Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

29
Dez16

Workshop Receitas Saudáveis - Mitosyl

Ana Gomes

Mitosyl_067.jpg

 

Há umas semanas recebi um convite muito especial da MITOSYL

Acredito que já conheçam a marca mas com toda a certeza que - pelo menos por aqui - irão ouvir falar muito mais já que vai ser super importante nesta nova fase.

 

Marcámos encontro no Instituto Macrobiótico para um workshop de Alimentação Infantil Saudável. Este ponto é particularmente sensível para mim. Tenho algumas preocupações neste capitulo, não tanto pela postura que quero ter em relação ao meu bebé mas pela resistência das pessoas que me rodeiam. 

Sei que os meus pais aceitam tranquilamente a opção que quero tomar ( de excluir a carne da alimentação e de preferir uma alimentação mais natural ) mas sei-o porque aceitaram que tomasse essa decisão para mim. Diariamente lido com pessoas que continuam a questionar as minhas opções e sei que o farão com uma lupa maior sobre o meu bebé. Ainda assim a minha decisão está tomada. E depois de tomar uma decisão deste calibre não há nada mais importante do que informar-me o mais possível. 

Ora... o convite para este workshop não podia ter sido mais apropriado. E ainda que seja precoce pensar nisso - ainda faltam alguns meses até nascer, e teremos vários meses de amamentação exclusiva pela frente - eu adoro aprender e senti-me ainda mais confiante em relação à minha decisão. 

 

Aprendemos a fazer um leitinho de arroz integral - uma opção válida e muito nutritiva como alimento de transição. E vários snacks saudáveis como humus, wraps de tofu, molho para pizzas e massas e umas bolinhas energéticas.  Todas as receitas são confeccionadas com ingredientes naturais, biológicos, sem químicos, aditivos, açúcar ou produtos refinados.

 

Nesta fase inicial a ideia de poder fazer o meu próprio leite de transição/complemento e casa é muito agradável. Eu não sei se vou conseguir SEMPRE usar esta opção, se será viável com a minha vida de corropios cozinhar todos os alimentos ou fazer as melhores opções mas esta será a minha prioridade e saber que no biberon estará só arrozinho integral, água e geleia de arroz para adoçar é um descanso!

 

 

Mitosyl_044.jpg

Geninha Varatojo é especialista em alimentação macrobiótica infantil. Mitosyl_020.jpg

 

Mitosyl_026.jpg

 

Mitosyl_027.jpg

 

Mitosyl_031.jpg

 

Mitosyl_043.jpg

 

 

 

Mitosyl_048.jpg

 

Mitosyl_055.jpg

 

Mitosyl_064.jpg

Mitosyl_070.jpg

 

Mitosyl_079.jpg

 

Mitosyl_081.jpg

 

Para os interessados no dia 25 de Fevereiro irá ter lugar no IMP um Workshop de Alimentação Saudável para Bebés e Crianças e no dia 8 de Abril um Workshop de Alimentação Para Grávidas e Primeiras Papas do Bebé. 

 

20
Fev14

Sopa Miso

Ana Gomes

Porquê a Sopa Miso? 

 

Foi uma pergunta que já me colocaram várias vezes no facebook. E é bem perguntado ;) Ora bem... eu ADORO sopa, e em Portugal fazemos as melhores sopas de sempre, pelo menos o meu palato assim entende. 

E nesse sentido poderia ficar pelas nossas receitas... Mas a diversidade enriquece a nossa vida, e no que diz respeito à alimentação se for uma opção saudável e nutritiva vamos embora! 

 

Na verdade a Sopa Miso é como...a canja de galinha para quem não come carne! É um caldinho muito ligeiro, muito reconfortante e com muitas propriedades positivas, a saber : 

 

A pasta de miso resulta da fermentação de : soja, cevada ou arroz. É rico em cálcio, aminoácidos essenciais, vitaminas do complexo B e enzimas.

É tido como uma óptima forma de reequilibrar o organismo, sendo desintoxicante e depurativo. 

 

(imagem da net)

A receita : 

 

Ingredientes: Miso de Cevada, cebola, abóbora, Alga Wakamé (demolhar 5 min), gengibre e cebolinho.

Preparação: Coloca-se numa panela a água necessária para a quantidade de sopa que se pretende obter, adiciona-se a abóbora, cortada em cubos pequenos e meia cebola cortada em meias luas. Deixa-se cozinhar 10 minutos e adiciona-se alga wakamé (previamente demolhada) cortada em tiras pequenas. Quando a água ferver, desliga-se e acrescenta-se cebolinho e sumo de gengibre (ralar o gengibre e espremer o sumo da polpa).

Na tigela, de cada vez que se for comer a Sopa, coloca-se o Miso (1 colher de sobremesa para cada tigela de sopa) e dissolve-se muito bem, num pouco da água da sopa. Isto porque o calor activa as enzimas presentes no Miso e, como tal, este não pode ferver pois perde qualidades.

Observações: Para diversificar o sabor final da sopa, pode variar escolhendo hortelã, coentros, salsa, alho francês ou sumo de limão. Ocasionalmente, juntamente com os outros vegetais, pode cozinhar uma pequena porção de cogumelos shitake, dá-lhe um toque especial.

 

Receita daqui - I Love Bio. 

 

Em alternativa pode ser cozinhada na Cookii - 10 min - temperatura 100º . :)) 

 

 

Entretanto no Instituto Macrobiótico vai começar dia 1 de Março um Workshop de Iniciação à Culinária Saudável - mais infos - IMP .

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D