 18.03.02.png

 

 

 

 

 

12
Jan15

A mala e a Índia.

Ana Gomes

packlighter.jpg

 

 

"Mala" - muito mal - feita. 

Toalhas de banho, pareo para a praia, tshirts, calças largas. Produtos de higiene, protector solar, repelente de insectos. 1 par de chinelos e outro de sapatilhas. 

Nem os livros me valem : levo dois o que é muito pouco para 15 dias. Máquina fotográfica e Ipad. Telemóvel e todos os carregadores que encontrei. A farmácia que levo dá para abrir uma sucursal em Mumbai. A culpa é do medo : só isso. 

 

Está-me a custar um bocadinho partir. O desconhecido, o particular, o "sem planos". 

As crises de ansiedade e sair da minha zona de conforto nunca foram condições boas para as viagens, mas o ano passado com a frequência de saídas tudo acabou por melhorar. Agora... voltei a ter receio. 

 

E as saudades? E a vida que ainda agora começou em Lisboa? Tudo e um coração apertadinho. 

 

Há outra preocupação : o Blog. Vou sem computador, sem posts agendados, sem saber como e quando poderei comunicar. A ideia é que o relato da viagem seja o mais directo e "ao vivo" possível mas desconheço por completo as condições que vou ter. 

 

Daqui a pouco estou no aeroporto. Mochila ás costas. Coração a querer sair pelos olhos. 

Desta viagem só quero trazer certezas, um sentimento mais forte e muitos bindis. 

 

Sim.. acho piada a estas coisas : 

joyous-spring-multicolor-long-bindis-AC83_l.jpg

 

 

08
Jan15

O começo da mala - Índia.

Ana Gomes

Sim... já comecei a fazer a mala. 

A Índia é : à distância que a conheço : um mundo de cores, aromas e texturas. 

A minha mala são meia dúzia de t-t-shirts brancas e cinzentas. 4 pares de calças largas e 3 bikinis. 

Acho que já viajei menos dias com o triplo da roupa. 

Pensei : esta mala desconsola-me. Pensei : Vou ter de comprar uns "Saris" para me animar. 

 

HowToWearSaree.gif

 

04
Jul14

Dicas para malas de viagem II

Ana Gomes

Encontrei este video com dicas para protegermos as nossas coisas dentro das malas de viagem e também para economizar espaço!! 

 

 

 

Eu já enrolava a roupa... de resto não usava nenhuma destas técnicas. Mas vou adoptar! Acho inclusive que vou passar a usar cintos e camisas só para os arrumar assim! ahahaha

 

Boas viagens ;) Espero que aproveitem as dicas : 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D