Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

14
Nov16

Serenity - Pine Cliffs.

Ana Gomes

IMG_1441.JPG

 

Hoje e amanhã estarei a experimentar o programa Serenity - The Art Of Well Being no Pine Cliffs. Este programa é um sonho porque integra desporto ( no meu caso caminhada e yoga ), um tratamento de Spa, um workshop de comida orgânica e todas as refeições saudáveis e - na minha opinião - felizes. Ainda esta a começar e já quero recomendar. Podem ir acompanhando a jornada no instastories - @amelhoramigadabarbie .

17
Out16

Dining Delight - a experiência soberba no Tivoli Palácio Seteais.

Ana Gomes

IMG_0223.JPG

 

Há alguns anos - não vou dizer quantos porque na realidade são muitos - fui numa visita de estudo a Sintra.

O objectivo? Conhecer alguns pontos d' Os Maias, visitar a Quinta da Regaleira e aproveitar Sintra. 

Depois da maravilhosa visita guiada à Quinta da Regaleira ( que nunca irei deixar de recomendar ) subimos até ao Palácio de Seteais : fiquei boquiaberta. 

Fiquei maravilhada com aquele jardim, com aquele enquadramento, com aquela beleza. E sei que disse que sonhava passar ali um dia. Mas encarei-o como uma coisa tão improvável que nunca mais pensei nisso. 

 

Até que... surgiu a oportunidade de ir e eu parecia uma criança feliz a chegar à Disney : convenhamos... é uma "vida" de princesa bem mais real que um filme.

Saímos de Lisboa ao final da tarde... e fomos recebidos num palácio para uma experiência MARAVILHOSA. 

Fui conhecer e provar o “Dining Delight”, um menu maravilhoso servido numa sala HIPER romântica : pintada com frescos do pintor francês Jean Baptiste Pillement, e acompanhado por uma violinista. 

 

É um óptimo programa a dois, garantidamente uma boa experiência gastronómica com um envolvimento mágico : não só pelo enquadramento, Sintra, mas pelos detalhes da sala e do palácio. 

 

Optei por dois pratos de peixe ( porque não como carne... ) e estavam soberbos : o menu é da autoria do Chef António Escudeiro e é composto pelas seguintes opções : 

 

Amuse bouche 

Camarão grelhado, Mini salada Caprese, presunto Pata Negra

OU

Foie gras com chutney de frutos secos, Salmão fumado, Chevre Gratinado com Rúcula Champanhe

Moet & Chandon, Brut Imperial

 

Entrada 

 

Ostras do Algarve gratinadas com alho francês e molho caviar

OU

Mil Folhas de Lagosta com espargos verdes e mousse de Rábano

 

Prato de peixe 

Robalo sobre algas Kombu e Hiyashi wakame com legumes e puré de batata Joel Robuchon

OU
Tranche de garoupa e espinafres frescos com massa folhada, Beurre blanc de Champagne

Vinho Branco – Planalto Reserva (DOC. Douro) OU Catarina (IG Setúbal) OU Montaria Reserva (IG Alentejo) OU Colares Chitas

Champagne OR Lime Sorbet

 

Prato de Carne 

Magret de Pato de seu Foie com redução de Porto sobre tarte de maçã verde

OU

Filet de Novilho sobre Risoto de legumes e morilles salteados

Vinho tinto Dona Maria (Doc.Alentejo) OU Château la Croix Merlin OU Vallado (Doc. Douro) OU Quinta dos Carvalhais (Doc. Dão)

 

Sobremesa 

Fondue de frutas tropicais com suspiro de canela

OU

Recheio de Queijada de Sintra com gelado de Framboesa e Ravioli de Mel

Porto Graham’s Tawny OU Generoso Carcavelos

 

IMG_0183.JPG

 

IMG_0193.JPG

 

IMG_0194.JPG

 

IMG_0200.JPG

 

IMG_0201.JPG

 

IMG_0205.JPG

 

IMG_0207.JPG

 

IMG_0209.JPG

 

Contactos : 

 

Tivoli Palácio de Seteais 

Facebook 

Morada : Rua Barbosa do Bocage, 8
Sintra
Contacto :  219 233 200
reservations@tivolihotels.com
 

 

 

23
Set16

La France! Diário de Viagem.

Ana Gomes

Olá de França! 

Neste momento já não de Paris... mas de Chambery! Ando numa verdadeira Tour de France e uh la la ... j'aime voyager. 

 

IMG_3081.JPG

 

IMG_3124.JPG

 

IMG_3126.JPG

 

IMG_3142.JPG

 

IMG_3145.JPG

 

IMG_3158.JPG

 

IMG_3082.JPG

 

IMG_3089.JPG

 

Não vim por nenhum motivo em especial : O Tiago tinha uma série de trabalhos e eu... trabalho para viajar! Desta vez a logística era meio complicada - várias reuniões em pontos diferentes e ajuda ter alguém para dar apoio. Eu! Ter sido produtora ajuda imenso a organizar estas viagens acreditem. Estou "treinada" para estudar as melhores opções em termos de distância, percurso ou forma de chegar de um ponto ao outro.  Isto não implica ter sentido de orientação ( tenho menos de zero ) mas tenho alguma paciência para organizar viagens : se me incluírem no plano, está bom de ver. 

 

Posto isto cá estamos: depois de um voo incrivelmente cedo de Lisboa para Paris, de vários kms a pé e outros tantos de Uber Pool, apanhámos o avião para Genebra e alugámos um carro para chegar a Chambery. A outra opção seria termos vindo directos de TGV para aqui, mas teríamos de alugar um carro para Várias deslocações e esta opção foi mais económica. Por outro lado já posso dizer que estive na Suiça. Foi só uma hora mas.. dá para por o pin no mapa? 

 

França está cada vez mais cara. Para conseguirmos um hotel com um preço razoável ( entre 50 a 60 euros por noite ) ficamos sempre em sítios inexplicáveis! Ontem ficámos num quinto andar sem elevador e com escadas em caracol... Só fazemos estas opções porque vamos apenas dormir e basta-nos o mínimo. Por uma refeição nunca consegui pagar menos de 15€ e estou a falar de uma salada e de um sumo. Sem café! Que custa em média 2,50€. Ontem fui ao supermercado comprar alguns " salva vidas " : 1 pacote de galetes de milho, uma maçã, um pacote de barritas de cereais, 1 garrafa de água e 1 saqueta de frutos secos e paguei... 18 euros! Incrível... não imagino gastar isto nem pelo dobro das coisas se fizer compras em Lisboa. Espero que a "invasão francesa" que se está a viver não inflacione os preços dos nossos supermercados. 

 

Hoje visitei o Lago Bourget em Aix Les Bains - chamam-lhe a Riviera dos Alpes - e é lindíssimo! 

 

Por aqui as lojas fecham incrivelmente cedo e mesmo quando optámos por ir a um shopping para dar uma vista de olhos nas lojas : tinham fechado às 19h! A senhora da recepção disse que os franceses não gostam de trabalhar. Não fui eu que disse... foi a senhora da recepção do hotel. Por aqui ficámos no meu adorado Ibis. É claro que AMO hoteis de charme, mas neste tipo de situações em que o orçamento tem de ser tido em conta e onde vamos apenas dormir o minimo conforto e a higiente do sitio são os únicos pontos que tenho em conta.. e nestes casos : Ibis Budget.  

 

Nota mental: não vale a pena pensar em "dietas" em França. Viva o queijo, as baguetes, o vinho e o chocolate. Preferencialmente na mesma refeição e tudo ao mesmo tempo. Com baton rouge. TOUJOURS! 

 

 

 

 

21
Set16

Cabify x Home Sweet Sushi

Ana Gomes

22.jpg

 

 Hoje os super-motoristas da CABIFY têm uma missão ainda mais especial. 

Hoje, para além de nos facilitarem a vida e tornarem a mobilidade na cidade mais cómoda... vão ainda associar-se à Home Sweet Sushi para entregas de Sushi! 

Estas entregas serão feitas de forma gratuita na região de Lisboa e serão combinados de 12 peças de sushi preparadas, naturalmente, pelo Home Sweet Sushi.

Serão atendidas as reservas dos 200 pedidos primeiros pedidos, que podem ser feitas na aplicação através da categoria Cabify Sushi, entre as 9:15 e as 15:15, para um horário de entrega entre as 17:15 e as 22:15.

Para mais infos consultem: http://cabifysushi.cabify.pt/.

 

O download da aplicação Cabify pode ser efetuado de forma gratuita na AppStore (iPhone), Google Play (Android) ou no site www.cabify.com.

 

Boa Viagem e... Bom Apetite! 

19
Set16

Barberia O Corvo - o novo hotspot para barba e cabelo.

Ana Gomes

Homens de Lisboa este post é para vocês. 

Bom não só para vocês. Homens de passagem por Lisboa : este post também é para vocês. 

13939401_592510190919031_1297338621746612878_n.jpg

 

14292522_1114911251890848_7206991098358162402_n.jp

 

Há um novo "hotspot" para cuidarem da barba e do cabelo e fica MESMO no coração desta cidade pulsante. O nome ? Mais lisboeta impossível : O Corvo. 

Fica na Rua da Assunção, o melhor ponto de referência será a Rua Augusta, no nr 42 e está num primeiro andar: super fácil de indenditificar já que há um "Barber Pole" a marca território. 

 

 

14225530_602070429963007_8695864267602459495_n.jpg

 

O espaço está mesmo giro : numa onda rockabilly em perfeita sintonia com o tipo de penteados que inspiram o "barbeiro" Paulo. Barbeiro está com aspas não por desprimor, mas porque é só esquisito chamar alguém pela profissão, concordam?

 

Admiro imenso a coragem das pessoas, como o Paulo, que seguem a própria paixão e vocação e decidem investir no seu próprio espaço. E repito : o espaço está mesmo giro! Os rapazes "aqui de casa" - Pai incluído - já são clientes habituais e quero acreditar que este vai passar a ser um espaço de culto para muitos outros homens. 

 

Para a experiência completa podem ainda beber um copo : cerveja, whisky ou rum e ainda vale espreitar da varanda para as ruas da cidade. 

 

Informações Úteis : 

 

Morada : 

Rua da Assunção, nº42, 1º Andar
1100-044 Lisbon

 

 

Walk-ins e Marcações
Seg-Sex. 11:00 - 19:00
Sábado. 10:00 - 14:00

Só com marcação
Seg-Sex. 19:00 - 21:00
Sábado. 14:00 - 19:00

 

Contacto para marcações : Facebook, Instagram ou pelo número 93 411 05 39

 

If you are travelling to Lisbon, and care about new cool spots, you must make an apointment here to take care of you hair and beard! O Corvo is a recent Barber Shop that just opened right in the city center. You get a rockabilly vibe while cutting your hair and having a drink. For more information follow this links FacebookInstagram or send an Whatsapp message to this phone number : +351 93 411 05 39 .  

 

 

15
Set16

De Lisboa com Amor.. Benamôr.

Ana Gomes

1929 - Beijos Benamor.jpg

 Há umas semanas fui convidada para um pequeno-almoço que tinha como objectivo falar e explorar a marca portuguesa Benamor. 

Foi uma manhã feliz, rodeada de coisas bonitas, produtos carregados de história e um imaginário super "romântico" e feminino. 

Foi muito interessante perceber que uma marca tão antiga e com adn português encontrou um novo pulsar com a adoração recente dos produtos "vintage". 

Na realidade a Benamor nunca saiu do mercado ( muitos de vós devem conhecer o famoso Creme de Rosto ) mas recentemente assistimos não só a uma consolidação da marca como a uma internacionalização interessante. 

A imagem? Mantém-se! Bonita, requintada e com um toque de Arte Decó que amo. Reparem só nestas publicidades antigas... fiquei completamente apaixonada e pedi para que me enviassem estas imagens para que as pudesse partilhar convosco. 

 

Pude perceber, pela conversa que tivemos, que estão receptivos em adaptar-se ao mercado. E estão a lançar produtos lindos - como sempre - e cheios de carisma. 

 

Há um novo aroma " jacarandá " que lembra Lisboa na primavera, há o creme gordíssimo repleto de hidtração e sabonetes tão cheirosos que nos balançamos entre a vontade de os usar e "pena" de os estragar. Os preços? Super justos! 

 

Podem ver todos os produtos e novidades no site. Por aqui deliciem-se com as campanhas : 

1930 - Benamor.JPG

 

1951-1Mai.Modas&Bordados - Creme Benamôr.jpg

 

1951-Mai. Eva -Creme Benamôr.jpg

 

1956-Jun. Eva - Creme Benamor.jpg

 

 

13
Set16

Ler.

Ana Gomes

image.jpeg

 

O que vou escrever a seguir é quase criminoso. Mas tenho a certeza que todas as pessoas que trabalham com redes sociais ou sem um horário de trabalho definido compreenderão : ler um livro ( em papel, não no formato digital ) tornou-se um prazer difícil de gerir. 

É demasiado doloroso ter de escrever que, na realidade, o acto de nos entregarmos a um livro é quase escandaloso quando há : e-mails em atraso, instagrams para actualizar, mensagens de facebook, outros artigos para ler, fotografias para editar, e por aí fora... Ler um livro - partindo do principio que as ferramentas digitais ficam em pausa - é um luxo. 

Um luxo nem sempre possível. 

 

A minha viagem - pelos vários momentos em que o acesso à internet era inexistente - permitiu-me voltar a esse tempo. Ao tempo em que ler é um prazer possível, em que procuramos a posição mais confortável para ler um livro, em que tentamos decidir se dobramos a página, sublinhamos o texto ou guardamos só aquela referência para nós. 

 

Há momento da minha vida em que acho que vivo demais o que se passa à minha volta e de menos aquilo que me poderia fazer crescer. Estudei Teatro : e a base do meu curso foram os grandes clássicos da literatura. Vi e revi a vida em páginas imensas. Descobri o fundo das pessoas, de que são feitas as personalidade e como o que é certo e justo nem sempre é o que devemos esperar. Não sei quando é que era uma pessoa mais realista : se quando lia se quando vivia a realidade. 

 

Cada vez mais acho que os valores básicos são postos de parte. Não interessa crescer em conjunto, lutar por uma estabilidade emocional ou por uma relação (amorosa, de amizade ou de trabalho ) : vivemos do ego, numa sociedade que nos ensina que só nós importamos. Os livros também nos ajudam a crescer em comunidade : em última análise estamos a viver a história de outra pessoa, saímos do nosso mundo para embarcar noutro! E a verdade é que isto tanto se aplica a romances ficcionados como a livros mais "práticos". 

Somos "forçados" a sair de nós, enquanto temos tempo de qualidade sozinhos. 

 

Tenho procurado regressar a uma certa rotina de leitura. Rapidamente percebi que são mais as vezes que adormeço a ver o feed do Instagram do que perdida numa história inspiradora. Mas ... não desisto! 

No fim-de-semana passado li um livro inteirinho! Uma tarde de sonho e um livro que comprei na Tailândia : Bossy Pants da Tina Fey. 

Agora quero "resolver" uns tantos. Ah... e não voltarei a emprestar livros. Adorava esse momento de partilha... até perceber que NUNCA me devolvem os livros. Mesmo quando eu acho que mais cedo ou mais tarde o vão fazer : passam-se anos! Empresto e dou referências, aconselho e partilho ideias. Partilhar livros? Nunca mais. 

Em contra-partida sou cuidadosa ( por isso Mafalda... empresta-me lá o livro da Man Repeller!!!) .

 

Livros para acabar de ler : 

 

COVER1-636x962.jpg

 Lidos agora : 

9780316056878.jpg9789724617176p.jpg

 

Adoro estes livros de mulheres. Ajudam-nos a olhar para vida com sentido de humor e uma leveza necessárias. Ensinam-nos a não nos levarmos tão a sério! Para além destes li o "Not That Kind Of Girl", o "Yes Please" da Amy Poehler ficou a meio ( porque não sei dele!!! ) e há outro de referência para mim que se chama "Amor, Curiosidade, Prozac e Duvidas" - dentro deste género há algum que recomendem? 

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 As fotos são da minha doce Mafalda, enquanto estava no sofá dela a ler o livro da Man Repeller que continuo a insistir que me empreste. 

08
Set16

Macdonald Monchique Resort & Spa - da Serra com Amor.

Ana Gomes

IMG_9067.JPGIMG_9078.JPG

Este fim-de-semana rumei a Sul.

Gosto bastante do Algarve, e por muito tolo que isto possa soar, durante a viagem longa pela Ásia comentei várias vezes que este ano seria pouco provável respirar o ar do sul. Ainda bem que tudo se organizou para poder  ter este fim-de-semana fora!

Acho Portugal maravilhoso ( como sabem ) e há coisas no Algarve que são incomparáveis : o cheiro, o pão, a alfarroba, os frutos secos, as laranjas, os figos... enfim! Podia ficar por aqui durante muito tempo a escrever e a sonhar com isto tudo. 

Acho que o Algarve está maravilhosamente servido no que diz respeito à oferta de hotelaria : é verdade que tenho tido acesso aos melhores hotéis mas hey... são realmente bons e dignos de visita. 

 

Estava muito curiosa com este hotel, o Macdonald Monchique Resort & Spa, não só por ter visto fotos maravilhosas de alguns amigos, mas também pela localização : a Serra de Monchique. Para mim Algarve é praia... mas ficar na serra foi uma experiência maravilhosa : um sossego perfeito, uma proximidade agradável do mar e da "civilização". Em resumo o melhor de dois mundos! 

 

Fiquei numa suite para onde me mudava já hoje. Muito espaçosa, com uma varanda/terraço perfeita, cozinha, sala e duas casas de banho. Um mini-apartamento com todos os equipamentos necessários que tornariam uma estadia mais prolongada num momento super confortável. Como ficámos apenas dois dias fizemos todas as refeições no hotel. Um detalhe que adorei? A existência de uma Merceria onde podem comprar produtos da região, produtos gourmet ou alguns básicos de que necessitem para uma refeição rápida. 

MM Room2469.jpg

 

MM Room2486.jpg

 

MM Room2554.jpg

 

MM Room2560.jpg

(fotos retiradas do site, não tirei fotos decentes ao meu quarto quando estava arrumado ahahah)  

 

Este é também um ponto de relevo : a oferta gastronómica é variada e para todos os gostos. Há petiscos, uma pizzaria ( onde jantámos no dia em que chegámos ), o bar da piscina para refeições ligeiras, e o ex-libris : Mon-Chiq onde vale mesmo a pena ir para uma refeição ( mesmo que não fiquem alojados no hotel ). 

 

Se gostam de experiências gastronómicas, cozinha de autor e sabores algarvios este é o combinado ideal! A cozinha está a cargo do Chef Louis Anjos que tivemos o prazer de conhecer. Preparem-se para ficar com fome : 

IMG_9037.JPGIMG_9040.JPGIMG_9038.JPG

(fotos retiradas na primeira refeição na Pizzaria da Serra) IMG_9048.JPGIMG_9050.JPG

(Alguns dos Snacks do bar da Piscina)IMG_9059.JPGIMG_9055.JPGIMG_9053.JPGIMG_9062.JPGIMG_9060.JPGIMG_9065.JPG

(alguns dos pratos do Mon-Chiq )

 

O motivo da nossa visita era usufruir do Pacote de Surf ( uma parceria com a Future Surfing School )  que inclui aula de surf, bodyboard, SUP e a possibilidade de usufruir do Sensorial Spa e de uma aula de 45 minutos no ginásio do hotel.  Como estávamos adoentados acabámos por ter de cancelar esta experiência. Apesar de termos mesmo ficado com pena, decidimos não nos ir abaixo com a indisposição e aproveitámos o hotel ao máximo! 

 

Paralelamente aos programas existentes o hotel disponibiliza uma agenda diária de eventos e actividades abertas a todos os hospedes. 

IMG_9068.JPG

Fiz uma coisa que ADORO fazer : deitei-me ao sol a ler um livro e li-o de uma ponta à outra. Nos dias que correm considero isto um luxo! 

Pelo que entendi ao longo do ano serão lançados outros pacotes temáticos que acrescentarão outras novidades à estadia no resort. 

Eu fiquei com muita vontade de regressar! Claramente há muito para aproveitar a Sul, mesmo depois dos meses de Verão, não acham ? 

IMG_9042.JPG

 IMG_9082.JPG

 

 

Contactos : 

Macdonald Monchique Resort & Spa

Site : http://www.macdonaldmonchique.com/

+351 282240130
Lugar do Montinho8550-232MonchiqueAlgarve
Portugal
23
Ago16

Escrever sobre Lisboa - Revista de Turismo de Lisboa.

Ana Gomes

image.jpeg

Sou alfacinha de gema. E Amo a minha cidade. São coisas que não se explicam. Não há nada de errado em não sentir paixão pelo sitio onde se vive. Mas eu sinto.

Acreditem que regressar aqui, depois de quase 2 meses fora, foi um bálsamo. Não posso dizer que tenha sentido saudades. Ou por outro lado que tenha deixado de apreciar enquanto aqui estive : nada disso. Mas cada vez que  volto a descer a mesma rua de todos os dias é como se enchesse o peito de ar e fosse uma alegria imensa.

 

Antes de me ir embora na viagem fui desafiada a escrever um pequeno texto sobre Lisboa para a Revista de Turismo de Lisboa. Já foi publicado e partilho-o hoje convosvo :  

 

"Escrever sobre Lisboa é um exercício difícil. 

Quando me ponho a pensar na minha cidade penso sempre naquele discurso das mães "apesar das noites mal dormidas é o Amor da minha vida. 

E é assim a minha relação com Lisboa. A mesma de uma mãe babada que tem muita dificuldade em aceitar que também podem haver defeitos. Tenho a sorte de viver no coração da cidade, por brincadeira digo que, o Adamastor - aquela varanda maravilhosa que se estende para o rio - é o jardim lá de casa. E se Lisboa é maravilhosa vista de fora, nem queiram imaginar o que é sabê-la por dentro. Nas ruas misturam-se várias culturas e está bem de ver que cada bairro tem a sua vida própria. Não acreditam? Experimentem dizer a alguém de Alfama que é da Bica ou vice-versa e sintam o pulsar do sangue de um verdadeiro bairrista.  Cada bairro é uma aldeia e ainda se vão conhecendo os vizinhos e o senhor do café. Bom... a minha Lisboa ainda é assim. E há que lhe conhecer as manhas : o verdadeiro Alfacinha sabe que mal Junho se aproxima não há janela que se abra. O risco?  Bom... Junho cheira a Sardinha assada e convém saber lidar com isso. Lisboa ainda é envergonhada, mas começa a perder o medo : já se vende, já se valoriza. E se há monumentos que fazem, há muito, parte do circuito turístico, há outros que começam agora a ser revelados: a gastronomia, as colinas, os miradouros e até a arte urbana. 

É bonito ver Lisboa cheia de turistas, digam o que disserem, isso enche-me de orgulho. As praças estão cheias de gente, há música pelas ruas, enfeitamos as montras com outro orgulho e até vivemos as margens do rio com medo que nos roubem a paisagem. 

Ser de Lisboa é conhecer o melhor tasco e o restaurante mais cool, conhecer o melhor bailarico e saber que as boas noites se dançam no Lux. Conhecer pelo menos 3 centros comerciais e saber onde se compram os melhores achados vintage. Ser de Lisboa é ver o Castelo ao longe e provavelmente não lá ter entrado. Ser de Lisboa é viver em escassos metros quadrados para não trocar de código postal. 

Eu não sei ser de outro lugar que não Lisboa. E sei que por muito que viaje me basta fechar os olhos e recordar o momento exacto em que, ao descer a Rua da Misericórdia no Chiado, se começa a avistar a primeira nesga de rio lá ao fundo. "

 

Lisboa, Junho 2016 

 

 

Publicações Turismo de Lisboa. 

11
Ago16

Pad Thai - prato favorito na Tailândia - e uma receita para experimentar.

Ana Gomes

Se comer saudável na Indónesia era uma tarefa muito simples o mesmo não se aplica na Tailândia.

Mãe, tenho imensas saudades das tuas sopas!

 

 

Por aqui tudo tem molho. Peço um chá frio e vem com leite condensado (apesar de pedir sem açúcar) e até uma "simples" omelete vem a nadar em molho agri-doce. Valha-nos a fruta e o marisco - que mesmo assim tenho receio de comer. Opções vegetarianas há muitas (ia escrever aos molhos mas seria redundante). Em caso de dúvida tenho optado por comer Pad Thai. Nunca falha! E sinceramente já comi versões bem saudáveis, em que os legumes se sobrepunham à massa (que é de arroz YEY ) e em que o molho era quase nenhum!

E é SEMPRE isso que como quando não quero pensar muito na refeição: Pad Thai! Começo inclusivamente a perceber que vai ser uma refeição que irá deixar saudades. A pensar nisso, e numa possibilidade de replicar a receita em Lisboa, lembrei-me de uma partilha da Marta - Martilicious - e fui-lhe pedir a receita empresta! 

Como podem perceber pela descrição ela ADORA picante. Eu... não! Mas podemos sempre gerir os condimentos, certo? 

 

pad-thai-thumb.jpg

 

( esta imagem foi retirada do Google e é meramente ilustrativa. )  

 

 

Para os Noodles:
Massa Soba 
Óleo para wok
1 ovo biológico 
Camarões cozidos 
Couve branca (ou chinesa)
Cogumelos brancos 
Courgete 
Cenoura 
Cebolinho 
Pimento vermelho
Coentros frescos 
Cajus torrados e sultanas 
Para temperar: molho Tamari, molho Pad Thai e Sweet Chili 
Cozi a massa segundo as instruções na embalagem. 
No wok deitar 1 colher de sopa de óleo, depois de quente deitar o ovo, mexer bem e deitar todos os legumes finamente picados. Mexer sempre bem e quando começarem a ficar tenros adicionar o tempero, os camarões, os cajus e sultanas, os Noodles e envolver bem. Servir com coentros e molho de Sweet Chili por cima para extra picante (que eu adoro). 
Bom apetite!

 

( Obrigada Marta! ) 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D