Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

07
Jun18

Panela de pressão? Usam ou nem por isso?

Ana Gomes

Quando estava a tentar orientar as compras e o recheio da casa onde moramos agora, fiz uma mini lista ( tipo lista de casamento ) com as coisas que tinha em bom estado e aquelas que seriam precisas comprar. 

Um mundo de pequenos detalhes e ajustes que fariam sentido numa cozinha com outra capacidade. Na altura estava temporariamente a viver com os meus pais e a minha mãe sugeriu que eu comprasse uma panela de pressão. Torci o nariz. 

 

2CC676B0-87DC-40FF-8749-FB15A7CF299E.jpeg

 

Não me fazia sentido ter mais uma panela, ainda por cima uma panela de pressão... nunca tinha tido uma e nunca tinha sentido essa necessidade. Desde Maio que sei que Mãe é Mãe e as Mães têm sempre - quase, quase, quase sempre - razão. E na altura optei pelas da TEFAL - trouxe as frigideiras e a panela de pressão ao mesmo tempo. Escolhi a Tefal Clipso Minut Duo 5 - podem ver mais infos neste link. Para além de ter uma dupla função é gira... ahaha. 

De facto vive-se sem panela de pressão. Mas vive-se de uma forma um pouco mais facilitada se temos uma. Cá em casa comem-se muitas leguminosas. Feijão, Grão e Lentilhas fazem parte de praticamente todos os pratos - como não como carne nem peixe acabo por ir buscar proteína às leguminosas - e apesar de em alguns momentos recorrer a estes alimentos pré-cozinhados ( enlatados ) tento ao máximo seguir a opção mais saudável que é comprá-los secos - de agricultura biológica - e cozinhá-los em casa. 

Imagino que desse lado possam estar algumas pessoas a revirar os olhos e a pensar "quem é que tem tempo para isso?!". Pois... eu compreendo o pensamento. Mais fica não só mais barato como é - efectivamente - a opção mais saudável já que quem controla a quantidade de sal somos nós! :) E eu respondo à vossa pergunta : tem tempo para isso quem tem uma panela de pressão. Depois de demolhados os grãos secos cozinham-se entre 30 a 40 minutos numa panela de pressão ( contra 2 horas numa panela comum ). Geralmente o que faço é o seguinte - não me digam que não partilho dicas boas convosco - antes de me deitar deixo os grãos secos de molho - com alga kombu - e no dia seguinte coloco a cozinhar enquanto faço outras coisas em casa. Ou trato da Vi, ou trato de mim... ou trabalho. São 30 minutos e em 30 minutos não é preciso pensar muito em como ocupar esse tempo. Quando os feijões estão cozinhados e temperados a gosto utilizo uma parte na receita do dia e congelo o restante para que num dia em que não tenha tempo para cozinhar ter algo preparado. 

Uso as MasterSeal da Tefal de que já vos falei inúmeras vezes nos instastories para as guardar no congelador. E no caso da Vi o que faço é congelar num recipiente para fazer cubos de gelo e sei que cada cubinho corresponde a uma sopa! :) 

 

Gostam deste tipo de dicas? Espero que sejam verdadeiramente úteis! 

25
Jun15

Cozinhar é um acto de Amor.

Ana Gomes

image.jpg

 

(na foto com a Andreia do blog Glimmer Le Blonde)

 

 Cozinhar é um acto de Amor. 

Não foi dificil compreender isso. 

A minha mãe sempre tão cuidadosa, persistente e apurada nas receitas que preparava para nós. Depois as minhas tias e as mesas cheias de cor e aromas resultado de tantas horas de volta dos ingredientes e dos tachos. Nos almoços de familia nunca falta opção para ninguém... seja o petisco preferido ou a sobremesa de eleição. E ai de quem diga que gostava mesmo era "daquilo" ... é que o que quer que "aquilo" seja estará na mesa no próximo encontro. 

Aprendi tanto sobre a vida enquanto amassava pão, mexia bolos ou espreitava a massa a levedar. 

Cada vez menos usamos o nosso tempo para cozinhar. E sendo assim é necessário que o Amor passe para a escolha do menu. Parece tonto? Mas não é! Todas sabemos que a comida são sentimentos - o que é errado do ponto de vista nutricional - mas tão certo emocionalmente. E nada é melhor do que chegar a casa e saber que alguém se lembrou de nós quando comprou o jantar. Somos um bocadinho de cada coisa. Somos um pedacinho de cada gosto ou preferência. 

Eu adoro sujar as mãos e cozinhar. Não gosto particularmente de cozinhar para mim... mas adoro preparar refeições. Abrir a dispensa, o frigorifico e as gavetas cheias de frasquinhos e inventar o suficiente para que no final o sabor seja o certo, ou o mais agradável possível. 

Depois há aquela minha crença de que os alimentos nos podem curar e é aí que aprender sobre cada um deles se torna magia pura. 

Ontem pude meter as mãos na massa ( assim mesmo literalmente ) e partilhar com pessoas que pensam como eu receitas que nos fazem felizes. 

 

Obrigada Mafalda Pinto Leite. Pela aprendizagem, pelas partilhas e por esta foto tonta! 

 

(Workshop realizado a convite da Elleta Watches do qual falarei em detalhe num post cheio de fotos bonitas ). 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D