Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

04
Jan15

Domingo.

Ana Gomes

IMG_2931 1.JPG

  

Domingo :

Acordar sem despertador. Procurar o telemovel de olhos fechados na cama.

Tenho sono... quero dormir mais. Mas não durmo. Tenho tantas coisas para resolver e um sorriso estúpido na cara.

Tem alguma piada - e uma comodidade extrema - viver num mundo onde quase tudo se pode resolver na cama.

Troquei mensagens, respondi a e-mails, li as noticias, procura restaurantes para dois jantares, liguei para os restaurantes, soube o que se passou com os meus amigos a noite passada, vi trailers de filmes que quero ver e preços de voos para sítios onde quero ir.

Pelo meio ainda guardei duas receitas, fiz uma lista de coisas que tenho de levar para a Índia, fiquei em stress pela mala particular que vou ter que fazer.

Mas tudo passou depois. Um duche, viagem até à praia, almoçar no sitio preferido em frente ao mar e uma caminhada à beira-mar.

Está tudo certo.

 

IMG_2932 1.JPG

IMG_2935 1.JPG

IMG_2952 1.JPG

Captura de ecrã 2015-01-4, às 19.19.38.png

 

Captura de ecrã 2015-01-4, às 19.20.04.png

 

 

03
Jan15

Os - não - desejos para 2015.

Ana Gomes

Captura de ecrã 2014-01-3, às 21.34.38.png

 

 

 

Tenho a ligeira sensação de que tropecei em 2015 e ainda não estou bem ciente do novo ano. 

 

A minha passagem de ano foi muito próxima do que esperava. Um jantar com a família que estava por perto, a televisão ao fundo e o champanhe nos copos. Quase nem dávamos pela "hora" e foi por isso - estou quase certa de que foi mesmo por isso - que quando brindámos não pedi desejos. Não comi passas - nunca como - mas lembro-me sempre de fechar os olhos e desejar alguma coisa. Não desejei. 

 

A conversa continuou, os copos de champanhe com framboesas frescas também. Depois fomos para o Lux. Tornámos a noite da passagem de ano uma noite igual a qualquer outra. E o amanhecer fez-se com copos de vinho branco bem fresquinho. 

Talvez isso tenha justificado a febre com que acabei o primeiro dia do ano e  só me tenha de facto apercebido da ausência de desejos quando o André me perguntou - já no dia 2 de manhã e em directo na rádio - qual tinha sido o meu pedido às dozes badaladas. Fiquei sem resposta. E depois assumi o óbvio e desejei : Este ano quero ser mais grata. Quero viver mais consciente. É que ser grato passa por isso mesmo : estar consciente da vida, do que sentimos, do que temos o privilégio de presenciar. A gratidão só é possível e sincera quando compreendemos a maravilha da vida. Mesmo nos momentos menos bons. Não achando que só é grato quem bate no fundo sei que são as pessoas que voltam à tona que sabem agradecer essas lufadas de ar fresco. 

 

2015 começa sem planos. Com o meu aniversário daqui a uns dias, o bilhete de avião para a Índia e o Visto carimbado, Londres em Fevereiro e um ponto de interrogação em todos os restantes dias do calendário. 

 

E o que fazer com esses pontos de interrogação? Por corações em todos os dias.

Captura de ecrã 2014-01-3, às 21.39.21.png

 

 

 

02
Jan15

Saldos Natura - 70%

Ana Gomes

naturanatal25.jpg

 

naturanatal27.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ainda o Natal estava a terminar e os saldos já tinham começado. Confesso que apesar de desejar peças de roupa todo o ano, nesta altura tenho sempre uma vontade especial de encontrar óptimas oportunidades. E convenhamos, quem é que não gosta de comprar a um preço mais simpático? Este ano então, que o Outono demorou a ficar instalado, as compras para os dias frios não eram tão necessárias e agora.. ainda dá mais vontade de investir nos agalhos. 

Quando fiz a sessão fotográfica da Natura fiquei de queixo caído por este casaco (tinha um branco em pelinho mas perdi-o o ano passado) e agora que os saldos estão nos 70% quero agarrá-lo - assim mesmo.. como na foto!

 

É lindo, não é? 

 

 

02
Jan15

RFM - Dicas para manter o foco no ginásio e... aproveitar os saldos ;)

Ana Gomes

Reebok_Les Mills_PR Image_7.jpg

 

noexcuses.jpg

 

Uma das resoluções de ano novo mais comum é : Regressar ao ginásio ou retomar a prática de exercício físico. 

E se é óbvio que este numero é considerável porque o hábito se vai perdendo com o passar do tempo.. não deixa de ser uma das resoluções que mais benefícios pode trazer para o corpo e para a mente. 

 

Mas o que podemos fazer para manter a motivação... e o foco? 

 

É importante estabelecer regras : umas rígidas e outras absolutamente flexíveis. 

A mais importante é encontrar um ponto de interesse, ter um objectivo e eventualmente uma meta e tentar "caminhar" nesse sentido. Por outro lado devemos ser flexíveis no que diz respeito ás modalidades que escolhemos ou o grau de intensidade do exercício. Não é por uma coisa estar em voga que nos agrada ou que é o exercício certo para nós.. e se insistirmos no que não gostamos desistir é uma forte possibilidade. 

 

Nesse caso o ideal é mesmo pegar num calendário de aulas e experimentar as várias modalidades até encontrar a certa.. e quando se aborrecerem desta : voltem a tentar outra!

 

Depois há a questão importante dos horários : é melhor ir de manhã e deixar o assunto arrumado? Ou descomprimir depois de um dia de trabalho? Aqui só vocês poderão descobrir o que funciona melhor convosco. E o mesmo se aplica a treinar sozinhos ou acompanhados. 

Pessoalmente prefiro treinar logo cedo e ficar com a sensação de dever cumprido e ... sozinha! Apesar de reconhecer que ter alguém que puxe por nós ou um compromisso assumido com alguém possa ser um forte motivo para irmos treinar. 

E porque não seguir contas de facebook ou instagram dedicas a esta motivação? Podem ser uma óptima forma para nos despertar a vontade de ir treinar.

 

Finalmente uma questão não menos importante : o equipamento que usamos. Deve ser adaptado ao estilo da modalidade e não havendo nada de errado em treinar com uma t-shirt em fim de vida e umas calças largueironas ( já que o que importa é treinar ) a opção de escolher e usar peças que nos façam sentir confiantes e confortáveis pode ser fundamental! E nada melhor do que esta época de saldos para aproveitar e investir em equipamento já que existindo colecções sazonais.. desde que sejam peças adequadas e de boa qualidade é mesmo uma boa altura para reforçarmos a gaveta das peças de treino e usa-las muito o ano inteiro. 

 

gymwear2.jpggymwear.jpg

 

gymwear4.jpggymwear3.jpg

 

gymwear6.jpggymwear7.jpg

 

gymwear8.jpg

534x805q80.jpeg

Reece-carter-4.jpg

 

 

Pág. 7/7

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D