Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

13
Out17

Club Life To Go - a morada Lisboeta da comida funcional.

Ana Gomes

DSCF4847_preview.jpeg

Quero muito - e cada vez - responder às vossas perguntas de "onde ir jantar, almoçar, lanchar, namorar.... em Lisboa". 

E quero-vos responder a essa pergunta com este tipo de posts : eu fui, experimentei e adorei! 

E neste caso em particular do Club Life To Go senti-me realmente satisfeita por compreender que já não há medo em apostar neste tipo de projectos em Portugal. É que este restaurante / grab and go tem uma oferta super variada de receitas sendo que naquela cozinha não entram açucares refinados, gluten ou leite : a lactose só existe nos queijos que são ingrediente em algumas receitas. Todas as propostas são de comida funcional : que é riquíssima em nutrientes e muito saciante. Não se preocupem se as doses vos parecerem pequenas, nem vale a pena encher o tabuleiro, bom... na verdade vale, para que possam experimentar vários pratos, mas não necessitam de o fazer sob o ponto de vista da saciedade. 

Este conceito veio do Brasil - em que estas preocupações alimentares estão na ordem do dia - e encontrou a sua primeira morada na Avenida Elias Garcia. Da minha parte só quero que comecem a crescer rapidamente por esta Lisboa fora. É tudo "do bem" e tudo muitoooo bom! 

Já passou uma semana e ainda sonho com aquela Coxinha Vegana feita com batata doce e cogumelos trufados. 

 

Ah... um conselho final : nunca provem a versão Club Life To Go do "Snickers". Nunca mesmo. 

Ou então provem e depois nunca mais consigam pensar noutro chocolate na vida. 

 

DSCF4826_preview-2.jpeg

 

DSCF4831_preview.jpeg

 

DSCF4834_preview-2.jpeg

 

DSCF4840_preview.jpeg

 

DSCF4842_preview-2.jpeg

 

Mais infos no Facebook do Club Life To Go. 

 

Av Elias Garcia 84 A
Lisboa

 

 

03
Out17

Oh Breakfast, Dear Breakfast.

Ana Gomes

B196B493-C409-4DDD-842B-3894F3DC6A58.jpeg

  Sou e serei uma eterna apaixonada por Lisboa. 

  A minha cidade está a fervilhar de sítios giros e "a visitar". Talvez agora que me afastei um pouco mais do centro seja engraçado ter inúmeros motivos para voltar. 

E foi esse o plano de domingo, acordar sem pressas e chegar a tempo de tomar o pequeno-almoço. Aqui há truque, já que no Dear Breakfast o meu sonho mais antigo se cumpre: esta refeição divina pode ser tomada a qualquer hora do dia. O espaço é muito giro : galerias brancas, com mobiliário azul e mármore, muitas plantas e boas revistas. 

Perante um menu cheio de sugestões tentadoras optámos por experimentar o menu Brunch ( 14€ ) - duas tostas, 1 croissant, doce e manteiga, 2 ovos a gosto- escolhemos escalfados - , café ou chá, e uma taça de fruta ( que também poderia ser um smoothie ou um sumo de laranja . Acrescentei um Matcha Cha Latté com leite de amêndoa que merece 5 estrelas : sabor e texturas perfeitos! 

Ficámos satisfeitos com a nossa opção - apresentação e sabor no ponto, os croiassants já tinham terminado e trouxeram-nos um brioche com chocolate, não foi problemático :)  Maaaaaaaas... à medida que os pratos iam chegando às outras mesas sentíamos um pedacinho de arrependimento por não termos escolhido outras coisas : nem quis acreditar quando chegou à mesa do lado uma tosta de abacate com tomate. Se isto quer dizer que o Brunch é mau? Nada disso! Quer apenas dizer que escolher é mesmo complicado. 

 

Sempre que encontro um destes lugares volto a Bali. Na minha viagem desejei muito que este tipo de espaços abrissem em Portugal e fico verdadeiramente satisfeita por entender que a escolha tem aumentando bastante! 

 

O Dear Breakfast ficou na minha lista e vou - com toda a certeza - voltar. 

 

 

739BE436-E875-49D9-A105-63BD6669645A.jpeg

 

06B292F7-7F24-4B34-B5A2-0EE21C879051.jpeg

 

12A8F4DA-EDBD-4E20-BE5A-7925A3CBA7AC.jpeg

 

16AD091F-BDA0-4645-8F9C-CD9CB6039A39.jpeg

 

2026AE2C-2078-498D-B39A-DF116C111687.jpeg89867EA7-4F37-441E-955D-67113219BEB4.jpeg

 Dear Breakfast 

Facebook 

Rua Das Gaivotas, 17 Lisboa

Encerra às Segundas-Feiras. 

12
Mai17

O renovado Olivier e nódoas deliciosas.

Ana Gomes

 

4351a1957afa7173f23151c8fce057ed.jpg

 

 

Escrevo-vos este post com a t-shirt manchada de molho de tomate e pesto. E sim... são dez da noite e estou a comer massa. 

 

A culpa é do Olivier - literalmente - e passo a explicar porquê... 

 

Estamos em contagem decrescente para a grande mudança nas nossas vidas e andamos a tentar fazer de todos os momentos... momentos ainda mais especiais :) 

Por isso ontem decidi fazer uma surpresa ao Tiago e fomos conhecer as mudanças no "ex" Olivier Avenida - agora "apenas" Olivier. O espaço foi totalmente renovado - bem como a carta - e mantendo o requinte está super cosmopolita o que é meio caminho andado para ser um espaço de referência e que podemos recomendar. 

 

Saímos de lá felizes e com a barriguinha cheia. 

 

Claro que estamos à vontade para pedir o que quisermos da carta mas foi-nos explicado que estava pensada para que se pudessem dividir várias entradas e eventualmente um prato principal. A ideia de "para partilhar" deixa-me sempre contente, sou muito indecisa e a possibilidade de experimentar vários pratos agrada-me. 

 

Comi um óptimo carpaccio de peixe branco ( o Tiago foi para o de vitela ), folhado de queijo de cabra e nozes caramelizadas, batatas bravas, e o meu "all time favorite" : Cornetto de Guacamole, salmão, cavala e tobiko. Para prato principal ele foi para a Picanha Wagyu e eu para um Bacalhau com crosta de amendoim, piri-piri, banana e mandioca que escolhi por ser super diferente e a combinação de sabores - apesar de improvável - é incrivel! 

 

E sim... ainda fomos às sobremesas que não valia a pena deixar para "sabe-se lá quando". Um cheesecake de goiabada e uma "bomba" branca ( uma bola de gelado de chocolate branco, merengue e morangos ). 

 

Não houve nada de que não tivéssemos gostado. O restaurante é super bonito e foi mesmo o momento de que estávamos a precisar " a dois". No Verão irá funcionar com uma esplanada resguardada onde irei - com toda a certeza - beber um cocktail sem álcool enquanto passeio a Miss Vi - antes do jantar bebi um cocktail de Ananás, Côco e Mangericão maravilhoso. 

 

Mas... no meio disto tudo... porque é que estou a comer massa e a culpa é do Olivier? 

Porque quando me deram os parabéns pela gravidez e comentei que a menina ia nascer muito em breve, o Chef voltou com um recipiente com molho de tomate e outro com pesto. É a "massa da minha tia" e quero que leves para comer quando te apetecer. Achei este gesto uma delicia. E a massa da tia dele também ahah. 

 

A carta tem inclusive uma secção de pratos que são servidos a qualquer hora e onde se encontra esta "Massa da minha tia Carolina", ao lado de um linguini de parmesão e trufa preta, de um risotto de cogumelos campestres e espargos verdes e de duas saladas : Caesar e Olivier. 

 

Dificilmente me iria esquecer do jantar pelo que aquele momento representou no calendário das nossas vidas. E apesar de estar tudo maravilhoso... penso que é o sabor desta massa com molho de tomate e pesto comida às 10 da noite em cima do computador que nunca vou esquecer. 

 

*infelizmente não estou a conseguir por imagens no post... mas não queria deixar de partilhar esta experiência convosco :) 

 

 

 

Olivier,

Rua Júlio César Machado, 7/9, Lisboa
1250-096 Lisboa

Avenida da Liberdade
23
Jan17

La Mensa - Piadinas e Outras Sugestões Deliciosas :

Ana Gomes

DSCF6545.JPG

 Hoje vou-vos falar de mais um sitio giro e simpático para comer em Lisboa! 

 A semana passada marquei um almoço com a Mafalda ( que foi quem fez estas fotos super fixes ) e lá fomos nós até Santos. O La Mensa fica no Largo Vitorino Damásio e fica numa pequena portinha vermelha que se abre para um espaço pequenino e acolhedor. 

No menu podemos encontrar piadinas ( adoro!! ), carpaccios e saladas. A base é a cozinha italiana, leve e saudável. 

Quisemos provar tudo! Começamos por uma Salmão Asiático, eu segui para a Piadina de Salmão - a Maf provou de Frango - e mesmo estando muito satisfeitas não conseguimos dizer que não à Piadina de Banana, Morango e Nutella. Para beber uma Limonada de Gengibre sem açúcar! 

 

Infelizmente fomos num dia de muitooooo frio e ficar na esplanada era impensável, mas acredito que nos dias amenos seja muito bom poder fazer a refeição ali mesmo no Largo! 

 

Gostámos muito e ficou marcado como um sitio "a voltar". 

DSCF6546.JPG

 

DSCF6552.JPG

 

DSCF6558.JPG

DSCF6564.JPG

 

DSCF6573.JPG

DSCF6581.JPG

 

DSCF6603.JPG

 English Short Version : 

Cool little place in to eat healthy Italian inspired food : piadinas, carpaccios and salads. Has a nice terrace for warm days. 

 

Contactos :

 
Morada :  
 
Largo Vitorino Damásio 2D, Santos
Lisboa
 
Telefone : 
 
21 242 7136
 
Aberto de Segunda a Quinta das 08h às 19h
Sextas das 08h às 23h
Sábado das 11h às 23h
Encerra ao Domingo 
 
 

 

 

03
Dez16

Sugestões Culturais Lisboa.

Ana Gomes

IMG_1987.JPG

É bem verdade que hoje é mesmo daqueles Sábados preguiçosos e muito chuvosos mas... depois de uma manhã de ronha na cama, sugiro que façam uma refeição maravilhosa e aproveitem as compras de Natal no Chiado para fazerem uma "pit stop" nesta exposição do MUDE. 

 

A exposição Cidade Gráfica está no Convento da Trindade ( mesmo ao lado da cervejaria ) e é de entrada gratuita. Como adoro NEONS e Lisboa estava com imensa vontade de ir. Acho perfeita para quem quer viajar no tempo ou para quem precisa de inspiração, já que esta forma de "comunicar" passou de ultrapassada a super trendy. 

Fui lá ontem com a Mafalda e com o seu grande amigo Tiago e vimos a exposição bem rápido ( 30 minutos com tempo para fotos ). 

 

 

IMG_1991.JPG

 

  Hoje ao final da tarde vou ao Teatro ver o espectáculo " Infantaria " do Rafael infante ( que muito provavelmente conhecem da Porta dos Fundos ). Felizmente decidiram prolongar o espectáculo e podem vê-lo hoje e amanhã no Teatro Armando Cortez pelas 18h. Bilhetes aqui. 

 

Sugiro que deixem o carro em casa e optem por um CABIFY para não se preocuparem com estacionamento! Caso sejam novos utilizadores usem o código BARBIECABIFY ( assim em maiúsculas ) para um crédito de 12€ na primeira viagem! 

 

Bom Fim-De-Semana ;) 

13
Out16

A Maior Venda de Bijuteria do Universo - A Outra Face Da Lua.

Ana Gomes

 

amaiorvendadebijuteriadouniverso.jpg14600867_10153848882890598_4445275683999309574_n.j

 

 

 

 

 

Se gostam de acessórios e seguem tendências já se terão apercebido que o grande "BOOM" desta estação serão os brincos XL. 

 

É claro que existem imensos modelos novos - se é tendência as marcas produzem - mas os melhores achados são mesmo os brincos vintage. 

 

A loja " A Outra Face da Lua " começou hoje mais uma edição da Maior Venda de Bijuteria do Universo e durante os próximos dois dia podem perder a cabeça por lá. 

 

Eu já trouxe dois pares de brincos e um cinto dourado mas acreditem : ficaram milhares de peças para escolha. E são uma perdição.

 

Podem saber mais detalhes sobre o evento no facebook através deste link. 

 

Infos : 

A Outra Face Da Lua 

Rua da Assunção n22
Lisboa
21
Set16

Cabify x Home Sweet Sushi

Ana Gomes

22.jpg

 

 Hoje os super-motoristas da CABIFY têm uma missão ainda mais especial. 

Hoje, para além de nos facilitarem a vida e tornarem a mobilidade na cidade mais cómoda... vão ainda associar-se à Home Sweet Sushi para entregas de Sushi! 

Estas entregas serão feitas de forma gratuita na região de Lisboa e serão combinados de 12 peças de sushi preparadas, naturalmente, pelo Home Sweet Sushi.

Serão atendidas as reservas dos 200 pedidos primeiros pedidos, que podem ser feitas na aplicação através da categoria Cabify Sushi, entre as 9:15 e as 15:15, para um horário de entrega entre as 17:15 e as 22:15.

Para mais infos consultem: http://cabifysushi.cabify.pt/.

 

O download da aplicação Cabify pode ser efetuado de forma gratuita na AppStore (iPhone), Google Play (Android) ou no site www.cabify.com.

 

Boa Viagem e... Bom Apetite! 

19
Set16

Barberia O Corvo - o novo hotspot para barba e cabelo.

Ana Gomes

Homens de Lisboa este post é para vocês. 

Bom não só para vocês. Homens de passagem por Lisboa : este post também é para vocês. 

13939401_592510190919031_1297338621746612878_n.jpg

 

14292522_1114911251890848_7206991098358162402_n.jp

 

Há um novo "hotspot" para cuidarem da barba e do cabelo e fica MESMO no coração desta cidade pulsante. O nome ? Mais lisboeta impossível : O Corvo. 

Fica na Rua da Assunção, o melhor ponto de referência será a Rua Augusta, no nr 42 e está num primeiro andar: super fácil de indenditificar já que há um "Barber Pole" a marca território. 

 

 

14225530_602070429963007_8695864267602459495_n.jpg

 

O espaço está mesmo giro : numa onda rockabilly em perfeita sintonia com o tipo de penteados que inspiram o "barbeiro" Paulo. Barbeiro está com aspas não por desprimor, mas porque é só esquisito chamar alguém pela profissão, concordam?

 

Admiro imenso a coragem das pessoas, como o Paulo, que seguem a própria paixão e vocação e decidem investir no seu próprio espaço. E repito : o espaço está mesmo giro! Os rapazes "aqui de casa" - Pai incluído - já são clientes habituais e quero acreditar que este vai passar a ser um espaço de culto para muitos outros homens. 

 

Para a experiência completa podem ainda beber um copo : cerveja, whisky ou rum e ainda vale espreitar da varanda para as ruas da cidade. 

 

Informações Úteis : 

 

Morada : 

Rua da Assunção, nº42, 1º Andar
1100-044 Lisbon

 

 

Walk-ins e Marcações
Seg-Sex. 11:00 - 19:00
Sábado. 10:00 - 14:00

Só com marcação
Seg-Sex. 19:00 - 21:00
Sábado. 14:00 - 19:00

 

Contacto para marcações : Facebook, Instagram ou pelo número 93 411 05 39

 

If you are travelling to Lisbon, and care about new cool spots, you must make an apointment here to take care of you hair and beard! O Corvo is a recent Barber Shop that just opened right in the city center. You get a rockabilly vibe while cutting your hair and having a drink. For more information follow this links FacebookInstagram or send an Whatsapp message to this phone number : +351 93 411 05 39 .  

 

 

15
Set16

De Lisboa com Amor.. Benamôr.

Ana Gomes

1929 - Beijos Benamor.jpg

 Há umas semanas fui convidada para um pequeno-almoço que tinha como objectivo falar e explorar a marca portuguesa Benamor. 

Foi uma manhã feliz, rodeada de coisas bonitas, produtos carregados de história e um imaginário super "romântico" e feminino. 

Foi muito interessante perceber que uma marca tão antiga e com adn português encontrou um novo pulsar com a adoração recente dos produtos "vintage". 

Na realidade a Benamor nunca saiu do mercado ( muitos de vós devem conhecer o famoso Creme de Rosto ) mas recentemente assistimos não só a uma consolidação da marca como a uma internacionalização interessante. 

A imagem? Mantém-se! Bonita, requintada e com um toque de Arte Decó que amo. Reparem só nestas publicidades antigas... fiquei completamente apaixonada e pedi para que me enviassem estas imagens para que as pudesse partilhar convosco. 

 

Pude perceber, pela conversa que tivemos, que estão receptivos em adaptar-se ao mercado. E estão a lançar produtos lindos - como sempre - e cheios de carisma. 

 

Há um novo aroma " jacarandá " que lembra Lisboa na primavera, há o creme gordíssimo repleto de hidtração e sabonetes tão cheirosos que nos balançamos entre a vontade de os usar e "pena" de os estragar. Os preços? Super justos! 

 

Podem ver todos os produtos e novidades no site. Por aqui deliciem-se com as campanhas : 

1930 - Benamor.JPG

 

1951-1Mai.Modas&Bordados - Creme Benamôr.jpg

 

1951-Mai. Eva -Creme Benamôr.jpg

 

1956-Jun. Eva - Creme Benamor.jpg

 

 

23
Ago16

Escrever sobre Lisboa - Revista de Turismo de Lisboa.

Ana Gomes

image.jpeg

Sou alfacinha de gema. E Amo a minha cidade. São coisas que não se explicam. Não há nada de errado em não sentir paixão pelo sitio onde se vive. Mas eu sinto.

Acreditem que regressar aqui, depois de quase 2 meses fora, foi um bálsamo. Não posso dizer que tenha sentido saudades. Ou por outro lado que tenha deixado de apreciar enquanto aqui estive : nada disso. Mas cada vez que  volto a descer a mesma rua de todos os dias é como se enchesse o peito de ar e fosse uma alegria imensa.

 

Antes de me ir embora na viagem fui desafiada a escrever um pequeno texto sobre Lisboa para a Revista de Turismo de Lisboa. Já foi publicado e partilho-o hoje convosvo :  

 

"Escrever sobre Lisboa é um exercício difícil. 

Quando me ponho a pensar na minha cidade penso sempre naquele discurso das mães "apesar das noites mal dormidas é o Amor da minha vida. 

E é assim a minha relação com Lisboa. A mesma de uma mãe babada que tem muita dificuldade em aceitar que também podem haver defeitos. Tenho a sorte de viver no coração da cidade, por brincadeira digo que, o Adamastor - aquela varanda maravilhosa que se estende para o rio - é o jardim lá de casa. E se Lisboa é maravilhosa vista de fora, nem queiram imaginar o que é sabê-la por dentro. Nas ruas misturam-se várias culturas e está bem de ver que cada bairro tem a sua vida própria. Não acreditam? Experimentem dizer a alguém de Alfama que é da Bica ou vice-versa e sintam o pulsar do sangue de um verdadeiro bairrista.  Cada bairro é uma aldeia e ainda se vão conhecendo os vizinhos e o senhor do café. Bom... a minha Lisboa ainda é assim. E há que lhe conhecer as manhas : o verdadeiro Alfacinha sabe que mal Junho se aproxima não há janela que se abra. O risco?  Bom... Junho cheira a Sardinha assada e convém saber lidar com isso. Lisboa ainda é envergonhada, mas começa a perder o medo : já se vende, já se valoriza. E se há monumentos que fazem, há muito, parte do circuito turístico, há outros que começam agora a ser revelados: a gastronomia, as colinas, os miradouros e até a arte urbana. 

É bonito ver Lisboa cheia de turistas, digam o que disserem, isso enche-me de orgulho. As praças estão cheias de gente, há música pelas ruas, enfeitamos as montras com outro orgulho e até vivemos as margens do rio com medo que nos roubem a paisagem. 

Ser de Lisboa é conhecer o melhor tasco e o restaurante mais cool, conhecer o melhor bailarico e saber que as boas noites se dançam no Lux. Conhecer pelo menos 3 centros comerciais e saber onde se compram os melhores achados vintage. Ser de Lisboa é ver o Castelo ao longe e provavelmente não lá ter entrado. Ser de Lisboa é viver em escassos metros quadrados para não trocar de código postal. 

Eu não sei ser de outro lugar que não Lisboa. E sei que por muito que viaje me basta fechar os olhos e recordar o momento exacto em que, ao descer a Rua da Misericórdia no Chiado, se começa a avistar a primeira nesga de rio lá ao fundo. "

 

Lisboa, Junho 2016 

 

 

Publicações Turismo de Lisboa. 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D