Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

28
Dez16

Cadernos de Viagem By American Tourister. Viagem a NY - 2.

Ana Gomes

 

IMG_2355.JPG

Vamos voltar um bocadinho atrás no tempo e falar dos últimos dias em Nova York. 

Como vos expliquei neste post a viagem foi um misto de trabalho e lazer já que queria muito aproveitar o timing para uma viagem grande antes do final da gravidez. 

Esteve MUITO - mas mesmo MUITO - frio durante o tempo todo e isso fez com que explorássemos menos a cidade. Isto não foi um problema já que não foi a primeira vez por terras Americanas para nenhum dos dois. 

Depois da viagem pela Ásia tinhamos falado em como seria giro fazer uma road trip pela route 66 e era esse o plano de viagem para 2017. Vamos ter de adiar o sonho por mais um tempinho mas tivemos a confirmação de que a queremos mesmo fazer. 

 

Passo a explicar : 

As diferenças entre bairros e zonas em Nova York é tão significativa que fazer uma viagem que envolva passar por vários estados deve ser de uma riqueza sem fim! 

Depois de Queens - Astoria e Manhattan decidimos ir até Brooklyn. Mas não fizemos a travessia pela Brooklyn Bridge ( a super famosa ). Como estavam 5 graus negativos optámos por usar o serviço Uber Pool e com 14 dólares chegámos ao bairro que queríamos conhecer : Williamsburg. 

 

Ainda que compreenda o "hype" em torno de Brooklyn - por ser de alguma forma uma contra-cultura - não fiquei muito surpreendida com o que encontrei. Entendo que de certa forma seja antagónico quando pensamos na "vizinha" do lado - Manhattan - mas quem conhece bem Londres e a vida dos mercados e da arte urbana sente-se em casa e nunca um estranho. 

 

Por ali proliferam várias lojas de artigos em segunda mão, moda vintage, pequenos cafés ( e não se avista o Starbucks - credo ) e o único Dunkin Donuts que vi tinha a frente de loja em preto e branco e não em cor de rosa! 

Perdi-me com as montras das "lojinhas" com peças de joalharia mesmo bonitas e roupa tão cool que mudava de estilo a cada 10 metros. 

Williamsburg é conhecido pela street art, pelos bons restaurantes e bares. Lembrou-me tanto Londres que até encontrei o ROUGH TRADE! Foi por lá que acabei por passar um bom pedaço da tarde : um chá quente, boa música, uma banda a fazer soudcheck e uma cookie gigante de chocolate e cereja ;) 

 

IMG_2395.JPG

 

IMG_2396.JPG

 

IMG_2398.JPG

 

IMG_2401.JPG

 

IMG_2403.JPG

 

IMG_2416.JPG

 

IMG_2423.JPG

IMG_2426.JPG

 

IMG_2429.JPG

 

IMG_2433.JPG

 

IMG_2441.JPG

Em Brooklyn almoçámos num restaurante mexicano. Uma tortilha de Tofu e uns nachos com queijo ( que desgraça ahah ) . Caminhámos o que conseguimos com o frio que estava e fomos até à margem do rio. O final de tarde estava mesmo incrivelmente bonito e ver Manhattan "deste lado" vale a pena. 

 

Ficámos umas duas horas no Rough Trade a aquecer e entretanto chegou o Nelson para nos levar a ver duas coisas de sonho : 

As decorações de Natal de Dyker Heights um bairro judeu também em Brooklyn em que as ruas acabam por ser cortadas tal é a afluência de gente para ver as iluminações das casas. E entende-se... é mesmo uma loucura! 

Nem saímos do carro! São kms de casas assim decoradas :) Sigam este link para terem uma ideia mais concreta daquilo que vos estou a tentar explicar. 

 

IMG_2459.JPG

 

IMG_2461.JPG

 

IMG_2464.JPG

 

IMG_2467.JPG

As fotos estão ligeiramente desfocadas mas queria-vos mesmo que tivessem uma ideia desta magia! 

Tinha comentado com o Nelson que adorava ir a Coney Island - a culpa é dos filmes - e que estavamos quase a meter-nos no comboio para ir espreitar aquilo quando ele diz "então bora lá". 

Fiquei mesmooo contente! Coney Island e o Luna Park são referências frequentes no mundo do cinema e estar perto daquela roda gigante na praia era um sonho que - finalmente - podia concretizar. 

E lá fomos! E perguntam vocês : porque não há então fotos desse "cenário"? Porque com tanto grau negativo o Luna Park estava fechado. Estive lá à porta - confirmo - e os rapazes até quiseram ir comer um cachorro ao famosissimo Nathan's mas ninguém tentou bater nenhum record maluco. 

 

No regresso a casa e parámos num restaurante grego em Astoria para jantar. 

As experiências gastronómicas em Nova York são realmente incriveis. Associa-se muito esta viagem a "junk food" e sim... é muito comum e diria até apelativa, mas a confluência de culturas faz com que deste melting pot resultem óptimos restaurantes conduzidos por pessoas das próprias nacionalidades. 

Comi a melhor salada grega de sempre e umas lulas grelhadas maravilhosas!

 

IMG_2470.JPG

 

IMG_2473.JPG 

Os planos para domingo já estavam mais do que definidos! Passar o dia com o Nelson e com a Luna ( a filha ) e ver o Benfica numa comunidade portuguesa. Felizmente ganhámos ( e ficámos todos contentes naturalmente ) e durante 3 horas estivemos sempre a ouvir falar português. É mesmo engraçado compreender a união e a cumplicidade dos conterrâneos. 

Quando o almoço terminou fomos passear a um centro comercial e vivenciei a loucura das compras de Natal. Se por cá reclamamos das filas lá as coisas triplicam a dimensão : foi meio caminho andado para não cair em tentação. 

Mas sabem porque nos decidimos enfiar num centro comercial? É que quando saímos do restaurante estava a nevar! Ainda andei a dançar na neve mas parei mal começou a ser ridículo andar ao frio. 

IMG_2491.JPG

 

IMG_2493.JPG

 

No último dia preparámos as malas para o regresso - ainda bem que decidi levar a minha mala de cabine da American Tourister praticamente vazia... voltou cheia com as compras do menino Tiago e com as coisas que nos tinham pedido - e saímos para um último pequeno-almoço. Andei a namorar uma Bakery que ficava na esquina da nossa rua e fomos tomar um American Coffee e uma grande fatia de bolo. 

Andámos durante umas duas horas pelo bairro e descobrimos lojas bem giras - como esta de discos onde quase comprei o meu gira-discos. 

 

IMG_2513.JPG

 

IMG_2514.JPG

 

IMG_2526.JPG

 

IMG_2529.JPG

 

IMG_2531.JPG

Regressámos a casa para nos despedirmos do Nelson e para irmos buscar as malas e ele sugeriu que fossemos "grab a bite" antes da viagem. A "bite" acabou por ser essa pizza gigantona! 

Com a promessa de um reencontro em breve lá nos metemos no metro e depois no comboio em direcção ao aeroporto. 

 

IMG_2532.JPG

  

IMG_2543.JPG

Adorei a viagem. Foi muito importante para mim - psicologicamente - sentir que a gravidez não me impediu de continuar a fazer tudo como antes. Bom... com um pouco mais de cansaço e outro pouco mais de fome. Mas consegui fazer a viagem de avião na boa, diverti-me, aproveitei e senti que o tempo que passámos juntos foi igualmente enriquecedor.

 

Nova York é muito inspirador. Gosto de ir na rua e no metro e observar as pessoas. Sentar-me num café e perceber os diferentes estilos, as motivações. Costumo dizer que só quem faz esta viagem consegue entender realmente as comédias românticas, os dates nos bares ao final do dia e certos detalhes sociológicos que - apesar de tudo - são diferentes até entre grandes metrópoles.

 

Voltarei a Nova York sempre que puder. E recomendo a viagem!  

 

 

 

 

 

 

*Estes cadernos de viagem são escritos com o apoio da American Tourister.

 

Podem saber mais sobre a marca nas seguintes plataformas : 

Facebook;

Instagram;

Loja Online;

Ou nos hashtags : #AmericanTourister #MyAtStyle 

 

3 comentários

Comentar post

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D