Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

03
Jan17

Passagem de Ano.

Ana Gomes

IMG_3313.JPG

 

Acabei por nem vos contar NADA sobre a minha passagem de ano. 

 

Gosto pouco de celebrar datas por obrigação! Penso que enquanto vou crescendo vou dando mais valor a estas coisas. Mas a realidade é que não gosto particularmente de fazer anos ou da "virada". Claro que compreender a gratidão da vida e o poder de um recomeço é mágico e sim... só a idade me está a fazer valorizar isso. 

 

Mas voltando à questão prática : não tinha planos, a gravidez podia condicionar um pouco grandes festas ou ambientes mais pesados e como me era mesmo indiferente deixei a decisão do lado do Tiago. Onde ele quisesse ir eu iria. 

Ainda tentei sugerir que fossemos ali à vizinha Espanha mas tínhamos acabado de fazer uma viagem e era importante rebalançar o orçamento antes disso. 

Muito em cima da hora acabámos por decidir convidar a minha prima e o namorado e ir até casa dos meus pais. 

Foi a melhor decisão que tomámos... claro que tive pena de não passar com a minha prima Rita e com o João - que até era o nosso plano inicial - mas a ideia de estar com os meus pais ( e com as minhas cadelas ) foi a sugestão perfeita para mim. 

 

Dia 31 acordámos cedo, fomos comer uma panqueca ao Nicolau Lisboa ( este café maravilha na Baixa de Lisboa ) e demos uma volta os dois pela Rua Augusta. É comum para mim andar a passear por aqui mas o Tiago raramente me acompanha e gosto mais destes dias em que vamos juntos. Passámos na Barbearia do Paulo - quem disse que os rapazes não são vaidosões?? - e subimos pela Fnac para ir comprar o meu último livro do ano. 

 

Entretanto fizemo-nos à estrada e em pouquinho tempo estávamos em casa dos meus pais. Lareira acesa, comida maravilhosa, um grupo divertido - os meus pais tinham convidado alguns amigos para jantar lá em casa - e passámos o ano nas calmas e em família. Para mim estar num "porto seguro" foi óptimo! 

No domingo a minha Tia subiu para jantar e ao final do dia o meu irmão, a minha cunhada e o Tristão foram jantar. 

Foi PERFEITO :) 

 

E a vossa passagem de ano ? :) 

 

 

02
Jan17

Dos Dias :

Ana Gomes

db5e18c6c443444f25ae5bc6af21eeec.jpg

(foto pinterest)

 

 

 

Começar o ano - ou a semana - com este temporal é mais difícil! 

Começar o que quer que seja com a perspectiva de um dia gelado, chuvadas e trovões é mais difícil. 

 

E hoje o dia até voltou a anoitecer mais cedo. 

Mas estamos cá para passar por dia destes "entraves mentais" e convenhamos : todos os entraves mentais fossem dias cinzentos lá fora. 

 

A neura acompanhou-me durante o dia porque não consegui ir treinar. Isto pode parecer estúpido mas o tempo que passo no ginásio é terapêutico. De qualquer forma não estive propriamente de braços cruzados a ter um dia inútil.

Aparentemente só eu é que me sinto enorme, cansada e com corpo de grávida. NINGUÉM me quis dar prioridade hoje nas caixas prioritárias. E quando fui tentar usufruir do meu direito perguntaram-me porque me encontrava naquela fila. Eu sorri e tentei explicar que não estava a tentar roubar o lugar de ninguém... estava só grávida, carregada e sem grande energia para estar numa fila normal : como de resto faço sempre. 

 

Fui ver a obra, tirar umas medidas e fazer o levantamento do que é urgente tratar. Saí para a loja dos materiais - que entretanto estava fechada - fui almoçar com a minha cunhada, voltei para ver sanitas, torneiras e móveis de casa de banho e ainda tive ir ao Dolce Vita Tejo para levantar uma peça para um trabalho. Ah o Glamour! 

 

Ainda passei no supermercado para apanhar uns legumes e umas sopas. A ideia era boa : um jantar levezinho, uma frutinha e esticar-me no sofá a ler um bocadinho... Mas entretanto o dever chamou-me e vou ter de ir jantar fora hoje. 

 

Entretanto tenho imposto como missão sempre que entro em casa arrumar alguma coisa. O que quer que seja. Tem sido positivo e sinto um alivio tremendo sempre que consigo deitar fora ou dar alguma coisa a alguém!

Tenho TONELADAS de coisas para organizar para a mudança. Mas para já a minha casa nova é pouco mais do que tijolo e mais vale respirar fundo e continuar a destralhar antes de encaixotar. 

 

E o vosso arranque de ano? Também foi produtivo? 

 

19
Dez16

Dos Dias - Natal e Mudanças.

Ana Gomes

797fae6125c42322f73ef4eb4e041b03.jpg

 

 

 

 

Sei que o Natal não está a ser um tema muito forte aqui pelo blog.

Prometo que esta semana ainda deixo uns posts com sugestões de presentes ( que podem ser uma boa ideia para quem ainda anda a pensar nisso ). 

Ainda que vos tenha tentado passar alguma inspiração através de imagens de decoração de duas lojas, devo dizer que este ano pouco - ou nada - se respira de Natal aqui em casa. 

 

O ano passado ainda comprei uma árvore branca no Jumbo e decorei-a com uma faixa de luz e várias polaroids mas este ano.. nem a montei! As luzes foram usadas na minha festa de aniversário mas ficaram perdidas no restaurante. 

Decidi comprar uma tirinha de luz na Primark - só para não dizer que não tinha aqui nada - e se é comum acender velas nas últimas semanas tenho triplicado os pontinhos luminosos. Depois há uma "candy cane" que vinha a decorar um presente e uma bolinha de árvore de natal com uma chupeta vermelha - que foi um presente da Chicco. Quase um símbolo de "há por aqui um baby". 

 

Como vos expliquei estou num processo de mudança e esta semana vou estar quase 100% dedicada ao principio da remodelação da nossa nova morada. Ontem divertimo-nos imenso ( família inteira ), a casa para onde vou morar é a casa onde "nasci" e vivi na minha infância. Tivemos pequenos momentos de regresso ao passado, entre brinquedos, roupa, fotos... enfim... memórias. O meu sobrinho passou a tarde inteira agarrado a um telefone enorme que era meu e isso é delicioso. 

 

Hoje o dia é dedicado a orientar os responsáveis pela obra em relação ao que é preciso guardar ou deitar fora, escolher materiais - tintas, chão, portas, loiças de casa.... - enfim! Eu tenho zero talento para estas coisas e avizinham-se dias complexos eheheh.

 

 

Wish me Luck! 

 

 

08
Nov16

Dos Dias.

Ana Gomes

Este fim-de-semana foi óptimo! 

 

<

IMG_1093.JPG

 

No Sábado acordei cedo e fui ter com a minha prima para irmos ao Workshop da Martilicous

Como partilhei convosco andava há imenso tempo para conseguir estar presente num... e foi desta :) 

Aconselho mesmo a todas e todos os "curiosos". Este "módulo" foi de pequenos-almoços e lanches e aprendemos imensas receitas! É um programa giro se tiverem várias amigas com a mesma vontade de aprender porque no final sentamo-nos à mesa a provar as maravilhas que cozinhámos com a supervisão da Marta. 

 

Este Sábado aprendemos : 

- Pudim de Chia, Papas de Aveia, Barras De Cereais, Manteiga de Amendoim,Trufas Energéticas, Torradas de Batata Doce com Abacate ou Manteiga de Amendoim, Delicia de Açai, Crepioca com Puré de Fruta e Granola e Panquecas. Perdoem-me se não estou a usar os termos técnicos mas estou a dizer de cabeça e a salivar... ahaha

IMG_1094.JPG

 

IMG_1104.JPG

 

IMG_1166.JPG

 

Depois do Workshop fui até ao Lx Factory para espreitar o Organic Market. A minha Diana veio do Porto de propósito e aproveitei para matar saudades. Adoro que este tipo de iniciativas aconteçam ( tanto o mercado como a vinda da Diana ahah ) e fiquei muito feliz por perceber que há cada vez mais pessoas curiosas e preocupadas com a alimentação e um estilo de vida mais saudável e natural. 

 

Já vim para casa tardinho e fiz um jantar de petiscos e adormeci a ver séries de seguida de Modern Family! 

IMG_1131.JPG

 

No Domingo acordei super cedo - sem despertador - preparámos um sumo da INIU e fiquei horas a ler na cama. Só me levantei perto da hora de almoço para começar os preparativos para o mini Jantar de Família durante o jogo do Porto-Benfica. 

Fiz uma caminhada junto ao rio, almocei no Terreiro do Paço, subi a Rua Augusta e o Chiado e ainda parei no kaffehaus para dar um beijinho à Maf e à Catarina. 

 

No final do dia juntámo-nos em casa da minha Tia, sofremos com o jogo, comemos petiscos, combinámos o Natal e até tivemos direito a Pasteis de Nata encarnados - que comprei na loja oficial do Benfica. Iam-nos caindo mesmo mal não tivesse sido aquele golo libertador. 

IMG_1139.JPG

 

IMG_1161.JPG

 

IMG_1160.JPG

Agora é esperar que o resto da semana seja tão boa como o fim-de-semana :) 

 

 

 

 

04
Nov16

Receita : Sopa Cremosa De Cogumelos.

Ana Gomes

As sopas do bar do meu ginásio são FABULOSAS. 

 

Acreditem que várias vezes prefiro comer ali uma sopa do que qualquer prato super complexo noutro lado qualquer. 

Há dias em que inclusive como lá uma sopa antes de vir almoçar a casa. Faço-o porque são mesmo boas, mas podem levar a dica como uma forma de prevenir ataques à dispensa enquanto cozinhamos. Se o estômago estiver forrado somos menos propensos ao disparate alimentar. 

 

A sopa é sempre tão cremosa que confesso : até hoje achei que estava a comer sopas carregadinhas de batata. Hoje o menu era Sopa de Cogumelos e a minha primeira pergunta foi : tem natas? Soube que não. Nem natas, nem batata : em nenhuma sopa. 

 

Resultado... almocei DUAS sopas. 

 

Mal cheguei a casa fui logo procurar uma receita de uma sopa nutricionalmente equilibrada mas ao mesmo tempo... cremosa. Sem batatas ou natas. Não foi uma tarefa fácil! Mas aqui fica uma sugestão de Sopa Cremosa De Cogumelos. 

bd1b8c7f6b5e543a41c6798591929e1f.jpg

 

Ingredientes para 2 pessoas:

200gr de cogumelos frescos
água q.b.
sal e pimenta q.b.
salsa picada
azeite
2 dentes de alho

Preparação:

Lave os cogumelos, corte-os em fatias e pique os dentes de alho.
Leve uma frigideira grande anti-aderente ao lume com um fio de azeite e deixe aquecer. Junte depois os cogumelos e o alho tendo o cuidado de não os sobrepor. Salteie os cogumelos até começarem a ficar cozinhados. Retire alguns para decoração e acrescente cerca de 400ml de água a ferver, tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar minutos em lume brando.
Coloque a mistura num copo alto e triture bem com a ajuda da varinha mágica. Acrescente mais água se achar a sopa muito grossa, e rectifique os temperos.
Sirva a sopa em tacinhas e decore com os cogumelos salteados e salsa picada.

 

Tirei a receita do blog da Joana Roque ( neste link ) e a imagem do pinterest. 

02
Nov16

Dos Dias.

Ana Gomes

Eu sei que vocês adoram os textos mais pessoais. 

E eu também adoro partilhar coisas convosco. Ultimamente mal tenho escrito no blog e tenho sentido mesmo falta de passar aqui um bocadinho convosco. 

 

 

IMG_1007.JPG

 

 

A verdade é que tenho andado "fora" do computador. Ou porque os dias são passados a correr de um lado para o outro... ou porque tenho tido dores de cabeça tão fortes que nem consigo ligar este ponto de contacto. 

Acredito que seja só uma fase e que isto vá passar rápido. A opção vai ser dar em doida... e não quero! 

 

Entretanto a rubrica do blog na RFM passou para as Quintas à noite, têm ouvido? O que acham? Podem sempre ouvir online no site da RFM ( basta seguir este link e ouvir a emissão ) . Também gostava de receber as vossas sugestões sobre os TOP5 que gostariam de ver "retratados" os temas são mesmo variados e os últimos foram estes que podem reler aqui e aqui

 

Este fim-de-semana que passou fui até ao Algarve, estive presente no evento Keep Chic do Aqua Portimão e acabei por passar a noite de Sábado para Domingo no Epic Sana de Albufeira ( acho este hotel fabuloso ). Domingo acordei super cedo ( às 7 por causa da mudança da hora ), fiz todos os meus rituais de beleza com muita calma, tomei um pequeno-almoço maravilhoso e fiz uma caminhada até à praia da falésia ( que tem um acesso directo pelo hotel ). 

Subimos pela hora de almoço pela Costa Alentejana, com uma paragem obrigatória para uma empada no Pão do Rogil e um café em São Torpes. Estava um dia fabuloso! 

 IMG_0888.JPGIMG_0931.JPG

Na Segunda foi um dia de trabalho normal, com muito menos e-mails por causa da ponte, e acabei por subir para o miminho dos pais ao final do dia. Terça fomos almoçar ao Baleal - mais um dia maravilhoso com vista para o mar - e durante a tarde estive-me a desfazer de kilos de roupa! 

Acho que a minha mãe nem queria acreditar. Anos e anos de roupa acumulada da qual me decidi despedir. 

Agora preciso DESESPERADAMENTE de fazer o mesmo em Lisboa. A semana passada consegui despachar 3 sacos... mas confesso que gostava de ficar com um quinto das coisas que tenho. O problema é sempre escolher. 

Neste momento estou numa de.... se experimento um peça e não gosto de me ver, acho que não me vai voltar a servir ou considero que não está perfeita... ponho-a de parte. 

 

Não acho que devemos comprar desenfreadamente : por todos os motivos... mas também por uma questão ecológica. Mas sinceramente não vale a pena guardar t-shirts velhas "para andar por casa", pijamas meio deslavados, calças para usar no final da tarde, camisolas que "poderão" servir como camisolas interiores, vestidos que se passam anos e nunca mais os usámos, peças de cores com as quais já não nos identificamos. É tudo lixo. Ou para ser reaproveitado por alguém. 

 

Há uns tempos li um livro sobre arrumação de casa do qual retive muito pouca coisa. Mas retive essa ideia da roupa de "andar em casa". Efectivamente devemos ter essas peças de roupa. Quando queremos estar confortáveis, relaxar no sofá ou fazer alguma coisa para o jantar... não gostamos de estar com a camisa com qual trabalhámos o dia inteiro ou com as jeans apertadas. Mas por uma questão de respeito por nós mesmas, devemos optar por peças de roupa cómodas ( sim ) mas boas. Em boas condições, com as quais nos sintamos bonitas e confortáveis. ADEUS t-shirt promocional, adeus leggins com buracos. É um NÃO redondo. 

 

Tenho depois 3 sistemas para eliminar a roupa : 

1) as que não me servem e estão perfeitas reciclo dentro da família e amigos;

2) as que considero completamente inutilizáveis coloco em pontos de reciclagem de roupa ( a H&M e a Zara costumam receber );

3) as peças que penso que podem desenrascar alguém mas já não estão impecáveis deixo visível num saco perto do ponto de reciclagem do meu bairro - costuma desaparecer em 5 minutos sem exageros. 

 

Outro assunto nada relacionado? Hoje fui conhecer o ultimo lançamento da Essie o Gel Couture - que promete o mesmo brilho e durabilidade de um verniz gel, sem recurso a lâmpadas ou a máquinas, ou seja : podemos fazer a manicure em casa com óptimos resultados. Sobre a durabilidade ainda não posso falar... mas estou a adorar o brilho e a cor :) 

IMG_1042.JPG

10
Out16

Em Off mas a precisar de ficar ON.

Ana Gomes

DSCF8695.JPG

 

Tenho andado completamente KO.

 

Espero que tudo volte rapidamente à "normalidade", mas a verdade é que nos últimos tempos a minha vida teve uma pequena reviravolta e ando "off".

 

Meia adoentada, sem conseguir sequer pegar no computador, tenho tentado ler ou manter a cabeça ocupada mas nem sempre é fácil. Este sábado a propósito do aniversário da Super Cool Catarina voltei ao Brunch do Nicolau.

Já lá tinha ido almoçar com a minha Mafalda e ADORÁMOS. E sim... foi ela que tirou estas fotos. 

Obrigada pela paciência Maf! <3 DSCF8794.JPG

DSCF8805.JPG

 

DSCF8816.JPG

DSCF8828.JPG

 

 

O look tem uma peça super especial. Estes calções da Olivia Jeans   feitos com amor em Lisboa, que combinei com esta camisa "superstar" da Primark, uma carteira velhinha mas que ADORO da Parfois e uns óculos de sol da Pump It. Para calçar escolhi umas cowboys boots da DKODE. Os acessórios - anéis - são da Carina Rodrigues e da JetLag

 

É impressão minha ou a época dos calções sem meias vai ter de acabar? 

13
Set16

Ler.

Ana Gomes

image.jpeg

 

O que vou escrever a seguir é quase criminoso. Mas tenho a certeza que todas as pessoas que trabalham com redes sociais ou sem um horário de trabalho definido compreenderão : ler um livro ( em papel, não no formato digital ) tornou-se um prazer difícil de gerir. 

É demasiado doloroso ter de escrever que, na realidade, o acto de nos entregarmos a um livro é quase escandaloso quando há : e-mails em atraso, instagrams para actualizar, mensagens de facebook, outros artigos para ler, fotografias para editar, e por aí fora... Ler um livro - partindo do principio que as ferramentas digitais ficam em pausa - é um luxo. 

Um luxo nem sempre possível. 

 

A minha viagem - pelos vários momentos em que o acesso à internet era inexistente - permitiu-me voltar a esse tempo. Ao tempo em que ler é um prazer possível, em que procuramos a posição mais confortável para ler um livro, em que tentamos decidir se dobramos a página, sublinhamos o texto ou guardamos só aquela referência para nós. 

 

Há momento da minha vida em que acho que vivo demais o que se passa à minha volta e de menos aquilo que me poderia fazer crescer. Estudei Teatro : e a base do meu curso foram os grandes clássicos da literatura. Vi e revi a vida em páginas imensas. Descobri o fundo das pessoas, de que são feitas as personalidade e como o que é certo e justo nem sempre é o que devemos esperar. Não sei quando é que era uma pessoa mais realista : se quando lia se quando vivia a realidade. 

 

Cada vez mais acho que os valores básicos são postos de parte. Não interessa crescer em conjunto, lutar por uma estabilidade emocional ou por uma relação (amorosa, de amizade ou de trabalho ) : vivemos do ego, numa sociedade que nos ensina que só nós importamos. Os livros também nos ajudam a crescer em comunidade : em última análise estamos a viver a história de outra pessoa, saímos do nosso mundo para embarcar noutro! E a verdade é que isto tanto se aplica a romances ficcionados como a livros mais "práticos". 

Somos "forçados" a sair de nós, enquanto temos tempo de qualidade sozinhos. 

 

Tenho procurado regressar a uma certa rotina de leitura. Rapidamente percebi que são mais as vezes que adormeço a ver o feed do Instagram do que perdida numa história inspiradora. Mas ... não desisto! 

No fim-de-semana passado li um livro inteirinho! Uma tarde de sonho e um livro que comprei na Tailândia : Bossy Pants da Tina Fey. 

Agora quero "resolver" uns tantos. Ah... e não voltarei a emprestar livros. Adorava esse momento de partilha... até perceber que NUNCA me devolvem os livros. Mesmo quando eu acho que mais cedo ou mais tarde o vão fazer : passam-se anos! Empresto e dou referências, aconselho e partilho ideias. Partilhar livros? Nunca mais. 

Em contra-partida sou cuidadosa ( por isso Mafalda... empresta-me lá o livro da Man Repeller!!!) .

 

Livros para acabar de ler : 

 

COVER1-636x962.jpg

 Lidos agora : 

9780316056878.jpg9789724617176p.jpg

 

Adoro estes livros de mulheres. Ajudam-nos a olhar para vida com sentido de humor e uma leveza necessárias. Ensinam-nos a não nos levarmos tão a sério! Para além destes li o "Not That Kind Of Girl", o "Yes Please" da Amy Poehler ficou a meio ( porque não sei dele!!! ) e há outro de referência para mim que se chama "Amor, Curiosidade, Prozac e Duvidas" - dentro deste género há algum que recomendem? 

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 As fotos são da minha doce Mafalda, enquanto estava no sofá dela a ler o livro da Man Repeller que continuo a insistir que me empreste. 

10
Set16

As melhores panquecas - e as preguiças boas de Sábado.

Ana Gomes

cookingbw.jpg

 

 

 

As melhores panquecas do mundo fazem-se com tempo. 

 

Com o Spotify a tocar na coluna aqui de casa, com os pés descalços, a dançar enquanto se esperam que fiquem no ponto. 

A casa cheira a óleo de coco, a canela quente, as janelas estão todas abertas. 

Faz-se uma bagunça com a massa no balcão da cozinha, as formas são irregulares e cada vez menos perfeitas, são boas. Provam-se ainda quentes, a ferver. 

 

São as manhãs preguiçosas sem pressas. 

 

Os restantes ingredientes das panquecas são simples e saudáveis :

(serve 1 pessoa) 

 

1 Banana 

2 Colheres de Sopa de Aveia

1 Ovo

Canela a Gosto

 

Triturar tudo com a varinha mágica e dispor quantidades pequeninas de massa na frigideira pré-aquecida e untada com óleo de coco. O truque para a perfeição é este : lume brando e paciência. 

 

Servir com uma ou mais destas sugestões:  Iogurte, fruta fresca, lascas de coco tostadas com uma pitada de sal e açúcar, geleia de arroz, manteiga de amendoim ou compota de frutos. 

 

Bom Apetite - e um óptimo fim-de-semana! 

29
Ago16

Depois da Praia :

Ana Gomes

Uma das melhores sensações continua a ser chegar a casa e tomar um duche depois da praia.

 

Convenhamos... passar o dia na praia é MARAVILHOSO. E hoje, sem planear, passei umas horas deitada na areia com a minha macro amiga do Porto. A Di! Que saudades... podem ler as coisas maravilhosas que partilha connosco aqui. 

Mas aquela maravilha de duche, a água doce a limpar a pele que o sal e o sol secam, de passar o creme no corpo, de borrifar a água de colónia. 

 

Antes disso organizar as coisas para o lanche - ou para o jantar - e escolher o conforto do sofá para ler um livro, ouvir uma musica e relaxar. 

 

 

peachsmoothie.jpg

 

(créditos na foto retirada do pinterest)

 

A receita do lanche de hoje (serve uma pessoa) :  

 

150 ml de bebida de soja de Manga

1 nectarina congelada

1 colher de chá de sementes de chia e linhaça

 

Misturar tudo na blender e saborear bem fresquinho :) 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D